Mundo
21/08/2012

Garotas de banda punk não vão pedir perdão a Putin

Agências

As três integrantes do grupo de punk Pussy Riot, que na última sexta-feira foram condenadas a dois anos de prisão por interpretar uma canção contra o presidente russo Vladimir Putin em uma catedral, não pedirão perdão ao dirigente.

"Nossas clientes não pedirão perdão", afirmou à agência de notícias France Presse o advogado de defesa Nikolai Polozov. "Elas literalmente afirmaram: 'Que vá para o inferno com o seu perdão'", acrescentou.

Nadezhda Tolokonnikova, 22 anos, Maria Alekhina, 24 anos, e Yekaterina Samutsevich, 30 anos, estavam presas desde março, após uma performance do grupo contra o então candidato à Presidência Vladimir Putin na Catedral do Cristo Salvador, na capital Moscou.

No altar da igreja, que é um dos símbolos da Rússia pós-soviética, as jovens com os rostos cobertos cantaram, em fevereiro, a música de protesto "Virgem Maria, Livrai-nos do Putin".

A igreja ortodoxa é fiel aliada do governo, e a ação foi aberta pela Promotoria, ligada a Putin.

De acordo com a agência Efe, a polícia russa procura duas integrantes do grupo Pussy Riot que não foram identificadas, mas que também estariam envolvidas no protesto contra o presidente da Rússia.

As condenações de Nadezhda, Maria e Yekaterina geraram uma onda de protestos em todo o mundo, de governos e artistas.

Tikhon Shevkunov, chefe do Monastério Sretensky e suposto mentor espiritual de Putin, e o clérigo Maxim Kozlov, considerados dois importantes membros da Igreja Ortodoxa, afirmaram no sábado que perdoaram as três garotas da banda.

Índice

PUBLICIDADE

06/03/2015

Perícia indica que Nisman foi morto, afirma ex-mulher

05/03/2015

Putin diz que assassinato de opositor é 'vergonha'

04/03/2015

Justiça dos EUA conclui que polícia de cidade é racista

03/03/2015

Venezuela dá duas semanas para EUA retirarem pessoal

02/03/2015

Ato por político russo morto reúne milhares

01/03/2015

Uruguaios recebem novo presidente

28/02/2015

Opositor de Putin é morto no centro de Moscou

27/02/2015

Justiça argentina rejeita denúncia contra presidente

26/02/2015

Venezuela tem protestos após morte de adolescente

25/02/2015

Jovem morre na Venezuela

24/02/2015

Governo invade partido de oposição na Venezuela

23/02/2015

Militar sob tortura acusou prefeito de Caracas, diz defesa

22/02/2015

Indonésia entrega nota de protesto contra ato de Dilma

21/02/2015

Dilma nega aval a embaixador e irrita Indonésia

20/02/2015

Indonésia adia fuzilamento de segundo brasileiro

19/02/2015

Pela primeira vez, papa recebe grupo católico gay

18/02/2015

Apontada falha em investigação na Argentina

17/02/2015

Após decapitações, Egito ataca o Estado Islâmico

16/02/2015

Radicais divulgam vídeo de decapitação de 21 egípcios

15/02/2015

Coiotes usam Brasil para rota ilegal

14/02/2015

Venezuela prende militares acusados de tramar golpe

13/02/2015

Ucrânia acerta cessar-fogo

12/02/2015

Laudo pede internação de brasileiro na Indonésia

11/02/2015

Obama apresenta plano de guerra contra terroristas

10/02/2015

Iraque vai lançar ataque por terra contra terroristas

09/02/2015

Jordânia diz ter atingido terroristas

07/02/2015

Papa defende palmadas e é criticado

06/02/2015

Milícia negocia, crucifica e enterra crianças vivas

05/02/2015

Avião cai em rio após bater em táxi e mata 31 em Taiwan

04/02/2015

Estado Islâmico queima vivo piloto capturado na Síria

03/02/2015

EUA estudam armar Ucrânia

02/02/2015

Jordânia tenta libertar refém do Estado Islâmico

01/02/2015

Espanha protesta contra política de austeridade

31/01/2015

Estado Islâmico assume ataques às forças do Egito

30/01/2015

Indonésia confirma fuzilamento de segundo brasileiro

29/01/2015

Ataque do Hizbullah mata dois soldados israelenses

28/01/2015

Estado Islâmico ameaça executar reféns em 24 horas

27/01/2015

Esquerdista faz acordo com direita e assume na Grécia

26/01/2015

Esquerda radical assume poder na Grécia

25/01/2015

Japonês é decapitado em vídeo atribuído a radicais

24/01/2015

Celulares podem atrapalhar relações na família, diz papa

23/01/2015

Presidente argentina diz que morte de promotor é complô

22/01/2015

Novos indícios contradizem tese de suicídio de promotor

21/01/2015

Autópsia de promotor põe tese de suicídio em dúvida

20/01/2015

Morre promotor que denunciou Cristina Kirchner

19/01/2015

Defesa tenta internar outro brasileiro a ser executado

Igrejas do Brasil na África são atacadas

18/01/2015

Brasileiro é executado por fuzilamento na Indonésia

Radicais islâmicos também levam terrorismo à China

17/01/2015

Indonésia rejeita apelo de Dilma por brasileiro

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).