Grana
12/09/2012

Luz pode ter redução maior do que 16%, afirma Dilma

Folha de S. Paulo

A presidente Dilma Rousseff disse ontem que os cortes no preço da energia elétrica para consumidores residenciais e industriais pode ser maior do que os percentuais anunciados na última semana, de 16,2% a 28%.

O custo menor da conta de luz, entretanto, dependerá de um pagamento de R$ 3,3 bilhões que o governo fará ao setor, além da redução de encargos que deverá ser feita a partir do ano que vem.

A previsão inicial era de que os consumidores residenciais pagassem 16,2% a menos em suas faturas, enquanto as indústrias teriam abatimento de 19% a 28%.

A definição exata sobre o valor do corte --ou seja, além desses percentuais-- dependerá de estudo da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) sobre cada empresa fornecedora de energia.

A Aneel fará a revisão tarifária de todas as distribuidoras de energia do país no início do ano que vem. De acordo com a agência, serão abatidos dos pagamentos encargos como a CCC (Conta de Consumo de Combustíveis), RGR (Reserva Global de Reversão) e parte da CDE (Conta de Desenvolvimento Energético), que não aparecem na conta de luz do consumidor, pois são pagos pelas empresas.

Índice

PUBLICIDADE

22/03/2017

Governo exclui servidor estadual de mudança no INSS

Leitor pergunta sobre seus rendimentos

Gás ainda é vendido com preço menor em SP

21/03/2017

Saiba como declarar grana de atrasados

Confira dicas para fazer a primeira declaração

Justiça libera atrasados do INSS para 55.352 segurados

20/03/2017

1 em 10 emendas é contra idade mínima de 65 anos

FGTS inativo rende menos até o saque

Prepare-se para receber o sinal digital na televisão

19/03/2017

Declare o IR sem erros e aumente a restituição

Comerciante espera resposta há um ano

Veja os alimentos que mais subiram neste ano

Agora publica hoje guia do IR

18/03/2017

Dúvida é sobre filho dependente

Gás de cozinha vai subir na terça-feira

Corrija erros no INSS para conseguir a aposentadoria

17/03/2017

Saiba como informar doação

Veja as empresas com mais queixas em 2016

Confira quem consegue aposentadoria de R$ 5.121

16/03/2017

Leite sobe mais do que a inflação no país

Leitor pergunta sobre a pensão dos filhos

15/03/2017

Saiba onde informar precatório

Saiba o que fazer se o FGTS não foi transferido

Veja onde a aposentadoria do INSS sai mais rápido

14/03/2017

Leitor quer saber se tem que declarar

Acaba hoje horário especial para sacar FGTS

Emendas mudam reforma para facilitar aposentadoria

13/03/2017

Consulte as contribuições ao INSS sem sair de casa

Agências da Caixa abrem mais cedo hoje

Acerte o cadastro para sacar a grana da Nota Paulista

Desempregado pergunta se precisa declarar o Imposto de Renda

12/03/2017

Trabalhadores enfrentam menos fila para sacar FGTS

Reforma eleva renda em até R$ 21,2 mil em um ano

Microempreendedor individual quer saber se precisa declarar o Imposto de Renda

11/03/2017

Agências da Caixa têm fila de até seis horas

Saiba como garantir o saque das contas inativas do FGTS

Aposentado pergunta sobre gasto com plano

10/03/2017

Leitor pergunta sobre compra de moto

Idade mínima pode variar conforme ano de nascimento

Açougue e banca de jornal dão mais crédito

09/03/2017

Posso declarar o mestrado como gasto com educação?

Prato feito sobe menos na capital

Se a idade da mulher cair, a do homem subirá

Nota Paulista vai pagar menos

Agências da Caixa vão abrir às 8h para saque do FGTS

08/03/2017

Saiba como fazer declaração conjunta

Temer diz que só critica a reforma quem ganha mais

Grana do FGTS será liberada no mesmo dia

07/03/2017

Cuidado ao antecipar a grana do FGTS inativo

Idade mínima de 65 anos será aprovada com folga

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).