Nas ruas
15/05/2017

Só há prisão em 1 de cada 5 casos investigados em SP

Folha de S.Paulo

Somente resulta em prisão um em cada cinco inquéritos policiais abertos pelo departamento que investiga homicídios em São Paulo.

Essa radiografia do braço da Polícia Civil, subordinada ao governo de Geraldo Alckmin (PSDB), aparece em dados de produtividade obtidos pela reportagem por meio da Lei de Acesso à Informação.

Para entender os motivos desse cenário, a reportagem conversou com policiais e especialistas na área.

Segundo eles, o quadro atual do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) é resultado de uma equação composta por falta de estrutura e de verba para investigações, baixa renovação, reduzida reciclagem do efetivo e práticas pouco eficazes de atuação.

Resposta

O governo Geraldo Alckmin (PSDB), por meio da Secretaria da Segurança Pública, afirma que o DHPP resolveu 40% dos homicídios em 2016 e que foram esclarecidos 260 de 642 inquéritos de homicídio em 2016.

Afirma ainda que o total de prisões foi de 372, mas não discrimina quais são relacionadas a homicídios.

Diz que há vários tipos de crimes investigados, como de desaparecimentos, que podem não resultar em prisão, mas não detalha qual é o percentual de cada crime no total de inquéritos.

A reportagem fez vários questionamentos na quarta-feira, mas a nota na sexta não respondia algumas.

Por telefone também não foram esclarecidas.

Não diz, por exemplo, que que tipos de casos estão entre os 1.994 inquéritos abertos em 2016.

'Importante salientar que os casos de homicídios investigados pelo DHPP não apontam qualquer indício de autoria ou motivação no momento do registro, o que torna o trabalho de investigação mais árduo e duradouro", afirma.

A pasta diz também que qualquer comparação entre o DHPP e o Denarc é "inadequado" e "equivocado", pelas naturezas distintas dos departamentos.

Sobre orçamento, diz que a reportagem ignora que parte do valor dado ao Denarc vai para outras ações.

A respeito da morte de Peterson Silva de Oliveira, o governo afirma que quando caso voltar do fórum e, últimos laudos serão anexados.

Diz que corregedoria afastou os PMs envolvidos.

A família diz que estão na ativa.

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora, nas bancas nesta segunda, 15 de maio, nas bancas

Índice

PUBLICIDADE

29/05/2017

Lixeira não pode ficar em corredor e escada de edifício

Sisu abre hoje inscrições para 52 mil vagas no 2º semestre

Pichador morre ao cair de prédio comercial na Bela Vista

Justiça barra retirada de viciados à força das ruas

Metade dos ônibus parte dos terminais com atrasos

28/05/2017

Frio aumenta risco de doenças nas crianças

Mãe reencontra filho na cracolândia após cinco meses

Cem viciados devem ser retirados à força das ruas

Morador de Taboão perde esperança de linha do metrô

Ácido da beleza promete combater rugas e olheiras

27/05/2017

Jogador suspeito de roubo é preso durante treino na Lusa

Policiais festejaram mortes, diz sobrevivente de massacre

Corujão da Cirurgia deve começar no dia 15 de junho

Justiça autoriza prefeitura a retirar viciados da rua à força

Cresce o número de roubos de bicicletas em São Paulo

26/05/2017

Servidor da Assembleia dá facadas em três na zona sul

Justiça prende PMs por morte de adolescente

Hoje é o último dia para se vacinar contra a gripe

Cresce número de falhas em pontos de recarga do metrô

Assaltos crescem depois de ação policial na cracolândia

25/05/2017

Joesley e o irmão lucraram R$ 163 milhões em 2016

FHC, Lula e Sarney já traçam caminhos para o pós-Temer

Governo convoca tropas e chama protesto de 'baderna'

Manifestação transforma Brasília em praça de guerra

Polícia prende irmã e cinco filhos de Beira-Mar no Rio

Pais dizem que CEU ameaça cortar transporte gratuito

Doria quer autorização para internar viciados à força

24/05/2017

Homem erra bloqueio e acaba morto pela polícia

Maluf é condenado pelo Supremo a sete anos de prisão

Demolição de pensão na cracolândia deixa 3 feridos

Doria vai cortar grana de postos de saúde e hospitais

23/05/2017

Marginais têm três meses de alta seguida nos acidentes

Capital tem o 2º mês de maio mais chuvoso em 23 anos

São Paulo tem outras oito minicracolândias em bairros

Após operação, cracolândia apenas muda de endereço

22/05/2017

'Se quiserem, me derrubem', afirma Temer sobre renúncia

Após ação policial, Doria afirma que cracolândia acabou

Polícia faz megaoperação contra tráfico na cracolândia

OAB pede impeachment por omissão do presidente

Shows fora da região central esvaziam a Virada Cultural

Síndico não precisa de aval para fazer reparos urgentes

Ecopontos são organizados e têm regras bem definidas

21/05/2017

Virada Cultural começa com pouco público e protestos

Detetive virtual encontra familiares de 1.500 sem-teto

Creches públicas terceirizadas têm falhas, aponta auditoria

Donos da JBS tiveram aula de delação com a polícia

Sem apoio do PSB, Temer se dedica agora a sobreviver

Temer ataca delator da JBS e diz que áudio foi adulterado

Videntes já fazem até leitura de cartas pelo WhatsApp

Pressão alta é causa da maior parte das doenças do coração

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).