Nas ruas
30/07/2012

Fila de pacientes nas AMAs 24 horas é maior de noite

Paula Felix
do Agora

O principal problema das AMAs (Assistências Médicas Ambulatoriais) 24 horas de São Paulo é a demora no atendimento -especialmente de noite, quando há acúmulo de pacientes do período da tarde. A espera pode ultrapassar duas horas.

Na segunda e na terça da semana passada, o Vigilante Agora visitou 14 AMAs 24 horas, que atendem baixa e média complexidade (como dor de cabeça e contusões) em horários estendidos.

As unidades contam com clínicos e pediatras. A cidade tem 119 AMAs, que funcionam, geralmente, das 7h às 19h. Dessas, 17 são 24 horas.

A dona de casa Tatiana Luzia, 18 anos, estava com dor no peito e foi à AMA Ermelino Matarazzo (zona leste).

Ela chegou às 23h17 e só foi atendida duas horas e vinte minutos depois. Tatiana foi acompanhada pelo vizinho, o atendente Flavio Augusto, 18 anos.

"O melhor horário é de madrugada, mas ainda precisa melhorar muito, porque demorou", disse ele.

Resposta

A Secretaria Municipal da Saúde informou que o tempo de espera para uma consulta nas AMAs costuma variar de acordo com a procura dos pacientes e com a gravidade dos casos --as emergências têm prioridade.

A pasta destacou que, durante o inverno, há aumento de até 40% na procura de atendimento para problemas respiratórios.

Em relação à criança atendida na AMA Pirituba, cuja mãe reclamou da falta de atenção dos médicos, a secretaria informou que a menina foi avaliada, "inclusive descartando a possibilidade de meningite e diagnosticando amigdalite".

A pasta disse ainda que foram receitados medicamentos para a paciente.

Sobre a AMA Paraisópolis, onde a reportagem encontrou pacientes que foram atendidos por um pediatra após espera de duas horas, a secretaria afirmou que dados levantados no mês passado apontaram que o tempo médio de espera, entre a chegada do paciente e o atendimento médico, foi de 36 minutos na unidade.

A pasta não comentou a confusão entre pacientes e recepcionistas na AMA Hospital Tatuapé nem o caso da paciente com dor na mão que não foi atendida por um clínico-geral na AMA Hospital Dr. Arthur Ribeiro Saboya, no Jabaquara.

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora nesta segunda, 30 de julho, nas bancas

Leia mais

Índice

PUBLICIDADE

23/08/2017

Uma mulher é assassinada a cada quatro dias no Estado

PM cancela licitação para compra de armas no exterior

Para primeira-dama, Doria é capacitado para a Presidência

Prefeitura diz que os gastos com merenda aumentaram

Prefeitura troca entidade que resgata morador de rua

Largo fica sem área para crianças

22/08/2017

Idoso armado é flagrado roubando loja de chocolate

Dois irmãos são mortos a facadas no litoral paulista

Fonte do Ibirapuera volta a encantar

Dispara o número de mortes de motociclistas na capital

Doria quer afrouxar a lei Cidade Limpa nas marginais

Doria gasta R$ 66 mi a menos com merenda no 1º semestre

21/08/2017

Bombeiros exigem lixeiras afastadas das rotas de fuga

Delegado mata a mulher juíza e comete o suicídio

Tucano limita espaço de camelôs na 25 de Março

Após retirar 1.200 árvores, prefeitura engaveta túnel

Banheiros públicos no centro estão sujos e depredados

20/08/2017

Colesterol alto é desconhecido da maior parte da população

Secretário de Doria diz que atitude de escola foi absurda

Dez mulheres sofrem estupro coletivo por dia no Brasil

Pedreira gata trabalha duro, mas não abre mão da beleza

Saga do bruxo Harry Potter encanta idosos em Campinas

19/08/2017

Mortes em assalto crescem no Estado em sete meses

Doria demite o secretário do Verde e Meio Ambiente

Site para transferir pontos de multas não funciona

Escola municipal marca aluno para não repetir merenda

18/08/2017

Empresário morre atropelado em assalto na Fernão Dias

Câmara reserva R$ 769 mil para lanche dos vereadores

Doria demite controladora e escolhe nome ligado à gestão

Santo André perde servidores da saúde após fechar postos

Blitz acha merenda vencida e pombo em refeitório escolar

17/08/2017

Estado quer dar estradas do litoral à iniciativa privada

Falso técnico de futebol é preso acusado de pedofilia

Moradores cobram Doria por viagens para fora da capital

Prefeitura não dá prazo para Vigilância Sanitária ter carro

Ambulatório muda serviços para unidade distante 32 km

16/08/2017

Ladrões queimam veículos após atacar carros-fortes

Gestão Doria desrespeita lei Cidade Limpa em propaganda

Botões sem fio de ônibus falham e irritam passageiros

Agentes da Vigilância nas subprefeituras estão a pé

15/08/2017

Agente penitenciário mata a família no Dia dos Pais

Cães e gatos resgatados na cracolândia vão para adoção

Em clima de campanha, Doria viaja mais a outros Estados

Creche e serviço social dizem que prefeitura atrasa grana

14/08/2017

Prédio pode mudar fachada, mas todos precisam aprovar

Número de moradores de rua tem aumento no Rio

Cabeleireira é morta a tiros na frente das filhas pelo ex

Ruas próximas a escolas têm problemas de sinalização

Intervalo entre os ônibus é a maior queixa de passageiros

13/08/2017

Preso suspeito de matar dona de pet shop no Jabaquara

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).