Nas ruas
23/04/2012

Transporte escolar gratuito é bom, mas precisa de ajustes

Paula Felix e Tatiana Santiago
do Agora

O TEG (Transporte Escolar Gratuito) foi criado pela Prefeitura de São Paulo para facilitar o acesso de estudantes deficientes ou que moram a mais de 2 km das escolas de ensino infantil e fundamental.

Atualmente, 77.805 alunos são atendidos pelo programa que conta com quase 2.000 veículos, entre convencionais e adaptados para deficientes.

Em quatro dias, o Vigilante Agora percorreu 11 escolas da capital, de todas as regiões, encontrando unidades onde o serviço funciona bem e outros onde os critérios de seleção não são obedecidos.

Na zona oeste, o pai de um aluno de dez anos que mora a 2,4 km da escola não conseguiu o TEG e desistiu.

No Alto da Lapa (zona oeste), uma das cinco vans do serviço não estava identificada e alunos que moram a mais de 2 km não conseguiram vagas.

Resposta

A Secretaria Municipal da Educação informou, por nota, que abre prazo para que os pais busquem a escola e solicitem o transporte, por meio de uma ficha a ser preenchida todos os anos.

A pasta disse que o número de crianças atendidas pelo programa caiu nos últimos anos, porque os alunos estão sendo matriculados perto de casa. Afirmou ainda que o número de veículos e de alunos deficientes atendidos aumentou.

Sobre o caso de Silene de Sousa, que leva o filho deficiente no colo para a escola na Bela Vista, a pasta afirmou que "escola entrará em contato com a família para providenciar o atendimento".

Para o caso do pai que desistiu do TEG na zona oeste, a secretaria sugeriu que ele preencha o formulário. A pasta disse que a doméstica Rubergane dos Santos e as demais mães que moram na zona norte devem solicitar o TEG na escola da Lapa.

O carro sem identificação que atende a unidade foi orientado a se regularizar.

Sobre a situação do filho de Rosangela Rodrigues, que estuda na zona leste, a pasta informou que havia uma rua movimentada e sem um local seguro para travessia perto da casa da família, mas que obras recentes resolveram o problema.

"Houve diminuição no tráfego e a rua Dr. José do Amaral deixou de ser considerada uma barreira física. Como os alunos moram a um quilômetro da escola, eles não têm direito ao benefício.

Em relação às escolas do Campo Limpo, que transportam um número pequeno de alunos, a pasta disse que as vans levam alunos de outras unidades e preenchem a capacidade.

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora nesta segunda, 23 de abril, nas bancas

Leia mais

Índice

PUBLICIDADE

23/04/2014

Moradores se queixam de falta de luz no Tremembé

Água vaza perto de ponto de ônibus

Multa por gasto de água é abusiva, dizem entidades

Acusada diz que não sabe se Bernardo foi enterrado vivo

Advogado suspeito de roubar posto de combustível é preso

Pesquisa brasileira acha superbactéria

Bando invade viação e ateia fogo em 34 ônibus em Osasco

22/04/2014

Avenidas movimentadas têm mais panes em semáforos

Morto com RG é enterrado como indigente

Pedestre divide rua com carro em viaduto esburacado

Poste no meio da pista causa riscos

Jovem viaja 5 horas em trem de pouso

Multa na conta de água tem início em maio, diz Alckmim

Trânsito na volta chega a 42 km

Moradores ateiam fogo em ônibus e param a Fernão Dias por falta d'água

Garotos são baleados em Kombi após briga de adultos

21/04/2014

Marcar hora para criança dormir pode evitar insônia na infância

Autônoma precisa do auxílio-doença

Assistente quer achar empresa

Região com maior fila tem menos creches inauguradas

Postos de saúde dificultam a retirada de camisinhas

Dono dorme com cavalo em suíte de hotel

Manhã é melhor para volta do feriado

Paramilitares americanos treinam polícias brasileiras

20/04/2014

Moradores fazem prédios sem planta em Paraisópolis

Atividade física ajuda paciente a ter vida normal após infarto

Aviãozinho que filma vira brinquedo de gente grande

Universidade a distância vai abrir seu 1º vestibular

Médicos doam horas a quem não pode pagar consultas

Suspeita diz ter recebido R$ 6.000 para matar menino

19/04/2014

Passageiro da CPTM enfrenta 1 grande falha a cada 5 dias

Organização reclama de mau atendimento para idosos

Áreas da Eletropaulo têm mato sob fiação

Padre surdo dá confissão pela rede

Dois meses após morte, risco a passageiro persiste no Tietê

Sabesp adia aumento de 5,4% na conta de água

Avó avisou Promotoria que Bernardo corria riscos

Motoristas enfrentam até 64 km de lentidão nas estradas pela manhã

18/04/2014

Shoppings e Sescs têm programação gratuita para toda a família na Páscoa

A cantora Fabiana Cozza presta uma homenagem a mineira Clara Nunes

Festa beneficente leva nove bandas de forró para tocar no Expresso Brasil

"O Menino Maluquinho" vira musical e retrata o mundo da criança

Nando diz a Cadu que mandou investigar Jairo

Universal tem filmes infantis no feriado

Comédias "Copa de Elite" e "Julio Sumiu" estreiam hoje nos cinemas

Sabesp agora prevê multa para quem gastar mais água

CET demora dois anos para pintar lombada, diz morador

Periferia lidera casos de mortes de recém-nascidos

Manhã é o pior período para viajar hoje

Gangue usava Kombi para fazer arrastões na zona leste

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Agora.