Trabalho
12/03/2009

Bônus do professor sai até dia 30, diz Educação

Bruno Saia
do Agora

O bônus dos professores deverá sair até dia 30, segundo a Secretaria de Estado da Educação. O valor será calculado com base no Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo) e no número de faltas do servidor. Cada escola tem uma meta a cumprir.

Se o índice estiver dentro da meta, seus profissionais terão bônus integral, desde que não faltem. Nesse caso, o servidor receberá 2,4 salários (considerando as gratificações).

O Idesp deve ser divulgado até o dia 24. Até o dia 30, por meio de uma folha suplementar, a secretaria diz que os servidores estarão com o dinheiro depositado na conta.

Faltas
A grana será paga até para os servidores que tiverem um índice de faltas de até 50% no ano -no caso, o bônus terá a metade do valor a que o servidor teria direito se não faltasse. Para quem faltou em mais de 50% dos dias, a secretaria estuda um limite -que poderá ser de 60% ou 70% das ausências- para que o bônus não seja pago. Assim, quem faltou em 2008 mais do que esse limite não terá direito ao pagamento. Para a Educação, é preciso excluir do benefício os professores que não colaboraram com a escola.

Para Eduardo de Melo, presidente da Angep (Associação Nacional de Gestão Pública), o pagamento do bônus para quem faltou em 50% das aulas é "inusitado". "Quem merece ser premiado é quem vai a 100% das aulas", diz.

O governo já mostrou preocupação com as faltas. Em abril de 2008, foi publicada uma lei que limitou em seis por ano o número de ausências permitidas com uso do atestado médico. Quem ultrapassa esse limite tem desconto no salário. O número de faltas caiu 59% entre maio e outubro de 2008, em relação ao mesmo período de 2007.

A secretaria tem, hoje, cerca de 300 mil funcionários, já contando os cerca de 100 mil professores temporários, que também receberão o benefício. Já os professores eventuais, que só trabalham quando um docente falta e que não estão dentro da rede pública, não terão direito ao benefício.

Índice

PUBLICIDADE

27/05/2015

GM dará folgas e férias para 5.000 operários

26/05/2015

ABC vai cortar mais de mil metalúrgicos

25/05/2015

Concursos oferecem 3.027 vagas no Estado

23/05/2015

Em crise, país fecha 98 mil postos de trabalho em abril

22/05/2015

Desemprego é o maior desde maio de 2011, diz IBGE

21/05/2015

Brastemp dará férias coletivas de 13 a 22 de julho

20/05/2015

Emprego na indústria tem maior queda em 15 anos

19/05/2015

Mercedes cortará 500 trabalhadores até o fim do mês

18/05/2015

Estado de SP tem 4.650 vagas em concursos públicos

16/05/2015

Trabalhadores da construção terão reajuste de 8,34%

Professores rejeitam propostas da Educação e greve continua

15/05/2015

Operários da GM terão estabilidade por seis meses

14/05/2015

Educação propõe nova regra para contratar temporários

13/05/2015

Trabalhadores da GM podem entrar em greve

12/05/2015

Feira de emprego com 8.000 vagas vai até sexta-feira

11/05/2015

Estado tem 4.377 vagas abertas em concursos

09/05/2015

CUT quer mudar multa do FGTS das domésticas

08/05/2015

Professor grevista não terá desconto

07/05/2015

Câmara aprova mudança no seguro-desemprego

Domésticas terão direito a FGTS e multa na demissão

06/05/2015

Concessionárias cortam 12 mil vagas neste ano

05/05/2015

Volks dá férias coletivas para 8.000 trabalhadores

04/05/2015

Estado tem 4.473 vagas abertas em concursos

02/05/2015

Força Sindical protesta contra pacote que reduz benefícios

Comemoração da CUT critica terceirização

01/05/2015

1º de Maio será contra terceirização e cortes

30/04/2015

Seguro de demitido terá nova carência

29/04/2015

Queda dos salários do trabalhador é a maior em 12 anos

28/04/2015

Mercedes cancela corte de 500 trabalhadores

27/04/2015

Concursos têm 3.264 vagas no Estado de São Paulo

25/04/2015

Professores do Estado decidem continuar a greve

24/04/2015

Senado deve demorar para votar projeto de terceirização

23/04/2015

Terceirizados têm INSS garantido por antecipação

22/04/2015

Câmara deve votar hoje regras da terceirização

21/04/2015

Polícia Militar abre seleção com 2.000 vagas

20/04/2015

SP tem 1.200 vagas abertas em concursos públicos

18/04/2015

Lei do caminhoneiro começa a valer em todo o Brasil

17/04/2015

Indústria de SP demitiu 17 mil no mês de março

16/04/2015

Câmara adia votação de lei que permite terceirização

15/04/2015

Câmara veta terceirização para empresas públicas

14/04/2015

Justiça do Trabalho quer limitar terceirizados

13/04/2015

Concursos oferecem 1.241 vagas no Estado

11/04/2015

Professores do Estado decidem continuar greve

10/04/2015

Dilma defende direitos de trabalhadores terceirizados

09/04/2015

Câmara aprova projeto que terceiriza todas as atividades

08/04/2015

Terceirizados devem ter FGTS e aposentadoria garantidos

07/04/2015

Sindicatos marcam protesto contra a terceirização

06/04/2015

Estado de SP oferece 1.169 vagas em concursos nesta semana

04/04/2015

Trabalhadores encontram 22.020 vagas de emprego

03/04/2015

Professores decidem continuar em greve

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).