Nas ruas
07/03/2010

Mulheres avançam em profissões masculinas

Folha de S.Paulo

Nos últimos 30 anos, as mulheres aumentaram sua presença em ocupações tradicionalmente masculinas. Mas o inverso não ocorreu e profissões consideradas majoritariamente femininas permanecem com um baixo percentual de homens atuantes.

A constatação é da pesquisadora Regina Madalozzo, do Insper, que comparou na Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, do IBGE) o percentual de mulheres em 21 ocupações entre os anos de 1978 e 2008.

No final da década de 70, menos de um quinto dos advogados e médicos eram mulheres. Hoje, elas são quase metade dos profissionais dessas áreas.

Algumas carreiras seguem altamente masculinas, mas, mesmo nelas, é possível identificar aumento da participação feminina. Entre engenheiros, por exemplo, a proporção foi de 5% para 11%. Entre os motoristas, o número de mulheres continua pequeno --o crescimento de 1978 a 2008 foi de 0,2% para 1,4%. Maria Aparecida Lemos, 40 anos, dirige ônibus há nove anos e afirma que, no começo, alguns passageiros faziam sinal para que ela parasse, mas não subiam.

Ela trabalha na mesma empresa que Maria Machado, 33 anos, que também notou reações estranhas. "No Carnaval passado, turistas pediram para tirar uma foto comigo ao me verem no volante."

Papéis trocados
Se elas demonstram vontade e capacidade de atuar em ocupações onde eram minoria, o mesmo não se deu com os homens em relação a áreas majoritariamente femininas.

Em 30 anos, houve pouca alteração nos percentuais masculinos de enfermeiros, professores, profissionais de creche ou costureiros.

"Embora ganhando menos que os homens nas mesmas ocupações, as mulheres estão entrando em áreas tradicionalmente masculinas. Eles, no entanto, não aceitam, ou não são bem aceitos, em profissões dadas como femininas", afirma Regina Madalozzo.

A desigualdade entre os salários de homens e mulheres diminuiu no Brasil nos últimos 30 anos, mas o diferencial é, quase sempre, favorável aos homens. Dados tabulados a partir da Pnad de 2008 mostram que, de um total de 61 ocupações analisadas, em apenas seis o rendimento das mulheres por hora de trabalho superava o de homens.

Mesmo em profissões em que a participação masculina é inferior a 20%, como o secretariado, o rendimento delas é, em média, menor.

Nas poucas áreas em que as mulheres têm rendimentos maiores, Regina Madalozzo explica que, frequentemente, isso ocorre porque o nível de escolaridade delas é superior ao dos homens na mesma profissão.

Índice

PUBLICIDADE

20/04/2014

Atividade física ajuda paciente a ter vida normal após infarto

Aviãozinho que filma vira brinquedo de gente grande

Universidade a distância vai abrir seu 1º vestibular

Moradores fazem prédios sem planta em Paraisópolis

Médicos doam horas a quem não pode pagar consultas

Suspeita diz ter recebido R$ 6.000 para matar menino

19/04/2014

Passageiro da CPTM enfrenta 1 grande falha a cada 5 dias

Organização reclama de mau atendimento para idosos

Áreas da Eletropaulo têm mato sob fiação

Padre surdo dá confissão pela rede

Dois meses após morte, risco a passageiro persiste no Tietê

Sabesp adia aumento de 5,4% na conta de água

Avó avisou Promotoria que Bernardo corria riscos

Motoristas enfrentam até 64 km de lentidão nas estradas pela manhã

18/04/2014

Shoppings e Sescs têm programação gratuita para toda a família na Páscoa

A cantora Fabiana Cozza presta uma homenagem a mineira Clara Nunes

Festa beneficente leva nove bandas de forró para tocar no Expresso Brasil

"O Menino Maluquinho" vira musical e retrata o mundo da criança

Nando diz a Cadu que mandou investigar Jairo

Universal tem filmes infantis no feriado

Comédias "Copa de Elite" e "Julio Sumiu" estreiam hoje nos cinemas

Sabesp agora prevê multa para quem gastar mais água

CET demora dois anos para pintar lombada, diz morador

Periferia lidera casos de mortes de recém-nascidos

Manhã é o pior período para viajar hoje

Gangue usava Kombi para fazer arrastões na zona leste

Mãe de vítima salva condenado

17/04/2014

Capital vive rodízio noturno de água, afirma prefeitura

Linha demora e tem ônibus velhos, reclamam passageiros

UPA deixa de abrir 24 h por falta de médico em Diadema

Três são mortos após roubo a cantor do Trio Los Angeles

Cientistas testarão sangue artificial

Esquartejado é o motorista de ônibus, diz exame de DNA

16/04/2014

Secretário da Saúde diz que problemas em UPA eram esperados

Falta de iluminação assusta moradores do Jabaquara

Projeto desvia corredor de grandes lojas na zona leste

Pai e madrasta são presos acusados de matar menino

54 são detidos após confronto

Falta de açúcar faz casal brigar

15/04/2014

UPA abre sem ortopedistas e com espera de até sete horas

Fraude muda área de imóvel para diminuir valor do IPTU

Mulher tem seios mutilados ao ser arrastada por carro

Prefeitura fecha portão e obriga pedestre a andar mais

Cantora africana embranquece

Faixa em zigue-zague irrita motoristas na zona norte

14/04/2014

Trens para a Grande SP são lotados e têm ambulantes

Tire 20 dúvidas sobre as causas e o tratamento do alzheimer

Moradores buscam saúde em cidades vizinhas na Grande SP

Guarapiranga tem dia de esportes radicais e diversão

Trecho curto de rodovias tem mais mortes

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Agora.