Trabalho
01/04/2009

Bônus pode não valer para temporário de 2008

Luciana Lazarini
do Agora

Apenas os temporários que fizeram parte da primeira convocação do concurso público para agente escolar, ocorrido em janeiro de 2008, e que começaram a trabalhar no final de abril tiveram direito ao bônus da Educação.

Isso porque o benefício que foi pago ontem para os servidores da Educação só era válido para quem trabalhou, em 2008, mais de 244 dias -o que representa dois terços do ano. As faltas, mesmo as justificadas com atestado, e a licença-prêmio são descontadas -se a conta dos dias trabalhados dá menos de 244, não há direito ao bônus.

Segundo a Secretaria de Estado da Educação, 11.897 agentes começaram a trabalhar no dia 30 de abril e completaram 245 dias trabalhados. Se eles não faltaram nenhuma vez em 2008, têm direito a um bônus proporcional a esse período do ano.

Ficaram fora da lista do bônus, então, os servidores dessa primeira convocação que faltaram mais de uma vez em 2008. Já os temporários que foram sendo chamados depois de 2 de maio para substituir os desistentes desse concurso também não tiveram bônus, pois começaram a trabalhar depois do dia 2 de maio -na conta, há menos que 244 dias trabalhados.

O critério de exclusão de servidores que trabalharam menos que 244 dias foi divulgado pelo Estado apenas durante o anúncio oficial do bônus, no dia 25 de março. Antes, a secretaria havia informado que o cálculo seria proporcional ao período trabalhado e que todos os funcionários poderiam receber o benefício, sem importar a quantidade de faltas no ano.

Ontem, servidores reclamaram que não têm bônus porque começaram a trabalhar no final de maio, quando dizem que foram convocados pelo Estado. Ao todo, o bônus foi pago ontem para 195.504 funcionários da rede.

A Secretaria de Educação não informou quantos temporários estão sem bônus. O Estado tem 26.500 agentes de organização e serviços escolares temporários e efetivos.

Seleção
A primeira convocação dos temporários ocorreu nos dias 28 e 29 de abril para os candidatos com as melhores notas no concurso. A seleção aprovou 20 mil candidatos em janeiro para trabalhar nos serviços de merenda e limpeza das escolas por, no máximo, um ano. Depois da primeira chamada, outros foram sendo contratados para ocupar as vagas dos desistentes.

Para o presidente do Afuse (sindicato dos servidores da educação), Antônio Marcos Duarte Assunção, a regra dos 244 dias é excludente. "O critério foi estabelecido sem discutir com ninguém", diz. Ele também criticou o desconto da licença-prêmio (o período de ausência não é contado no cálculo dos dias trabalhados).

Índice

PUBLICIDADE

26/05/2015

ABC vai cortar mais de mil metalúrgicos

25/05/2015

Concursos oferecem 3.027 vagas no Estado

23/05/2015

Em crise, país fecha 98 mil postos de trabalho em abril

22/05/2015

Desemprego é o maior desde maio de 2011, diz IBGE

21/05/2015

Brastemp dará férias coletivas de 13 a 22 de julho

20/05/2015

Emprego na indústria tem maior queda em 15 anos

19/05/2015

Mercedes cortará 500 trabalhadores até o fim do mês

18/05/2015

Estado de SP tem 4.650 vagas em concursos públicos

16/05/2015

Trabalhadores da construção terão reajuste de 8,34%

Professores rejeitam propostas da Educação e greve continua

15/05/2015

Operários da GM terão estabilidade por seis meses

14/05/2015

Educação propõe nova regra para contratar temporários

13/05/2015

Trabalhadores da GM podem entrar em greve

12/05/2015

Feira de emprego com 8.000 vagas vai até sexta-feira

11/05/2015

Estado tem 4.377 vagas abertas em concursos

09/05/2015

CUT quer mudar multa do FGTS das domésticas

08/05/2015

Professor grevista não terá desconto

07/05/2015

Câmara aprova mudança no seguro-desemprego

Domésticas terão direito a FGTS e multa na demissão

06/05/2015

Concessionárias cortam 12 mil vagas neste ano

05/05/2015

Volks dá férias coletivas para 8.000 trabalhadores

04/05/2015

Estado tem 4.473 vagas abertas em concursos

02/05/2015

Força Sindical protesta contra pacote que reduz benefícios

Comemoração da CUT critica terceirização

01/05/2015

1º de Maio será contra terceirização e cortes

30/04/2015

Seguro de demitido terá nova carência

29/04/2015

Queda dos salários do trabalhador é a maior em 12 anos

28/04/2015

Mercedes cancela corte de 500 trabalhadores

27/04/2015

Concursos têm 3.264 vagas no Estado de São Paulo

25/04/2015

Professores do Estado decidem continuar a greve

24/04/2015

Senado deve demorar para votar projeto de terceirização

23/04/2015

Terceirizados têm INSS garantido por antecipação

22/04/2015

Câmara deve votar hoje regras da terceirização

21/04/2015

Polícia Militar abre seleção com 2.000 vagas

20/04/2015

SP tem 1.200 vagas abertas em concursos públicos

18/04/2015

Lei do caminhoneiro começa a valer em todo o Brasil

17/04/2015

Indústria de SP demitiu 17 mil no mês de março

16/04/2015

Câmara adia votação de lei que permite terceirização

15/04/2015

Câmara veta terceirização para empresas públicas

14/04/2015

Justiça do Trabalho quer limitar terceirizados

13/04/2015

Concursos oferecem 1.241 vagas no Estado

11/04/2015

Professores do Estado decidem continuar greve

10/04/2015

Dilma defende direitos de trabalhadores terceirizados

09/04/2015

Câmara aprova projeto que terceiriza todas as atividades

08/04/2015

Terceirizados devem ter FGTS e aposentadoria garantidos

07/04/2015

Sindicatos marcam protesto contra a terceirização

06/04/2015

Estado de SP oferece 1.169 vagas em concursos nesta semana

04/04/2015

Trabalhadores encontram 22.020 vagas de emprego

03/04/2015

Professores decidem continuar em greve

02/04/2015

Mais de 102 mil servidores têm bônus de até R$ 3.000 em SP

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).