Nas ruas
30/07/2012

Fila de pacientes nas AMAs 24 horas é maior de noite

Paula Felix
do Agora

O principal problema das AMAs (Assistências Médicas Ambulatoriais) 24 horas de São Paulo é a demora no atendimento -especialmente de noite, quando há acúmulo de pacientes do período da tarde. A espera pode ultrapassar duas horas.

Na segunda e na terça da semana passada, o Vigilante Agora visitou 14 AMAs 24 horas, que atendem baixa e média complexidade (como dor de cabeça e contusões) em horários estendidos.

As unidades contam com clínicos e pediatras. A cidade tem 119 AMAs, que funcionam, geralmente, das 7h às 19h. Dessas, 17 são 24 horas.

A dona de casa Tatiana Luzia, 18 anos, estava com dor no peito e foi à AMA Ermelino Matarazzo (zona leste).

Ela chegou às 23h17 e só foi atendida duas horas e vinte minutos depois. Tatiana foi acompanhada pelo vizinho, o atendente Flavio Augusto, 18 anos.

"O melhor horário é de madrugada, mas ainda precisa melhorar muito, porque demorou", disse ele.

Resposta

A Secretaria Municipal da Saúde informou que o tempo de espera para uma consulta nas AMAs costuma variar de acordo com a procura dos pacientes e com a gravidade dos casos --as emergências têm prioridade.

A pasta destacou que, durante o inverno, há aumento de até 40% na procura de atendimento para problemas respiratórios.

Em relação à criança atendida na AMA Pirituba, cuja mãe reclamou da falta de atenção dos médicos, a secretaria informou que a menina foi avaliada, "inclusive descartando a possibilidade de meningite e diagnosticando amigdalite".

A pasta disse ainda que foram receitados medicamentos para a paciente.

Sobre a AMA Paraisópolis, onde a reportagem encontrou pacientes que foram atendidos por um pediatra após espera de duas horas, a secretaria afirmou que dados levantados no mês passado apontaram que o tempo médio de espera, entre a chegada do paciente e o atendimento médico, foi de 36 minutos na unidade.

A pasta não comentou a confusão entre pacientes e recepcionistas na AMA Hospital Tatuapé nem o caso da paciente com dor na mão que não foi atendida por um clínico-geral na AMA Hospital Dr. Arthur Ribeiro Saboya, no Jabaquara.

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora nesta segunda, 30 de julho, nas bancas

Leia mais

Índice

PUBLICIDADE

23/06/2017

Laudo não é claro sobre o tratamento de Abdelmassih

Colisão entre ônibus, carreta e duas ambulâncias mata 21

Obra parada de escola vira ponto de viciados na zona sul

Viciados esperam até 10h e desistem de internação

22/06/2017

Técnico é preso acusado de estuprar garota em exame

Roger Abdelmassih cumprirá pena em prisão domiciliar

Doria estuda parque com praia e piscina no Minhocão

PM usa spray de pimenta em protesto de estudantes

21/06/2017

Motorista do Uber é morto com tiro na nuca em roubo

Procuradora é presa sob suspeita de dirigir bêbada

França mantém condenação de Maluf a 3 anos de prisão

320 motoristas são multados por dia mexendo no celular

Gestão Doria estuda mudar atendimento em 86 AMAs

20/06/2017

PM da Força Tática morre em assalto na Nove de Julho

PM tem 6 mil metralhadoras quebradas dentro da caixa

Ônibus clandestino tomba e deixa 11 mortos

Mortes em acidentes de trânsito aumentam em maio

Dispara o número de vagas em creche obtidas na Justiça

19/06/2017

Reserva de grana ajuda a fazer festa junina em edifício

Grupo rouba 393 armas de dentro do Fórum de Diadema

Parada Gay une animação a protestos contra políticos

Quadras de parques sofrem com falta de manutenção

18/06/2017

Daniela Mercury e Anitta são atrações da Parada Gay

Idosos viram motoristas do Uber por grana e vida ativa

Ladrões em fuga batem em carro e matam motorista

Passageiros usam metrô de cenário para fotos estilosas

Chegada do inverno aumenta os casos de dores de ouvido

17/06/2017

Cresce o número de invasões nas margens das represas

Motoristas ainda sofrem com faróis quebrados no centro

Mulher-Maravilha inspira fantasias para a Parada Gay

Presidente do Bragantino é baleado por assaltante

Furto de combustível põe em risco vizinhos de tubulação

16/06/2017

Prefeitura torna mais difícil acesso de viciados a abrigo

Golpe que usa o nome do McDonald's atinge 100 mil

Marcha para Jesus pede o fim da corrupção no país

7 em cada 10 policiais são mortos durante a folga

Hospitais em crise fecham 1 em cada 3 leitos desde 2014

15/06/2017

Filho de bicheiro e mulher policial são mortos em hotel

Limpeza na cracolândia tem tumulto, prisão e feridos

Marcha para Jesus vai fechar ruas hoje

Bando vende passagem mais barata em estação de trem

Cruzamento de ruas no Pari é o mais perigoso de São Paulo

14/06/2017

Tatuador agiu por impulso e está arrependido, diz mãe

Marcha vai reunir multidão amanhã

Vereador Camilo Cristófaro agride assessor de Suplicy

Doria entra atrasado e mesmo assim faz exame do Detran

Hospital do Servidor Municipal tem corredor cheio de macas

13/06/2017

Não consigo dormir, diz dono de bike sobre jovem tatuado

Doria prevê taxa de jazigo em concessão de cemitérios

CPTM superfaturou contratos em R$ 538 mi, diz promotor

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).