Nas ruas
12/06/2017

Oito horas após ação da PM, viciados voltam para praça

Lucilene Oliveira e Folha de S.Paulo
do Agora

Oito horas após o início da operação policial que expulsou os usuários de crack da praça Princesa Isabel (região central), na manhã de ontem, os dependentes químicos retornaram ao espaço. A ação começou às 6h e o retorno foi liberado às 14h.

Segundo a prefeitura, o objetivo da ação conjunta com o governo do Estado era a remoção das tendas e barracas "que estavam sendo utilizadas pelo tráfico". Após a retirada dos usuários, o lixo foi recolhido e a praça, lavada. A ação resultou na prisão de dois suspeitos de tráfico, a apreensão de dois quilos de crack, R$ 1.600 e três celulares, segundo a PM.

Resposta
'Operação foi pacífica'
A Prefeitura disse que a ação em conjunto com o governo do Estado "foi pacífica e sem maiores incidentes". A nota afirma que a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social enviou 54 orientadores e quatro peruas de transporte para abordar e encaminhar os usuários. Segundo a nota, ontem começou a funcionar uma unidade de acolhimento na praça Princesa Isabel.

O secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, disse que foi uma operação tranquila e elogiou o trabalho da polícia. "Uma ação como a de hoje, sem um disparo, seja de munição química ou de elastômero é motivo de muito orgulho", disse.

A respeito do terminal de ônibus Princesa Isabel, a SPTrans (São Paulo Transportes) disse que nove fiscais trabalharam em campo para orientar os usuários sobre os desvios dos coletivos. Sobre a ausência de comunicados prévios, disse que a operação era sigilosa, por isso, não teve como comunicar antecipadamente.

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora, nas bancas nesta segunda, 12 de junho, nas bancas

Índice

PUBLICIDADE

13/12/2017

Ladrões invadem creche e levam panetones de crianças

Doria já estuda reajustar a passagem de ônibus em 2018

3 de 10 estaduais de SP estão abaixo da média no Enem

Moradores fazem fotos de clientes para coibir travestis

12/12/2017

Vítima reage e morde orelha de assaltante

Soldado é preso acusado de matar a mulher PM a tiros

Apenas uma em 10 escolas da elite do Enem é pública

Ônibus derruba viga de túnel e motorista de carro sai ilesa

Prefeitura perde 411 médicos em 10 meses de gestão Doria

11/12/2017

Barulho alto no prédio pode gerar multa mesmo de dia

Caetano Veloso emociona em show com clássicos no largo da Batata

PM é morto por ladrões ao fazer bico de motorista

Falta de manutenção leva riscos a piscinas municipais

Número de motoristas que recusam bafômetrro aumenta

10/12/2017

SUS vai distribuir novo remédio para o tratamento de alzheimer

Menina morre em parquinho após suporte de balanço cair

Natal de luz está de volta a Guararema

Papais-noéis já dirigem ônibus iluminados na capital

Idoso cata papelão para alimentar moradores de rua

Alunos mobilizam Guarujá a mudar nome de avenida

Anel e pulseira para celular viram defesa contra furtos

09/12/2017

Mulher e amante são presos suspeitos de matar bombeiro

Funcionário é acusado de abusar de paciente em UPA

Inspeção veicular passa a ser obrigatória no Brasil em 2020

Estudantes são dispensados mais cedo por furto de fios

Radar campeão de multas fica na av. dos Bandeirantes

08/12/2017

Homem mata adolescente que tinha caso com mulher

Assediada pode processar firma de transporte

Alckmin segura gasto com verba antienchente em SP

Prefeitura cria UPA para 'salvar' o Hospital São Paulo

Doria suspende obras de 6 CEUs por mais quatro meses

07/12/2017

Policiais fazem selfie com chefão do tráfico preso no Rio

Mulher mata grávida para ficar com o bebê

Reforma acaba e relógio da Luz volta a funcionar

Aposentado é acusado de injúria racial em mercado

Serviço ilegal de mototáxi segue na zona sul da capital

Pontos de lixo viram áreas de lazer e cultura em bairros

06/12/2017

Interdição no Santa Marcelina superlota unidades ao redor

Vândalos furtam e destroem centro de cidadania LGBT

Homem morre ao pular de mezanino em estação

Doria recusa ser comparado a petista e diz que vai trabalhar

'Era eu ou ele', diz PM que matou 2 com o filho no colo

Serviço ilegal de mototáxi faz sucesso na zona sul da capital

05/12/2017

Faculdade entra em greve e alunos ficam sem aulas

Bala perdida mata garoto de 10 anos

Menino participa de assalto a apartamento em Moema

Vigilância Sanitária fecha PS do Hospital Santa Marcelina

Doria usa prédios doados para fazer abrigos de luxo

04/12/2017

3 bairros ficam sem água após rompimento de adutora

Doria diz que não é preciso estudar mortes nas marginais

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).