Nas ruas
07/03/2010

Mulheres avançam em profissões masculinas

Folha de S.Paulo

Nos últimos 30 anos, as mulheres aumentaram sua presença em ocupações tradicionalmente masculinas. Mas o inverso não ocorreu e profissões consideradas majoritariamente femininas permanecem com um baixo percentual de homens atuantes.

A constatação é da pesquisadora Regina Madalozzo, do Insper, que comparou na Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, do IBGE) o percentual de mulheres em 21 ocupações entre os anos de 1978 e 2008.

No final da década de 70, menos de um quinto dos advogados e médicos eram mulheres. Hoje, elas são quase metade dos profissionais dessas áreas.

Algumas carreiras seguem altamente masculinas, mas, mesmo nelas, é possível identificar aumento da participação feminina. Entre engenheiros, por exemplo, a proporção foi de 5% para 11%. Entre os motoristas, o número de mulheres continua pequeno --o crescimento de 1978 a 2008 foi de 0,2% para 1,4%. Maria Aparecida Lemos, 40 anos, dirige ônibus há nove anos e afirma que, no começo, alguns passageiros faziam sinal para que ela parasse, mas não subiam.

Ela trabalha na mesma empresa que Maria Machado, 33 anos, que também notou reações estranhas. "No Carnaval passado, turistas pediram para tirar uma foto comigo ao me verem no volante."

Papéis trocados
Se elas demonstram vontade e capacidade de atuar em ocupações onde eram minoria, o mesmo não se deu com os homens em relação a áreas majoritariamente femininas.

Em 30 anos, houve pouca alteração nos percentuais masculinos de enfermeiros, professores, profissionais de creche ou costureiros.

"Embora ganhando menos que os homens nas mesmas ocupações, as mulheres estão entrando em áreas tradicionalmente masculinas. Eles, no entanto, não aceitam, ou não são bem aceitos, em profissões dadas como femininas", afirma Regina Madalozzo.

A desigualdade entre os salários de homens e mulheres diminuiu no Brasil nos últimos 30 anos, mas o diferencial é, quase sempre, favorável aos homens. Dados tabulados a partir da Pnad de 2008 mostram que, de um total de 61 ocupações analisadas, em apenas seis o rendimento das mulheres por hora de trabalho superava o de homens.

Mesmo em profissões em que a participação masculina é inferior a 20%, como o secretariado, o rendimento delas é, em média, menor.

Nas poucas áreas em que as mulheres têm rendimentos maiores, Regina Madalozzo explica que, frequentemente, isso ocorre porque o nível de escolaridade delas é superior ao dos homens na mesma profissão.

Índice

PUBLICIDADE

29/04/2017

Frio bate dois recordes em SP, mas feriado será ensolarado

Doria manda suspender mais cinco obras de postos de saúde

Rio tem oito ônibus queimados e três feridos em protestos violentos

Bancas de jornal da capital sofrem onda de assaltos

Governo não vai recuar de reformas, afirma Temer

PM e manifestantes brigam em frente à casa de Temer

Greve geral deixa a cidade de São Paulo deserta

28/04/2017

Figurinista da Globo desiste de incriminar José Mayer

Chefe é acusado de matar amante após vítima recusar aborto

Explosão deixa 6 feridos em restaurante na Vila Mariana

Jovem morre em acidente de carro em suposto racha

Moradores reclamam de obras paradas na periferia

Greve deve parar ônibus, trem, metrô e escolas hoje

27/04/2017

Marronzinho é sequestrado ao rebocar carro na marginal

Ladrões fugiram por rio após mega-assalto no Paraguai

Monumento às Bandeiras ganha protetor contra ruído

Hospital de câncer desativa um andar por falta de grana

Doria corta papel e guache e atrasa verba de escolas

Doria manda parar 37 obras em 28 bairros da periferia

26/04/2017

Bruno se entrega à polícia após STF pedir volta à prisão

Polícia prende 10 e recupera R$ 4,6 mi após mega-assalto

Imagens exibem traficantes com bolo de dinheiro na rua

Pedestre de 75 anos morre atropelado na marginal Tietê

Gestão Doria suspende obras de CEUs por quatro meses

25/04/2017

Mais uma agência fechada do Banco do Brasil é saqueada

Modelos acusam donos da "Playboy" no Brasil de assédio

Bombeiro civil é morto em arrastão em Carapicuíba

Usuários do cartão BOM terão desconto em farmácias

Facção de SP é suspeita de mega-assalto no Paraguai

24/04/2017

Caixa de correio ajuda na organização e diminui o custo

Pilar do Sul vive madrugada de pânico com tiros e explosões

Universitário de 18 anos cria cursinho gratuito em CEU

Doria conquista evangélicos e é visto como presidenciável

Faixas de ônibus sofrem com buracos e sinalização falha

23/04/2017

Vida útil dos alimentos é maior com a geladeira organizada

Incor faz 40 anos e abre pronto-socorro de ponta

Nova geração de coreanos dá ar moderno ao Bom Retiro

Acelerado, Doria provoca queixas e olheiras na equipe

Prisão por terrorismo tem de assassinato a greve de fome

22/04/2017

SPTrans muda regra do Bilhete do Estudante

PM afasta 4 suspeitos de espancar e matar adolescente

Crise, Uber e novos hábitos esvaziam estacionamentos

Sem-teto faz casa mobiliada no centro

Fim das ciclovias em frente a lojas divide comerciantes

Em seis anos, capital perde 1 de cada 4 leitos pediátricos

21/04/2017

Homem é morto ao reagir a roubo

Aluno de creche fica sem aula por atraso em repasse

Grafites cobertos por tinta ressurgem na 23 de Maio

Biblioteca Mário de Andrade deixa de funcionar 24 horas

Remoção de ciclovias será maior na periferia, diz Doria

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).