Nas ruas
07/03/2010

Mulheres avançam em profissões masculinas

Folha de S.Paulo

Nos últimos 30 anos, as mulheres aumentaram sua presença em ocupações tradicionalmente masculinas. Mas o inverso não ocorreu e profissões consideradas majoritariamente femininas permanecem com um baixo percentual de homens atuantes.

A constatação é da pesquisadora Regina Madalozzo, do Insper, que comparou na Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, do IBGE) o percentual de mulheres em 21 ocupações entre os anos de 1978 e 2008.

No final da década de 70, menos de um quinto dos advogados e médicos eram mulheres. Hoje, elas são quase metade dos profissionais dessas áreas.

Algumas carreiras seguem altamente masculinas, mas, mesmo nelas, é possível identificar aumento da participação feminina. Entre engenheiros, por exemplo, a proporção foi de 5% para 11%. Entre os motoristas, o número de mulheres continua pequeno --o crescimento de 1978 a 2008 foi de 0,2% para 1,4%. Maria Aparecida Lemos, 40 anos, dirige ônibus há nove anos e afirma que, no começo, alguns passageiros faziam sinal para que ela parasse, mas não subiam.

Ela trabalha na mesma empresa que Maria Machado, 33 anos, que também notou reações estranhas. "No Carnaval passado, turistas pediram para tirar uma foto comigo ao me verem no volante."

Papéis trocados
Se elas demonstram vontade e capacidade de atuar em ocupações onde eram minoria, o mesmo não se deu com os homens em relação a áreas majoritariamente femininas.

Em 30 anos, houve pouca alteração nos percentuais masculinos de enfermeiros, professores, profissionais de creche ou costureiros.

"Embora ganhando menos que os homens nas mesmas ocupações, as mulheres estão entrando em áreas tradicionalmente masculinas. Eles, no entanto, não aceitam, ou não são bem aceitos, em profissões dadas como femininas", afirma Regina Madalozzo.

A desigualdade entre os salários de homens e mulheres diminuiu no Brasil nos últimos 30 anos, mas o diferencial é, quase sempre, favorável aos homens. Dados tabulados a partir da Pnad de 2008 mostram que, de um total de 61 ocupações analisadas, em apenas seis o rendimento das mulheres por hora de trabalho superava o de homens.

Mesmo em profissões em que a participação masculina é inferior a 20%, como o secretariado, o rendimento delas é, em média, menor.

Nas poucas áreas em que as mulheres têm rendimentos maiores, Regina Madalozzo explica que, frequentemente, isso ocorre porque o nível de escolaridade delas é superior ao dos homens na mesma profissão.

Índice

PUBLICIDADE

23/07/2014

Médico e enfermeiro dizem que vigia já estava morto

Pronto-socorro da Santa Casa fecha por falta de dinheiro

Folha de Zona Azul de R$ 3 vai valer até dezembro

1 de cada 3 litros da reserva do Cantareira já foi usado

Pessoas preferem choque a ficar só

Obra em escola faz aluno estudar no meio da poeira

22/07/2014

Ciclovia do centro ganha elogios, mas fica às moscas

Moradores derrubam concreto e reabrem ponte interditada

Dois funcionários de hospital omitiram socorro, diz polícia

Grupo faz barricadas e fecha avenida após morte de jovem

Washington cria calçada de celular

21/07/2014

Um ano depois, faixas de ônibus ainda são invadidas

Para parente de vigia morto, "nem animal é tratado assim"

Família sobrevive, mas bebê morre após desabamento

Garoto atropela e mata idoso

Mesmo quem come muito pode sofrer de desnutrição

20/07/2014

Seca faz cidade cancelar atrações em rios

Pais e filhos elogiam fim da aprovação automática

Homem morre após agonizar na porta de hospital privado

Beber água e reduzir o sal ajudam a evitar pedras nos rins

Família sobrevive por 15 h sob escombros de prédio

Idoso fatura com máquina de escrever

Enfermagem e edificações são os preferidos nas Etecs

19/07/2014

Terreno com lixo preocupa moradores da zona leste

Fios soltos põem pedestres e carros em risco na zona leste

Sem-teto fazem invasão fantasma no Morumbi

Candidatos têm nomes engraçados

Policial civil mata irmão com 2 tiros

18/07/2014

Posto no Butantã não marca consulta, reclamam pacientes

Fio de alta tensão atinge carro e choque mata homem

Haddad troca subprefeitos por indicações políticas

Aposentado de Lins esquece tudo a cada quatro dias

Protesto na Bahia tem ataque a delegacia e detentos soltos

17/07/2014

Ruas de shoppings e hospitais têm mais furtos de veículos

Sem-teto agora protestam contra serviços de telefonia

Universal cobra ingresso de templo

Filho diz que era ameaçado de morte por advogada

Rodoanel Leste ainda está inacabado depois de 12 dias

Cruzamento sem sinalização é perigoso, dizem moradores

16/07/2014

Hospitais estaduais têm 450 leitos inativos na capital

Pedestres reclamam de ponte na divisa da capital com o ABC

1,2 milhão consumiu mais água do Cantareira em junho

Facção criminosa comanda tráfico do exterior, diz polícia

Agentes da Disney são presos por pedofilia

Advogada é indiciada com o marido por morte de zelador

15/07/2014

Bairros com maiores filas ficam com poucas creches

Moradores reclamam de poeira de obra da prefeitura

Alemães furtam obra de lembrança

Batida com van de pacientes mata 7 a caminho de hospital

Cinco são assassinados em chacina na Grande São Paulo

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).