Nas ruas
07/03/2010

Mulheres avançam em profissões masculinas

Folha de S.Paulo

Nos últimos 30 anos, as mulheres aumentaram sua presença em ocupações tradicionalmente masculinas. Mas o inverso não ocorreu e profissões consideradas majoritariamente femininas permanecem com um baixo percentual de homens atuantes.

A constatação é da pesquisadora Regina Madalozzo, do Insper, que comparou na Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, do IBGE) o percentual de mulheres em 21 ocupações entre os anos de 1978 e 2008.

No final da década de 70, menos de um quinto dos advogados e médicos eram mulheres. Hoje, elas são quase metade dos profissionais dessas áreas.

Algumas carreiras seguem altamente masculinas, mas, mesmo nelas, é possível identificar aumento da participação feminina. Entre engenheiros, por exemplo, a proporção foi de 5% para 11%. Entre os motoristas, o número de mulheres continua pequeno --o crescimento de 1978 a 2008 foi de 0,2% para 1,4%. Maria Aparecida Lemos, 40 anos, dirige ônibus há nove anos e afirma que, no começo, alguns passageiros faziam sinal para que ela parasse, mas não subiam.

Ela trabalha na mesma empresa que Maria Machado, 33 anos, que também notou reações estranhas. "No Carnaval passado, turistas pediram para tirar uma foto comigo ao me verem no volante."

Papéis trocados
Se elas demonstram vontade e capacidade de atuar em ocupações onde eram minoria, o mesmo não se deu com os homens em relação a áreas majoritariamente femininas.

Em 30 anos, houve pouca alteração nos percentuais masculinos de enfermeiros, professores, profissionais de creche ou costureiros.

"Embora ganhando menos que os homens nas mesmas ocupações, as mulheres estão entrando em áreas tradicionalmente masculinas. Eles, no entanto, não aceitam, ou não são bem aceitos, em profissões dadas como femininas", afirma Regina Madalozzo.

A desigualdade entre os salários de homens e mulheres diminuiu no Brasil nos últimos 30 anos, mas o diferencial é, quase sempre, favorável aos homens. Dados tabulados a partir da Pnad de 2008 mostram que, de um total de 61 ocupações analisadas, em apenas seis o rendimento das mulheres por hora de trabalho superava o de homens.

Mesmo em profissões em que a participação masculina é inferior a 20%, como o secretariado, o rendimento delas é, em média, menor.

Nas poucas áreas em que as mulheres têm rendimentos maiores, Regina Madalozzo explica que, frequentemente, isso ocorre porque o nível de escolaridade delas é superior ao dos homens na mesma profissão.

Índice

PUBLICIDADE

30/04/2016

Vacinação começa hoje no interior

Aplicativo do Bolsa Família é criticado

Capital tem dia mais frio em abril

Concorrente do Uber começa a operar hoje em São Paulo

Sunguinha nega agressão a fotógrafo em praia de Santos

Alunos de escolas técnicas fazem ocupação por merenda

29/04/2016

Polícia identifica mais dois agressores de fotógrafo

Cidade alemã põe semáforo no chão

Cartórios eleitorais fazem plantão

Represas da Grande SP têm abril mais seco da história

Sem-teto fecham avenidas em protesto contra Temer

Pacientes de postos também sofrem com troca de parceira

28/04/2016

Testemunha critica ação da PM após agressão a fotógrafo

José é o nome mais popular no país

Mulher morre esfaqueada e atropelada pelo ex-marido

Moradores do Grajaú sofrem com vazamento de esgoto

Haddad propõe reduzir lucro do Uber em projeto de lei

Embu é a cidade que gasta menos água na Grande SP

27/04/2016

Sunguinha participou de agressão a fotógrafo na praia

Avião volta após bater em pássaro

Policiais que apuram roubo de R$ 50 milhões são presos

Roubo de fios aumenta intervalo entre trens da CPTM

Brasil tem 91 mil suspeitas de zika, afirma ministério

Troca de parceira diminui equipe em PS municipal

26/04/2016

Repórter entrega fotos de grupo de agressores na praia

Onda de calor acaba amanhã com a chegada de ar frio

Ratos de lixão invadem condomínio na zona oeste

Idoso é contratado para viagem grátis

Supergripe avança e mortos já chegam a 40 na capital

25/04/2016

Cobrança de condomínio atrasado está mais rápida

Posto de saúde atende em cinco línguas no Bom Retiro

Homem armado causa pânico em shopping da zona norte

Fogo destrói alegorias perto do Anhembi

Plano de habitação popular de Alckmin não sai do papel

Embarque preferencial no metrô é desrespeitado

24/04/2016

Cólicas em bebês são comuns até o terceiro mês de vida

Cresce número de furtos de fios subterrâneos na capital

Frota de trens em operação no metrô encolhe em 5 anos

Turismo renasce na região das represas do Cantareira

23/04/2016

Passageiro de ônibus é morto ao reagir a roubo na zona sul

Moradores pedem semáforo em avenida da zona norte

Estande de vendas desaba, mata operário e fere cinco

22/04/2016

2016 tem abril com mais dias quentes em 55 anos

Centro cirúrgico de hospital está sem ar condicionado

21/04/2016

Servidor admite que ajudou cooperativa da merenda

Nota de dólar terá foto de ex-escrava

Bufê fecha e deixa clientes sem festas na zona leste

Relatórios revelam falhas na apuração de crimes de 2006

Casos de microcefalia no país crescem e chegam a 1.168

Paciente de hospital público é alvo de golpista na capital

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).