Brasil
23/03/2012

Dilma pede que empresários tenham instinto animal

Folha de S.Paulo

Brasília - A presidente Dilma Rousseff deixou de lado, ontem, a crise política que enfrenta com os partidos da base aliada e reuniu, pela primeira vez em seu mandato, os pesos pesados do PIB (Produto Interno Bruto) para discutir a retomada do crescimento da economia.

Em pediu "instinto animal" aos empresários para ampliar investimentos.

Numa reunião de três horas e meia com 28 grandes empresários dos mais variados setores, Dilma não anunciou nenhum medida concreta, mas acenou com a privatização de portos, prometeu defesa forte da indústria brasileira e acenou com redução de impostos.

Do outro lado, a presidente ouviu apelos recorrentes por redução da carga tributária, câmbio e contra a importação predatória.

Aos convidados, Dilma afirmou que retornará de sua viagem à Índia, na semana que vem, trazendo na bagagem medidas de estímulo, como desonerações.

Na área de portos, a "próxima grande discussão do governo", segundo a presidente, ela pediu aos empresários que façam pressão sobre o Congresso para aprovação do projeto que unifica a cobrança de impostos sobre importação nos Estados.

Segundo relatos dos empresários, ela disse que vai "defender" o mercado doméstico sem fechar a economia a produtos estrangeiros, além de evitar uma apreciação maior do real sem gerar inflação. O objetivo, garantiu, é aumentar a produtividade em todos os setores.

Índice

PUBLICIDADE

23/05/2015

Insatisfeito, Levy falta a anúncio sobre os cortes

Governo confirma cortes, mas gastos devem aumentar

22/05/2015

Polícia prende lobista ligado a José Dirceu e empreiteira

21/05/2015

CPI quer investigar morte de ex-deputado José Janene

20/05/2015

Brasil e China fecham acordo de US$ 53 bilhões

Senado aprova indicação de Fachin para o Supremo

19/05/2015

Governo vai anunciar cortes e alta de impostos na quinta

18/05/2015

OAS teria favorecido cunhada de ex-tesoureiro do PT

17/05/2015

Meta é deixar as contas como em 2013, diz ministro da Fazenda

16/05/2015

Filho de Renan levou propina da Petrobras, afirma delator

15/05/2015

Políticos são denunciados por lavagem de dinheiro

14/05/2015

Chefe de empreiteiras assina acordo e acusa PT e PMDB

13/05/2015

Dilma comete gafes durante inauguração de obra no Rio

12/05/2015

Governo sabia de corrupção na Petrobras, afirma doleiro

11/05/2015

Empreiteiras da Lava Jato têm R$ 24 bilhões a receber

10/05/2015

Ajuste fiscal trava principais vitrines do governo Dilma

Casamento em que Dilma é madrinha tem panelaço

09/05/2015

Executivo diz que doou a Dilma por temer represália

Lula afirmou ter lidado com coisas imorais, diz Mujica

08/05/2015

Temer distribui cargos para aprovar ajuste fiscal

07/05/2015

Tribunal italiano suspende extradição de Pizzolato

06/05/2015

Banco do Brasil financiou Porsche de Val Marchiori

Programa do PT esconde Dilma e é alvo de panelaços

05/05/2015

PT afirma que vai expulsar condenados por corrupção

04/05/2015

Delatores não contaram tudo que prometiam na Lava Jato

03/05/2015

PF investiga marqueteiro de Dilma

02/05/2015

Lula diz que pode voltar se for chamado para briga

01/05/2015

Dilma não falará por não ter o que dizer, ataca Renan

30/04/2015

Após seis meses, executivos da Lava Jato são liberados

29/04/2015

Chefões de empreiteiras da Lava Jato deixam a prisão

28/04/2015

Vaccari e Duque denunciados por lavagem de dinheiro

27/04/2015

Advogado indicado ao STF atua no tribunal da mulher

26/04/2015

Impeachment será analisado com cautela, diz Aécio Neves

25/04/2015

Promotoria pede prisão de executivo do caso dos trens

Itália aprova extradição de Henrique Pizzolato ao Brasil

24/04/2015

Tribunal multa campanha de Dilma e critica ex-ministro

Petrobras pode vender parte do pré-sal

23/04/2015

Petrobras divulga prejuízo de R$ 6 bilhões com corrupção

Delatores são condenados na primeira sentença da Lava Jato

22/04/2015

Cunhada de ex-tesoureiro do PT tem prisão prorrogada

21/04/2015

Proposta de impeachment divide lideranças do PSDB

20/04/2015

Delatores citam 10 obras em que Camargo pagou propina

19/04/2015

Delator diz que construtora pagou R$ 110 milhões em propina

18/04/2015

Ex-deputado assume como tesoureiro do PT

Oposição age por desespero, afirma ministro de Dilma

17/04/2015

Contas de Dilma podem ser rejeitadas após decisão

16/04/2015

Oposição vai analisar pedido de impeachment de Dilma

Tesoureiro do PT é preso e acusado de fazer caixa dois

15/04/2015

Advogado ligado ao PT é indicado para o Supremo

14/04/2015

Governo segurou denúncia de suborno, afirma delator

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).