Mundo
21/08/2012

Garotas de banda punk não vão pedir perdão a Putin

Agências

As três integrantes do grupo de punk Pussy Riot, que na última sexta-feira foram condenadas a dois anos de prisão por interpretar uma canção contra o presidente russo Vladimir Putin em uma catedral, não pedirão perdão ao dirigente.

"Nossas clientes não pedirão perdão", afirmou à agência de notícias France Presse o advogado de defesa Nikolai Polozov. "Elas literalmente afirmaram: 'Que vá para o inferno com o seu perdão'", acrescentou.

Nadezhda Tolokonnikova, 22 anos, Maria Alekhina, 24 anos, e Yekaterina Samutsevich, 30 anos, estavam presas desde março, após uma performance do grupo contra o então candidato à Presidência Vladimir Putin na Catedral do Cristo Salvador, na capital Moscou.

No altar da igreja, que é um dos símbolos da Rússia pós-soviética, as jovens com os rostos cobertos cantaram, em fevereiro, a música de protesto "Virgem Maria, Livrai-nos do Putin".

A igreja ortodoxa é fiel aliada do governo, e a ação foi aberta pela Promotoria, ligada a Putin.

De acordo com a agência Efe, a polícia russa procura duas integrantes do grupo Pussy Riot que não foram identificadas, mas que também estariam envolvidas no protesto contra o presidente da Rússia.

As condenações de Nadezhda, Maria e Yekaterina geraram uma onda de protestos em todo o mundo, de governos e artistas.

Tikhon Shevkunov, chefe do Monastério Sretensky e suposto mentor espiritual de Putin, e o clérigo Maxim Kozlov, considerados dois importantes membros da Igreja Ortodoxa, afirmaram no sábado que perdoaram as três garotas da banda.

Índice

PUBLICIDADE

16/01/2017

Países mandam recado a Trump e a Israel

15/01/2017

Ex-escravas sexuais de terroristas são purificadas

14/01/2017

PF prende três 'coiotes' que levaram brasileiros sumidos

13/01/2017

Senado começa anulação da reforma de saúde de Obama

12/01/2017

Em sua primeira coletiva, Trump se defende de dossiê

11/01/2017

Donald Trump quer derrubar reforma da saúde de Obama

10/01/2017

Atriz Meryl Streep e Trump trocam provocações nos EUA

09/01/2017

Ataque em Israel deixa 4 mortos

08/01/2017

Coiote cobra US$ 12 mil para levar imigrante ilegal aos EUA

07/01/2017

Atirador mata cinco em aeroporto nos EUA

06/01/2017

Chefe da inteligência acusa Rússia de hackear eleição

05/01/2017

Acidente com trem fere ao menos cem em Nova York

04/01/2017

Atirador que matou 39 na Turquia foi treinado na Síria

03/01/2017

Estado Islâmico reivindica ataque na Turquia

02/01/2017

Ataque em Istambul deixa 39 mortos no Ano-Novo

01/01/2017

Mundo recebe 2017 com mais medidas de segurança

31/12/2016

Paris vive clima de medo no Ano-Novo

30/12/2016

Trump diz que ONU é 'perda de tempo e dinheiro'

29/12/2016

Alemanha prende suspeito tunisiano

28/12/2016

Brasileiros morrem na Argentina

27/12/2016

Brasileiros sumidos pagaram até R$ 65 mil por rota aos EUA

26/12/2016

Governo procura brasileiros desaparecidos nos EUA

Terremoto assusta Chile e faz 4 mil saírem de casa

Queda de avião russo que ia para a Síria causa 92 mortes

25/12/2016

Belém recebe fiéis no Natal, mas perde morador cristão

24/12/2016

Suspeito de terrorismo é morto na Itália

23/12/2016

Digitais de suspeito são encontradas em caminhão

22/12/2016

Polícia alemã caça tunisiano suspeito de ataque em Berlim

21/12/2016

Terrorista que matou 12 na Alemanha estaria foragido

20/12/2016

Caminhão invade feira de Natal e mata 12 na Alemanha

Homem executa embaixador russo na Turquia

19/12/2016

Eleição de Trump será oficializada

18/12/2016

Papa Francisco pede velhice tranquila

17/12/2016

Obama ataca Rússia em última fala

16/12/2016

Civis deixam área rebelde

15/12/2016

FBI alertou para espionagem

14/12/2016

Trump nomeia presidente de petroleira secretário

13/12/2016

Republicanos se voltam contra Trump nos EUA

12/12/2016

Número de mortos na Turquia sobe para 38

08/12/2016

Tremor mata 97 na Indonésia

07/12/2016

Japão não pedirá perdão por ataque a Pearl Harbor

06/12/2016

Primeiro-ministro japonês vai visitar Pearl Harbor

05/12/2016

Cuba enterra Fidel após nove dias de homenagens

04/12/2016

Incêndio mata ao menos 9 nos EUA

02/12/2016

Turistas reclamam que não acham lembranças de Fidel

30/11/2016

Estado Islâmico assume atentado

29/11/2016

Com caravanas, Cuba inicia homenagens a Fidel Castro

28/11/2016

Noite cubana se transforma

27/11/2016

Anúncio da morte de Fidel Castro gera festa em Miami e pesar em Havana

O último mito comunista, Fidel Castro morre em Cuba

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).