Nas ruas
30/07/2012

Fila de pacientes nas AMAs 24 horas é maior de noite

Paula Felix
do Agora

O principal problema das AMAs (Assistências Médicas Ambulatoriais) 24 horas de São Paulo é a demora no atendimento -especialmente de noite, quando há acúmulo de pacientes do período da tarde. A espera pode ultrapassar duas horas.

Na segunda e na terça da semana passada, o Vigilante Agora visitou 14 AMAs 24 horas, que atendem baixa e média complexidade (como dor de cabeça e contusões) em horários estendidos.

As unidades contam com clínicos e pediatras. A cidade tem 119 AMAs, que funcionam, geralmente, das 7h às 19h. Dessas, 17 são 24 horas.

A dona de casa Tatiana Luzia, 18 anos, estava com dor no peito e foi à AMA Ermelino Matarazzo (zona leste).

Ela chegou às 23h17 e só foi atendida duas horas e vinte minutos depois. Tatiana foi acompanhada pelo vizinho, o atendente Flavio Augusto, 18 anos.

"O melhor horário é de madrugada, mas ainda precisa melhorar muito, porque demorou", disse ele.

Resposta

A Secretaria Municipal da Saúde informou que o tempo de espera para uma consulta nas AMAs costuma variar de acordo com a procura dos pacientes e com a gravidade dos casos --as emergências têm prioridade.

A pasta destacou que, durante o inverno, há aumento de até 40% na procura de atendimento para problemas respiratórios.

Em relação à criança atendida na AMA Pirituba, cuja mãe reclamou da falta de atenção dos médicos, a secretaria informou que a menina foi avaliada, "inclusive descartando a possibilidade de meningite e diagnosticando amigdalite".

A pasta disse ainda que foram receitados medicamentos para a paciente.

Sobre a AMA Paraisópolis, onde a reportagem encontrou pacientes que foram atendidos por um pediatra após espera de duas horas, a secretaria afirmou que dados levantados no mês passado apontaram que o tempo médio de espera, entre a chegada do paciente e o atendimento médico, foi de 36 minutos na unidade.

A pasta não comentou a confusão entre pacientes e recepcionistas na AMA Hospital Tatuapé nem o caso da paciente com dor na mão que não foi atendida por um clínico-geral na AMA Hospital Dr. Arthur Ribeiro Saboya, no Jabaquara.

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora nesta segunda, 30 de julho, nas bancas

Leia mais

Índice

PUBLICIDADE

30/08/2016

Limpeza após feira atrasa na zona leste

Executivo mata mulher e os dois filhos e se suicida no Rio

Avenida Teotônio Vilela é a mais perigosa para pedestres

Cientistas passam 365 dias isolados

Postos de saúde sofrem onda de violência na zona leste

29/08/2016

Paulista fechada tem campanha eleitoral

Público lota Bienal do Livro

Postos de tratamento mental sofrem com poucos médicos

Fundação Casa tem unidades superlotadas

Haddad sobe no palanque em acampamento de sem-teto

Cabos do Exército são presos com 3 toneladas de maconha

Condomínio deve registrar entrega de correspondência

28/08/2016

Polícia detém suspeito e apreende 250 tijolos de maconha na Pedreira

Garoto de programa é preso por matar padre em Minas

Mulheres são as xerifonas da Vila dos Idosos no Pari

Desentupidor mantém tradição das taquaras

Pais de crianças elogiam creche com mais de um andar

Feiras têm vegetais exóticos para agradar a estrangeiros

Baixas temperaturas podem levar ao aumento da pressão

27/08/2016

Jovem fica preso em vaso sanitário

Ônibus sobem em calçada de rua estreita

Preso suspeito de nove estupros na zona leste

Vereadores aprovam lei que proíbe cigarro em parques

Avenida Aricanduva tem os cruzamentos mais perigosos

26/08/2016

Passageira é atacada com seringa na estação Paraíso

Falhas graves no metrô mais que dobram em cinco anos

Chinelos afastam mosquito da zika

UPA de Haddad vai funcionar com gerador por dez dias

25/08/2016

Planeta habitável próximo da Terra

Prefeitura tira moradores de rua da praça Princesa Isabel

Academia da terceira idade está em mau estado

Grávida é morta após grupo cortar barriga e levar bebê

Vereadores presos por fraude em contratação de servidores

Taxistas circulam sem tabela no 1º dia de tarifa única

24/08/2016

Contrato de iluminação acaba e Guarulhos fica no escuro

Passageiros sofrem para resolver queixas na SPTrans

Rua recapeada há dois meses não tem sinalização

Russomanno e Marta saem na frente na disputa da capital

23/08/2016

Haddad, Marta e Doria trocam acusações no primeiro debate

Ciclista é agredida e roubada na ciclovia da av. Sumaré

Passageiro toma chuva após prefeitura fechar terminal

Paciente tem alta e furta ambulância

Mar invade avenida e prédios e arrasta carros em Santos

22/08/2016

Crise aumenta número de dependentes por álcool

Russomanno pode faltar a 1º debate na TV

Temperatura cai e frio deve durar até sexta na capital

Motorista sem habilitação invade ponto e mata mulher

Prefeitura fecha amanhã posto de saúde em Itaquera

Pedestres correm risco ao usar pontes das marginais

Crise aumenta número de dependentes por álcool

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).