Grana
05/07/2009

Autônomo pode se aposentar antes dos 65 anos

Ellen Nogueira e Juca Guimarães
do Agora

Já está em vigor o novo sistema de contribuição para os autônomos, chamado MEI (microempreendedor individual). Para quitar os impostos e contribuir ao INSS, o trabalhador paga uma taxa mensal entre R$ 52,15 e R$ 57,15, que dá direito à aposentadoria por idade, paga aos 65 anos (homem) e aos 60 (mulheres), e por invalidez.

Mas quem não quiser esperar tanto para se aposentar pode ter uma outra opção - a da aposentadoria por tempo de contribuição, que é paga a segurados de qualquer idade, que tenham 30 anos (mulheres) ou 35 anos (homens) de contribuição. Para isso, é preciso pagar uma taxa mensal extra, de R$ 41,85. Assim, a contribuição total, com o MEI, irá variar de R$ 94 a R$ 99.

Essa opção pode ser vantajosa para o autônomo que já contribuiu ao INSS, tem menos idade e quer formalizar a sua atividade. A economia, nesse caso, é com os impostos. Ao se formalizar pelo MEI, o trabalhador economiza até R$ 725 por mês com taxas estaduais, municipais e federais.

Para o cálculo do valor da aposentadoria, o INSS levará em conta as contribuições desde 1994. Os pagamentos pelo novo sistema darão direito a um salário mínimo de aposentadoria. Para contar o tempo pago de INSS, serão válidas todas as contribuições, mesmo as anteriores a 1994.

Quem já tem 20 anos de contribuição, por exemplo, poderá contribuir por mais 15 anos para se aposentar por tempo de contribuição.

Já para quem está próximo dos 60 anos (mulher) ou dos 65 (homem), pode ser vantajoso se aposentar por idade e pagar apenas a contribuição do MEI. É preciso ter, ao menos, 15 anos de contribuição.

Como é o pagamento
Para se cadastrar no MEI, é preciso acessar o site www.portaldoempreendedor.gov.br . O cadastro para os trabalhadores de São Paulo deverá estar disponível em breve.

A contribuição simplificada do MEI deverá ser paga até o dia 20 de cada mês. A taxa extra de R$ 41,85 será paga até o dia 15 do mês posterior.

Fora do MEI
O autônomo que pretende se aposentar por tempo de contribuição, mas não quer se formalizar, pode fazer só um pagamento mensal ao INSS de R$ 93 (20% sobre o mínimo). Assim, ele paga o INSS mas não fica em dia com os impostos. Se ele quiser um valor maior de benefício, pode contribuir com 20% da renda - o máximo é de R$ 643,78 (20% do teto de R$ 3.218).

100 Serviços

Índice

PUBLICIDADE

26/05/2017

Senado garante saque da grana do FGTS inativo

Aumente o prazo para pedir a revisão da aposentadoria

25/05/2017

Saiba acompanhar seu processo contra o INSS

24/05/2017

Juizado inclui os salários antigos na aposentadoria

Câmara aprova medida para saque do FGTS

23/05/2017

Trabalhadores podem ficar sem grana do FGTS

Justiça libera atrasados a 57.863 segurados do INSS

22/05/2017

INSS recebe pela internet documentos de segurados

Saiba sair do vermelho para nunca voltar

Terceirização não prejudica quem tem ação trabalhista

21/05/2017

Atraso na reforma amplia a chance do benefício integral

Escolha bem o combustível e evite gastos com o veículo

20/05/2017

PSDB manterá apoio a Temer se as reformas avançarem

Plano de saúde familiar vai subir até 13,55%

19/05/2017

Crise emperra reformas da Previdência e trabalhista

Gastos de planos com hospitais sobem 20%

18/05/2017

Preços da carne e do frango sobem na capital

Atrasados do INSS acima de R$ 47.280 saem em junho

17/05/2017

Veja onde comprar remédio mais barato

Temer quer atrasados do INSS que não foram sacados

16/05/2017

Gasto com saúde sobe mais do que a inflação

Temer admite idade mínima menor para trabalho de risco

15/05/2017

Veja como recorrer do corte do auxílio no pente-fino

Confira onde investir o dinheiro do FGTS

Reforma da Previdência não acaba com privilégios de parlamentares

14/05/2017

Veja direitos que mudam com a reforma trabalhista

Mães abrem negócios para ficar mais perto dos filhos

13/05/2017

Brasileiro paga dívida com grana do FGTS

Garanta a aposentadoria especial antes da reforma

12/05/2017

Onix recebe nota zero em teste de segurança

Caixa abre mais cedo hoje e libera FGTS a 7,6 milhões

11/05/2017

Veja as novas regras para cancelar o plano de saúde

Justiça aumenta benefício no caso de 2 empregos

10/05/2017

Preço define presente neste Dia das Mães

Veja quem leva vantagem ao se aposentar com o fator

09/05/2017

Caixa libera novo lote do Fundo de Garantia

Reforma reduz valor da aposentadoria por idade

08/05/2017

Idade mínima foi derrotada há 19 anos

Dispara preço de pingado e pão na chapa

Veja quem deve pedir uma revisão ao INSS neste ano

07/05/2017

Saiba quem perde e quem ganha com mudanças no INSS

Pagar em dinheiro dá 10% de desconto em restaurantes

06/05/2017

Volkswagen faz recall de 54 mil carros no país

Confira o que muda com a reforma da Previdência

05/05/2017

Saiba quando ir à Justiça para garantir auxílio negado

Conta de luz terá taxa extra até novembro

04/05/2017

Ação no Senado atrasa mudanças trabalhistas

Comissão aprova projeto de reforma da Previdência

03/05/2017

Leite sobe mais do que inflação e pesa no bolso

Votação das mudanças no INSS está marcada para hoje

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).