Grana
05/07/2009

Autônomo pode se aposentar antes dos 65 anos

Ellen Nogueira e Juca Guimarães
do Agora

Já está em vigor o novo sistema de contribuição para os autônomos, chamado MEI (microempreendedor individual). Para quitar os impostos e contribuir ao INSS, o trabalhador paga uma taxa mensal entre R$ 52,15 e R$ 57,15, que dá direito à aposentadoria por idade, paga aos 65 anos (homem) e aos 60 (mulheres), e por invalidez.

Mas quem não quiser esperar tanto para se aposentar pode ter uma outra opção - a da aposentadoria por tempo de contribuição, que é paga a segurados de qualquer idade, que tenham 30 anos (mulheres) ou 35 anos (homens) de contribuição. Para isso, é preciso pagar uma taxa mensal extra, de R$ 41,85. Assim, a contribuição total, com o MEI, irá variar de R$ 94 a R$ 99.

Essa opção pode ser vantajosa para o autônomo que já contribuiu ao INSS, tem menos idade e quer formalizar a sua atividade. A economia, nesse caso, é com os impostos. Ao se formalizar pelo MEI, o trabalhador economiza até R$ 725 por mês com taxas estaduais, municipais e federais.

Para o cálculo do valor da aposentadoria, o INSS levará em conta as contribuições desde 1994. Os pagamentos pelo novo sistema darão direito a um salário mínimo de aposentadoria. Para contar o tempo pago de INSS, serão válidas todas as contribuições, mesmo as anteriores a 1994.

Quem já tem 20 anos de contribuição, por exemplo, poderá contribuir por mais 15 anos para se aposentar por tempo de contribuição.

Já para quem está próximo dos 60 anos (mulher) ou dos 65 (homem), pode ser vantajoso se aposentar por idade e pagar apenas a contribuição do MEI. É preciso ter, ao menos, 15 anos de contribuição.

Como é o pagamento
Para se cadastrar no MEI, é preciso acessar o site www.portaldoempreendedor.gov.br . O cadastro para os trabalhadores de São Paulo deverá estar disponível em breve.

A contribuição simplificada do MEI deverá ser paga até o dia 20 de cada mês. A taxa extra de R$ 41,85 será paga até o dia 15 do mês posterior.

Fora do MEI
O autônomo que pretende se aposentar por tempo de contribuição, mas não quer se formalizar, pode fazer só um pagamento mensal ao INSS de R$ 93 (20% sobre o mínimo). Assim, ele paga o INSS mas não fica em dia com os impostos. Se ele quiser um valor maior de benefício, pode contribuir com 20% da renda - o máximo é de R$ 643,78 (20% do teto de R$ 3.218).

100 Serviços

Índice

PUBLICIDADE

16/04/2014

Saiba para quanto pode ir sua aposentadoria em 2015

Veja opções de almoço pronto para a Páscoa

15/04/2014

Aposentadorias do INSS são pagas durante 20 anos

Aposentado deve ter cuidado ao declarar o IR

14/04/2014

Mais conhecida, Nota Fiscal Paulista dá menos créditos

Escape das armadilhas do endividamento

Pagar o INSS com mais idade pode dar benefício alto

Aposentado com mais de 65 anos tem algum desconto na declaração?

13/04/2014

Veja quando compensa adiar a aposentadoria até 2015

Construtoras fazem imóveis adaptados para os idosos

Definir melhor hora de pedir o benefício exige reflexão

12/04/2014

Trabalhador consegue nova aposentadoria em seis meses

Saiba onde comprar ovos de chocolate mais baratos

11/04/2014

Troca de aposentadoria pode dobrar o benefício

Preço do cafezinho sobe 10,6% em três meses

Confira onde ter ajuda para fazer a declaração do IR

10/04/2014

Governo defende correção menor do FGTS na Justiça

Inflação dispara e atinge a maior taxa desde 2003

09/04/2014

Saiba quem terá atrasados do INSS no mês que vem

Preço da gasolina é mais vantajoso em SP

08/04/2014

Perícia para deficientes começa no dia 22 de abril

Revisão da poupança não quebrará o país

07/04/2014

Tire 25 dúvidas sobre a correção maior do FGTS

Confira dicas para ter grana no fim do mês

06/04/2014

Confira mitos e verdades na compra da casa própria

Veja os direitos de quem está perto de se aposentar

Gol tem promoção com passagens a R$ 39 para compras até amanhã cedo

05/04/2014

Procuradoria defende a troca de aposentadoria do INSS

Transferência de créditos da Nota Fiscal Paulista sai do ar

Convênio é obrigado a transferir pacientes

04/04/2014

Como barrar a devolução na troca de aposentadoria

Saem novas regras para viagens interestaduais

03/04/2014

Atrasados da revisão dos auxílios chegam a R$ 56 mil

Tomate eleva a inflação da capital em março

Estado e prefeitura liberam R$ 222 milhões em precatórios

02/04/2014

Ministério Público defende correção maior do FGTS

Crédito da Nota Paulista será liberado na sexta

01/04/2014

57.236 receberão atrasados do INSS de até R$ 43.440

Dispara o preço do prato feito em São Paulo

31/03/2014

Serviços básicos de bancos variam até R$ 6,60 de preço

Investir na Petrobras é interessante apenas a longo prazo

Veja as revisões para quem adiou a aposentadoria

30/03/2014

Preço de banho e tosa em cachorro varia até R$ 45

Confira quanto ganhar a mais com a revisão do FGTS

29/03/2014

Aposentadoria por idade desde 2011 pode ter revisão

Pagar financiamento antes dará mais desconto a cliente

Veja onde comprar remédio mais barato

28/03/2014

Saiba declarar o FGTS usado no financiamento

Sai lista com índices de reajuste de remédios

Veja como pedir atrasados dos auxílios desde 2005

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Agora.