Nas ruas
23/04/2012

Transporte escolar gratuito é bom, mas precisa de ajustes

Paula Felix e Tatiana Santiago
do Agora

O TEG (Transporte Escolar Gratuito) foi criado pela Prefeitura de São Paulo para facilitar o acesso de estudantes deficientes ou que moram a mais de 2 km das escolas de ensino infantil e fundamental.

Atualmente, 77.805 alunos são atendidos pelo programa que conta com quase 2.000 veículos, entre convencionais e adaptados para deficientes.

Em quatro dias, o Vigilante Agora percorreu 11 escolas da capital, de todas as regiões, encontrando unidades onde o serviço funciona bem e outros onde os critérios de seleção não são obedecidos.

Na zona oeste, o pai de um aluno de dez anos que mora a 2,4 km da escola não conseguiu o TEG e desistiu.

No Alto da Lapa (zona oeste), uma das cinco vans do serviço não estava identificada e alunos que moram a mais de 2 km não conseguiram vagas.

Resposta

A Secretaria Municipal da Educação informou, por nota, que abre prazo para que os pais busquem a escola e solicitem o transporte, por meio de uma ficha a ser preenchida todos os anos.

A pasta disse que o número de crianças atendidas pelo programa caiu nos últimos anos, porque os alunos estão sendo matriculados perto de casa. Afirmou ainda que o número de veículos e de alunos deficientes atendidos aumentou.

Sobre o caso de Silene de Sousa, que leva o filho deficiente no colo para a escola na Bela Vista, a pasta afirmou que "escola entrará em contato com a família para providenciar o atendimento".

Para o caso do pai que desistiu do TEG na zona oeste, a secretaria sugeriu que ele preencha o formulário. A pasta disse que a doméstica Rubergane dos Santos e as demais mães que moram na zona norte devem solicitar o TEG na escola da Lapa.

O carro sem identificação que atende a unidade foi orientado a se regularizar.

Sobre a situação do filho de Rosangela Rodrigues, que estuda na zona leste, a pasta informou que havia uma rua movimentada e sem um local seguro para travessia perto da casa da família, mas que obras recentes resolveram o problema.

"Houve diminuição no tráfego e a rua Dr. José do Amaral deixou de ser considerada uma barreira física. Como os alunos moram a um quilômetro da escola, eles não têm direito ao benefício.

Em relação às escolas do Campo Limpo, que transportam um número pequeno de alunos, a pasta disse que as vans levam alunos de outras unidades e preenchem a capacidade.

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora nesta segunda, 23 de abril, nas bancas

Leia mais

Índice

PUBLICIDADE

30/01/2015

Advogado ganha na Justiça direito de ter água o dia todo

Venda de caixas-d'água dispara e fábricas preveem alta no preço

Prefeitura tapa buraco inexistente

Teste reprova mais da metade dos formados em medicina

PM protege prédio de Haddad durante protesto

29/01/2015

Falta água em bairro onde não há redução de pressão

Público critica abandono em velório da Vila Formosa

Cresce roubo de ar-condicionado

Hospital veterinário suspende atendimento e causa revolta

Motorista admite que bebeu, mas nega fuga do acidente

28/01/2015

Moradores sem água barram saída de caminhão-pipa

Corte de água nos bairros chega a 18 horas por dia

Rodízio da Sabesp pode chegar a 5 dias sem água

Preço do galão chega a R$ 25

Acidente de carro matou empresário, diz família

Noivos há 70 anos, idosos se casam

27/01/2015

Moradores estão sem água há dois meses em Guarulhos

Pedestre passa sufoco com nova travessia em diagonal

Unidade de saúde é aberta sem médico e sem raio-X

Missa de padre expulso reúne 500

Bando mantém família em cativeiro por dois dias no litoral

Empresário bate carro, foge e passageiro morre

26/01/2015

Túneis estão sem sinalização e com iluminação precária

Centro de São Paulo tem lixo e entulho espalhados

Balada de cachorro arrecada R$ 18 mil para dar a abrigos

Alimentação balanceada ajuda a proteger e manter a pele bonita

Dupla morre em ataque de abelhas em montanha no Sul

Show de Jorge Ben Jor reúne 30 mil nos 461 anos de SP

25/01/2015

Minhocão vai para o chão ou vira parque

Grafites dão cor a avenidas e muros pela cidade

Comida ao ar livre atrai 10 mil por fim de semana

Banca de camelô vende até peruca no meio da calçada

Bicicletas invadem as pistas da cidade

Com funk, jovens tomam ruas de bairros da periferia

Mau exemplo dos pais pode ser a razão de agressividade

Mãe entrega filha que furtava apartamentos

Pau de selfie é proibido no sambódromo e em estádios

Apaixonados por bichos são voluntários no Zoológico

24/01/2015

640 mil ainda estão sem água após falta de energia

Número de casos de roubo explode na capital em 2014

Protesto contra aumento da tarifa tem confronto

Santa Casa confirma que vai demitir 1.100 funcionários

Padre expulso vai celebrar missas

Morador vê até corpos na Billings

23/01/2015

Casas podem ficar dias sem água, diz chefão da Sabesp

Governo Alckmin estuda novo aumento da tarifa de água

Pâncreas artificial controla diabetes

Haddad quer ar-condicionado em todos os ônibus da capital

Obra trava o trânsito no centro

Chalita promete construir creches com 500 crianças

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).