Grana
05/07/2009

Autônomo pode se aposentar antes dos 65 anos

Ellen Nogueira e Juca Guimarães
do Agora

Já está em vigor o novo sistema de contribuição para os autônomos, chamado MEI (microempreendedor individual). Para quitar os impostos e contribuir ao INSS, o trabalhador paga uma taxa mensal entre R$ 52,15 e R$ 57,15, que dá direito à aposentadoria por idade, paga aos 65 anos (homem) e aos 60 (mulheres), e por invalidez.

Mas quem não quiser esperar tanto para se aposentar pode ter uma outra opção - a da aposentadoria por tempo de contribuição, que é paga a segurados de qualquer idade, que tenham 30 anos (mulheres) ou 35 anos (homens) de contribuição. Para isso, é preciso pagar uma taxa mensal extra, de R$ 41,85. Assim, a contribuição total, com o MEI, irá variar de R$ 94 a R$ 99.

Essa opção pode ser vantajosa para o autônomo que já contribuiu ao INSS, tem menos idade e quer formalizar a sua atividade. A economia, nesse caso, é com os impostos. Ao se formalizar pelo MEI, o trabalhador economiza até R$ 725 por mês com taxas estaduais, municipais e federais.

Para o cálculo do valor da aposentadoria, o INSS levará em conta as contribuições desde 1994. Os pagamentos pelo novo sistema darão direito a um salário mínimo de aposentadoria. Para contar o tempo pago de INSS, serão válidas todas as contribuições, mesmo as anteriores a 1994.

Quem já tem 20 anos de contribuição, por exemplo, poderá contribuir por mais 15 anos para se aposentar por tempo de contribuição.

Já para quem está próximo dos 60 anos (mulher) ou dos 65 (homem), pode ser vantajoso se aposentar por idade e pagar apenas a contribuição do MEI. É preciso ter, ao menos, 15 anos de contribuição.

Como é o pagamento
Para se cadastrar no MEI, é preciso acessar o site www.portaldoempreendedor.gov.br . O cadastro para os trabalhadores de São Paulo deverá estar disponível em breve.

A contribuição simplificada do MEI deverá ser paga até o dia 20 de cada mês. A taxa extra de R$ 41,85 será paga até o dia 15 do mês posterior.

Fora do MEI
O autônomo que pretende se aposentar por tempo de contribuição, mas não quer se formalizar, pode fazer só um pagamento mensal ao INSS de R$ 93 (20% sobre o mínimo). Assim, ele paga o INSS mas não fica em dia com os impostos. Se ele quiser um valor maior de benefício, pode contribuir com 20% da renda - o máximo é de R$ 643,78 (20% do teto de R$ 3.218).

100 Serviços

Índice

PUBLICIDADE

23/11/2014

Prepare o seu bolso para passar as férias na praia

Contribuições que ficaram de fora aumentam a aposentadoria

Juros dos atrasados têm desconto de Imposto de Renda

22/11/2014

Congresso pressiona com reajuste nos benefícios

Clientes lotam 25 de Março para as compras de Natal

Inflação dos alimentos deve ser menor do que em 2013

21/11/2014

Segurado já pode consultar segunda parcela do 13º do INSS

IPI de carro zero voltará ao normal em janeiro

20/11/2014

Mais doenças poderão dar isenção do Imposto de Renda

IPVA de carro usado vai cair 4,2% no ano que vem

INSS revisará aposentadoria que incluiu auxílio-doença

19/11/2014

Corrija o IR até o dia 28 e garanta restituição neste ano

Idoso poderá ser dispensado de passar por perícia no INSS

Devedor pode perder carro após três meses

18/11/2014

Troca de aposentadoria deverá ficar só para 2015

TCU diz que pagamento das aposentadorias está em risco

17/11/2014

Preço da pizza aumenta até 10% no Estado de São Paulo

Cancelamento de telefone e TV demora

Veja a carência exigida para ganhar benefícios no INSS

16/11/2014

Escola não pode exigir nome limpo dos pais

Confira as promoções de Natal dos shoppings de SP

Saiba quando é vantagem pedir a aposentadoria já

15/11/2014

Veja como cobrar o FGTS sem precisar ir à Justiça

Parte dos convênios não informa sobre suspensão

Construção fecha 33.556 mil vagas no mês de outubro

14/11/2014

Supremo limita prazo para pedir o depósito do FGTS

Governo suspende a venda de 65 convênios

Trabalhador deve checar os extratos

13/11/2014

Amil é multada em R$ 870 mil por cortar hospital sem aviso

Senado aprova direito ao tempo especial com proteção

Redução do INSS para as domésticas avança

12/11/2014

Com falta de chuvas, preço do limão dispara na capital

Empresa de call center que insistir em ligar será multada

Superior Tribunal de Justiça ainda dá troca de benefício

11/11/2014

Confira o valor do 13º salário de quem se aposentou neste ano

Oi muda cobrança de internet em dezembro

10/11/2014

Confira como a doméstica garante a aposentadoria

Consulta ao 6º lote do IR está liberada

Veja como ter prazo extra para o pedido de revisão

09/11/2014

Espera para marcar uma consulta é de até 65 dias

Veja como garantir o valor máximo da aposentadoria

Papai Noel ganha até R$ 15 mil em shopping

08/11/2014

Governo quer limitar benefícios

Reajuste da gasolina fica acima de 3% em São Paulo

07/11/2014

Revisão da poupança terá decisão apenas a partir de 2015

Petrobras anuncia alta na gasolina

06/11/2014

Tribunal ainda garante a troca de aposentadoria

Compre antes o material escolar e economize

05/11/2014

342 mil segurados em SP têm que fazer recadastramento

Sete a cada dez pedidos de recursos ao INSS são negados

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).