Nas ruas
07/03/2010

Mulheres avançam em profissões masculinas

Folha de S.Paulo

Nos últimos 30 anos, as mulheres aumentaram sua presença em ocupações tradicionalmente masculinas. Mas o inverso não ocorreu e profissões consideradas majoritariamente femininas permanecem com um baixo percentual de homens atuantes.

A constatação é da pesquisadora Regina Madalozzo, do Insper, que comparou na Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, do IBGE) o percentual de mulheres em 21 ocupações entre os anos de 1978 e 2008.

No final da década de 70, menos de um quinto dos advogados e médicos eram mulheres. Hoje, elas são quase metade dos profissionais dessas áreas.

Algumas carreiras seguem altamente masculinas, mas, mesmo nelas, é possível identificar aumento da participação feminina. Entre engenheiros, por exemplo, a proporção foi de 5% para 11%. Entre os motoristas, o número de mulheres continua pequeno --o crescimento de 1978 a 2008 foi de 0,2% para 1,4%. Maria Aparecida Lemos, 40 anos, dirige ônibus há nove anos e afirma que, no começo, alguns passageiros faziam sinal para que ela parasse, mas não subiam.

Ela trabalha na mesma empresa que Maria Machado, 33 anos, que também notou reações estranhas. "No Carnaval passado, turistas pediram para tirar uma foto comigo ao me verem no volante."

Papéis trocados
Se elas demonstram vontade e capacidade de atuar em ocupações onde eram minoria, o mesmo não se deu com os homens em relação a áreas majoritariamente femininas.

Em 30 anos, houve pouca alteração nos percentuais masculinos de enfermeiros, professores, profissionais de creche ou costureiros.

"Embora ganhando menos que os homens nas mesmas ocupações, as mulheres estão entrando em áreas tradicionalmente masculinas. Eles, no entanto, não aceitam, ou não são bem aceitos, em profissões dadas como femininas", afirma Regina Madalozzo.

A desigualdade entre os salários de homens e mulheres diminuiu no Brasil nos últimos 30 anos, mas o diferencial é, quase sempre, favorável aos homens. Dados tabulados a partir da Pnad de 2008 mostram que, de um total de 61 ocupações analisadas, em apenas seis o rendimento das mulheres por hora de trabalho superava o de homens.

Mesmo em profissões em que a participação masculina é inferior a 20%, como o secretariado, o rendimento delas é, em média, menor.

Nas poucas áreas em que as mulheres têm rendimentos maiores, Regina Madalozzo explica que, frequentemente, isso ocorre porque o nível de escolaridade delas é superior ao dos homens na mesma profissão.

Índice

PUBLICIDADE

18/08/2017

Empresário morre atropelado em assalto na Fernão Dias

Câmara reserva R$ 769 mil para lanche dos vereadores

Doria demite controladora e escolhe nome ligado à gestão

Santo André perde servidores da saúde após fechar postos

Blitz acha merenda vencida e pombo em refeitório escolar

17/08/2017

Estado quer dar estradas do litoral à iniciativa privada

Falso técnico de futebol é preso acusado de pedofilia

Moradores cobram Doria por viagens para fora da capital

Prefeitura não dá prazo para Vigilância Sanitária ter carro

Ambulatório muda serviços para unidade distante 32 km

16/08/2017

Ladrões queimam veículos após atacar carros-fortes

Gestão Doria desrespeita lei Cidade Limpa em propaganda

Botões sem fio de ônibus falham e irritam passageiros

Agentes da Vigilância nas subprefeituras estão a pé

15/08/2017

Agente penitenciário mata a família no Dia dos Pais

Cães e gatos resgatados na cracolândia vão para adoção

Em clima de campanha, Doria viaja mais a outros Estados

Creche e serviço social dizem que prefeitura atrasa grana

14/08/2017

Prédio pode mudar fachada, mas todos precisam aprovar

Número de moradores de rua tem aumento no Rio

Cabeleireira é morta a tiros na frente das filhas pelo ex

Ruas próximas a escolas têm problemas de sinalização

Intervalo entre os ônibus é a maior queixa de passageiros

13/08/2017

Preso suspeito de matar dona de pet shop no Jabaquara

Uso incorreto de colírios pode provocar glaucoma e até cegar

Desenho de bebê na barriga vira moda entre grávidas

São Paulo registra um roubo a cada 30 segundos

Pai andarilho revê família após 30 anos

Perigosa, passarela da Copa tem lixo e está abandonada

Sete anos após sonho da Copa, Itaquera aguarda melhorias

12/08/2017

Três são mortos em assaltos em intervalo de 3 h e meia

45 contêineres caem no mar após acidente em Santos

Contratação de conserto de semáforos pode atrasar

Doria tem mais reclamações que Haddad no 1º semestre

11/08/2017

Dona de pet shop é morta ao implorar por vida do filho

Prefeitura fecha 15 casas de prostituição na zona norte

Proteção a pedestres fica pela metade na M'Boi Mirim

Secretário infla dados sobre resgate de moradores de rua

10/08/2017

Garota de 13 anos é morta em casa por amigo da família

Cratera em cruzamento do Morumbi complica trânsito

Justiça mantém aumento das velocidades nas marginais

Exame de HIV está suspenso nos postos da prefeitura

Doria quer fim de sopão ao ar livre para morador de rua

09/08/2017

Falta de funcionários atrasa correspondência nos Correios

Dois policiais são presos após pedirem propina a motorista

Terreno de futuro parque tem lixo e usuários de droga

CPTM tem mil quedas de passageiros no vão em 1 ano

08/08/2017

Menino é baleado na véspera do aniversário de três anos

Explosões do Rodoanel Norte atormentam moradores

Só 2 em cada 10 concluem internação anticrack de Doria

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).