Nas ruas
13/06/2017

CPTM superfaturou contratos em R$ 538 mi, diz promotor

Folha de S.Paulo

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) superfaturou em R$ 538 milhões seis contratos de manutenção e reforma de trens, assinados entre 2012 e 2013, no governo de Geraldo Alckmin (PSDB), segundo denúncia apresentada pelo promotor Marcelo Mendroni.

O suposto superfaturamento ocorreu em contratos que somam cerca de R$ 1,76 bilhão, em valores atualizados.

O sobrepreço corresponde a 30,3% do montante global, segundo a denúncia apresentada à Justiça.

"A CPTM colocava um preço de referência muito exagerado para que as empresas pudessem oferecer propostas com valores bem baixos. Depois esses preços eram reajustados por percentuais altíssimos", diz Mendroni.

Resposta

A CPTM diz que não houve superfaturamento e que os reajustes seguiram índices previstos em contratos.

"O Ministério Público comparou os valores contratados (base ago/2012) com os efetivamente pagos, desconsiderando o índice de reajuste fixado nos próprios contratos, concluindo equivocadamente superfaturamento", diz nota.

A empresa nega que tenha havido fraude na licitação, já que 11 empresas disputaram os contratos e nenhuma das hipóteses previstas em e-mails se concretizou.

A Tejofran afirma que confia nos executivos citados, mas diz que eles não fazem mais parte de seus quadros. A reportagem não localizou os demais citados.

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora, nas bancas nesta terça, 13 de junho, nas bancas

Índice

PUBLICIDADE

13/12/2017

Ladrões invadem creche e levam panetones de crianças

Doria já estuda reajustar a passagem de ônibus em 2018

3 de 10 estaduais de SP estão abaixo da média no Enem

Moradores fazem fotos de clientes para coibir travestis

12/12/2017

Vítima reage e morde orelha de assaltante

Soldado é preso acusado de matar a mulher PM a tiros

Apenas uma em 10 escolas da elite do Enem é pública

Ônibus derruba viga de túnel e motorista de carro sai ilesa

Prefeitura perde 411 médicos em 10 meses de gestão Doria

11/12/2017

Barulho alto no prédio pode gerar multa mesmo de dia

Caetano Veloso emociona em show com clássicos no largo da Batata

PM é morto por ladrões ao fazer bico de motorista

Falta de manutenção leva riscos a piscinas municipais

Número de motoristas que recusam bafômetrro aumenta

10/12/2017

SUS vai distribuir novo remédio para o tratamento de alzheimer

Menina morre em parquinho após suporte de balanço cair

Natal de luz está de volta a Guararema

Papais-noéis já dirigem ônibus iluminados na capital

Idoso cata papelão para alimentar moradores de rua

Alunos mobilizam Guarujá a mudar nome de avenida

Anel e pulseira para celular viram defesa contra furtos

09/12/2017

Mulher e amante são presos suspeitos de matar bombeiro

Funcionário é acusado de abusar de paciente em UPA

Inspeção veicular passa a ser obrigatória no Brasil em 2020

Estudantes são dispensados mais cedo por furto de fios

Radar campeão de multas fica na av. dos Bandeirantes

08/12/2017

Homem mata adolescente que tinha caso com mulher

Assediada pode processar firma de transporte

Alckmin segura gasto com verba antienchente em SP

Prefeitura cria UPA para 'salvar' o Hospital São Paulo

Doria suspende obras de 6 CEUs por mais quatro meses

07/12/2017

Policiais fazem selfie com chefão do tráfico preso no Rio

Mulher mata grávida para ficar com o bebê

Reforma acaba e relógio da Luz volta a funcionar

Aposentado é acusado de injúria racial em mercado

Serviço ilegal de mototáxi segue na zona sul da capital

Pontos de lixo viram áreas de lazer e cultura em bairros

06/12/2017

Interdição no Santa Marcelina superlota unidades ao redor

Vândalos furtam e destroem centro de cidadania LGBT

Homem morre ao pular de mezanino em estação

Doria recusa ser comparado a petista e diz que vai trabalhar

'Era eu ou ele', diz PM que matou 2 com o filho no colo

Serviço ilegal de mototáxi faz sucesso na zona sul da capital

05/12/2017

Faculdade entra em greve e alunos ficam sem aulas

Bala perdida mata garoto de 10 anos

Menino participa de assalto a apartamento em Moema

Vigilância Sanitária fecha PS do Hospital Santa Marcelina

Doria usa prédios doados para fazer abrigos de luxo

04/12/2017

3 bairros ficam sem água após rompimento de adutora

Doria diz que não é preciso estudar mortes nas marginais

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).