Nas ruas
15/09/2009

Uso de celular é proibido nas salas de aula da rede municipal

Gilberto Yoshinaga
do Agora

Telefones celulares devem permanecer desligados, durante as aulas, em todas as escolas municipais de São Paulo. A proibição foi publicada no "Diário Oficial" da Cidade de sábado e já começou a vigorar ontem.

Mas o descumprimento da regra não deverá gerar multas nesses lugares. Ela implicará na "adoção das medidas estabelecidas no regimento da respectiva escola", afirma o texto da lei.

O veto ao uso de telefones celulares em ambientes públicos já existia desde junho de 1994, quando foi promulgada a lei municipal. O texto da legislação já tinha sofrido uma modificação, em outubro de 2007. Agora, foi incluída na lei a proibição do uso de celular também nas escolas.

De acordo com a lei, é proibido utilizar telefones celulares para efetuar ou receber ligações dentro de teatros, cinemas, casas de espetáculos e bibliotecas. Já em hospitais, velórios e dependências de repartições públicas, o uso só é permitido se os aparelhos estiverem no modo vibratório. Se não tiverem esta opção, devem permanecer desligados.

Segundo a legislação, a proibição ao uso do telefone celular também é aplicada "nas áreas hospitalares que possuem unidades de terapia intensiva ou nas unidades de diagnóstico auxiliado por instrumentos".

A multa prevista para as pessoas que descumprirem a lei é de R$ 340, reajustados pelo índice do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) acumulado desde outubro de 2007. No caso de este índice ser extinto, será adotado outro indexador equivalente.

A lei estabelece ainda que, caso o infrator se recuse a deixar o recinto, poderá ser feito o uso de força policial para sua remoção do local.

100 Serviços

Índice

PUBLICIDADE

11/12/2016

Sensibilidade ao leite não é doença, mas requer cuidados

Três pessoas desaparecem a cada hora em São Paulo

Prefeito eleito de Presidente Bernardes é preso por coação

Fiéis pedem saída de padre por missa com drag queen

Na capital, enfeites de Natal estão mais simples

Sem verba para decoração de Natal, Guararema fica vazia

10/12/2016

Foragida, ex-repórter de TV é acusada de ajudar facção

Empresário é morto por assaltante ao sair de banco

Justiça manda prender o prefeito eleito de Embu

Fiscalização do Uber vai ter visita surpresa na capital

Creche inaugurada na zona leste ainda não tem alunos

Buenos Aires vai multar cantadas

09/12/2016

Mulher é encontrada emparedada em escada

Metalúrgico é morto ao se recusar a dar carro a ladrões

Novo serviço do 156 estreia com demora no atendimento

Mortes em marginais ocorrem com motos nas pistas locais

08/12/2016

CPI da Merenda termina sem incluir nomes de políticos

Linhas do Metrô operam com 632 funcionários a menos

Flanelinhas faturam com falta de Zona Azul Digital

Lateral Alan sai da UTI, anda no quarto e agradece carinho

Promotoria investiga troca de remédio por voto em Osasco

07/12/2016

Menor em fuga bate carro e mata dois irmãos no ABC

Avenidas do extremo da zona sul concentram mortes em acidentes

Buraco em rua atrapalha passageiros

Helicóptero que caiu não poderia viajar com a noiva

Doria recua e diz que região central terá Virada Cultural

Justiça decreta prisão do prefeito eleito de Osasco

06/12/2016

Escada rolante do monotrilho está quebrada

Idosa conhece o Rei após pedido

Condenada, Elize deve ficar só mais dois anos na prisão

1º dia só de Zona Azul Digital é marcado por problemas

Nova gestão quer pôr policiais civis de folga na cracolândia

Doria tira Virada Cultural do centro e leva para Interlagos

Noiva morta queria entrada triunfante em casamento

05/12/2016

Elize diz no júri que não queria atirar em Matsunaga

Jornalista de voo da Chape já respira sem aparelhos

Helicóptero cai, mata noiva e mais três na Grande SP

Passarelas de rodovias são sujas, escuras e perigosas

Televisões em elevadores ajudam síndico a dar avisos

04/12/2016

Velório coletivo é marcado por emoção e homenagens

Número de furtos e roubos cresce em cidades do litoral

Corte chavoso faz a cabeça da molecada na periferia

Follmann diz que vida é mais importante do que uma perna

Doria anuncia demissão de servidores e venda de carros

Amante afirma que Matsunaga iria se separar

Ronco é principal sintoma de parada respiratória à noite

03/12/2016

Zona Azul de papel será reembolsada em grana a partir de 2ª

Perito afirma que tiro na cabeça matou Matsunaga

Prefeita de Ribeirão Preto é presa por fraude

Marginais podem ter menos de 90 km/h na pista expressa

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).