Grana
25/02/2009

Contribuição máxima de autônomo vai a R$ 644

Juca Guimarães
do Agora

(Veja mais informações sobre o novo valor de recolhimento na edição impressa do Agora, nas bancas nesta Quarta-Feira de Cinzas)

O gasto mensal dos trabalhadores autônomos com o pagamento do INSS vai aumentar no mês que vem. A contribuição máxima, para quem pretende se aposentar pelo teto da Previdência Social, será de R$ 643,78.

Em março, o autônomo paga a contribuição referente ao mês de fevereiro. É o primeiro mês de pagamento após o reajuste dado ao salário mínimo e ao teto do INSS.

Antes, a contribuição máximo do trabalhador autônomo era de R$ 607,79.

Para poder se aposentar pelo teto da Previdência, hoje em R$ 3.218,90, o trabalhador autônomo terá que desembolsar mais R$ 35,99 por mês. Um aumento de 5,92%.

O trabalhador autônomo contribui com 20% de sua remuneração mensal, limitada ao teto da Previdência. O INSS aceita como autônomos os trabalhadores por contra própria e os empresários.

O pagamento da contribuição deve ser feito na rede bancário ou nas lotéricas, por meio da GPS (Guia da Previdência Social).
O vencimento da contribuição é sempre no dia 15. Se o segurado perder o prazo, ele terá de pagar multa e juros.

Com a mudança no valor do salário mínimo, de R$ 415 para R$ 465, e com a mudança do teto do INSS, todos os valores de contribuição mudaram.

Simplificado
Em 2007, o INSS criou o sistema simplificado de contribuição para os trabalhadores autônomos com renda anual de até R$ 36 mil.

Quem opta pelo sistema simplificado paga 11% do salário mínimo e tem direito à aposentadoria por idade no valor de um salário mínimo, mas não pode se aposentar por tempo de contribuição.

Em março, o recolhimento para o INSS do autônomo especial, que optou pelo sistema simplificado, vai subir de R$ 45,65 para R$ 51,15.

Para os trabalhadores com carteira assinada, a contribuição máxima ao INSS passará de R$ 334,28 para R$ 354,07.
Para receber o teto, o segurado registrado contribuiu com 11% do salário, limitado ao teto da Previdência.

Domésticos
Os domésticos, como empregadas e caseiros, contribuem com uma alíquota que varia de 8% a 11%, de acordo com o salário do trabalhador.

O patrão paga 12%. A contribuição máxima da doméstica, para receber o teto do INSS, é de R$ 354,07. A contribuição mínima depende do piso regional.

Leia Mais

Índice

PUBLICIDADE

01/04/2015

Leitor quer saber sobre ganho da mulher

Consulta ao valor da nova aposentadoria começa dia 17

Governo autoriza reajuste de remédios

31/03/2015

Aposentado pergunta sobre o FGTS

Procuradoria pede troca de aposentadoria no INSS

Saldo da Nota Paulista já pode ser consultado

30/03/2015

Saiba como controlar as contas e fugir das dívidas

Confira o que pode acelerar seu precatório

Veja como garantir o bônus da aposentadoria por idade

29/03/2015

Ceia para o almoço de Páscoa custa a partir de R$ 79,90

Aposentado pode conseguir bolada de mais de R$ 231 mil

Consumidor corta gasto com produtos de beleza

28/03/2015

Salário mínimo deverá ser de R$ 851 no ano que vem

Leitor pergunta sobre desconto do IR no 13º salário

Conta de luz continuará mais cara em abril

27/03/2015

Veja quem terá a correção maior dos seus atrasados

Remédios devem subir até 7,7%, diz indústria

Declare a venda de veículo

26/03/2015

Supremo dá correção maior a atrasados a partir de hoje

Leitor quer saber como informa despesa odontológica parcelada

Cortes na pensão são prorrogados até junho

25/03/2015

Manobra de Dilma evita reajuste das aposentadorias

Remédios ficam mais caros semana que vem

Saiba como declarar compra de apartamento

24/03/2015

Governo liberará atrasados do INSS no início do mês

Preço do convênio e de exame podem ter limite

Saiba declarar resgate de previdência privada

23/03/2015

Saiba declarar a poupança e a conta negativa no IR

Veja as opções para financiar a faculdade

Confira qual será o valor da sua aposentadoria em maio

22/03/2015

Veja se o casal deve declarar o IR junto ou separado

Aposentadoria pode passar para o teto de R$ 4.663,75

Imóvel ao lado de SP é maior e custa menos

21/03/2015

Saiba declarar o ganho da loteria no IR

Justiça amplia atrasados do auxílio e da aposentadoria

Inflação é a maior desde maio de 2005

20/03/2015

Leitora pergunta sobre pensão alimentícia de seu marido

Doença grave antecipa a troca de aposentadoria

Correção de precatórios divide opiniões no Supremo

19/03/2015

Leitor pergunta sobre declaração do aposentado

Governo aceita negociar cálculo da pensão do INSS

Veja regras aprovadas para as domésticas

18/03/2015

Leitor quer saber como declara aluguel

Governo estuda cobrança de impostos sobre herança

Supremo barra desconto de dívida em atrasados do INSS

Consultas lideram as queixas dos convênios

17/03/2015

Saiba como declarar resgate de PGBL e VGBL

Fator obriga segurado a trabalhar um ano a mais

Confira quem pode ser dependente no IR

16/03/2015

Pãozinho e celular ficam mais caros com alta do dólar

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).