Nas ruas
17/08/2009

Hospital público faz reversão de vasectomia

Daniela Ortega
do Agora

Com preços que podem chegar a dez salários mínimos (R$ 4.650) em clínicas particulares, a cirurgia de reversão de vasectomia também pode ser realizada em alguns hospitais públicos do Estado.

Na capital, por exemplo, o Hospital Brigadeiro (veja outros locais no quadro ao lado) faz a operação em homens que querem voltar a ter filhos. "Nos países mais desenvolvidos, esse procedimento é rotineiro. No Brasil, ainda não. Mas só não tem mais procura porque as pessoas não sabem que o método pode ser feito gratuitamente em hospitais públicos", afirma o médico Joaquim Francisco de Almeida Claro, urologista do Hospital Brigadeiro.

Segundo o especialista, porém, a cirurgia é mais complexa do que a de esterilização. Por isso, torna-se ainda mais importante que a decisão de fazer uma vasectomia seja bastante pensada. "Quando falamos na reversão usada atualmente, com maiores chances de sucessos, trata-se de uma microcirurgia, feita com microscópio cirúrgico e cuidado comparado ao de operações neurológicas. É um procedimento bastante delicado", afirma.

Por isso mesmo, ela não é feita em todos os hospitais --nem todos possuem os equipamentos necessários. "E é necessário ter uma equipe bem treinada".

Segundo Claro, o profissional precisa fazer um curso específico para estar apto realizar a cirurgia de reversão. E agora mais médicos deverão se preparar para isso, pois, no mês passado, o Conselho Federal de Medicina publicou, no "Diário Oficial da União", normas éticas para a esterilização masculina, determinando que todo médico que realizar a cirurgia deverá estar habilitado para reverter o processo.

Segundo dados do SUS (Sistema Único de Saúde), o número de vasectomias realizadas vem crescendo: foram 1.700 registradas pelo sistema em 2000 e 26 mil no ano passado. E especialistas dizem que o número de homens arrependidos têm elevado. Estimativas apontam que o aumento do número de segundos casamentos é um dos principais fatores que levam ao arrependimento.

Sucesso
A cirurgia pode levar até quatro horas, e as possibilidades de sucesso chegam a quase 100%. "Uma das coisas que interferem é há quanto tempo a vasectomia foi feita. Quanto menos tempo tiver passado, maiores as chances de o homem engravidar a parceira", diz. Após a cirurgia, segundo Claro, leva cerca de seis meses para que o homem produza espermatozoides de qualidade novamente.

100 Serviços

Índice

PUBLICIDADE

21/02/2017

Homem é suspeito de matar ex na frente da filha dela

Bebê toma mamadeira com produto de limpeza e morre

Pré-Carnaval dá certo na alegria, mas lixo atrapalha

Um em cada seis clientes de planos de saúde está obeso

Remédios prometidos ainda não chegaram aos postos

Mato alto toma avenidas, ruas e praças de São Paulo

20/02/2017

Aplicativo de celular facilita o diálogo em condomínios

Bomba lançada em briga fere advogada por engano

Estudante atropela e mata o namorado em São Bernardo

Acadêmicos do Baixo Augusta leva 300 mil foliões ao centro

Camisinhas somem dos postos de saúde da capital

19/02/2017

Ex-agente penitenciário atira em policial após confusão

Doria varre menos as ruas que a gestão de Haddad

Foliões invadem largo da Batata no pré-Carnaval

Prainha de represa é opção para driblar ida ao litoral

Pais trocam creche particular por pública de bairro rico

Cutucar pelo encravado pode machucar e inflamar a pele

18/02/2017

Mãe e filha morrem em acidente ao fugir de ladrões

Atrase o seu relógio em 1 hora à meia-noite de hoje

Pacientes do Corujão sofrem com demora para consulta

Veja a lista de remédios que devem chegar aos postos

Obra abandonada de escola vira ponto de uso de drogas

17/02/2017

Quatro suspeitos são mortos em roubos a policiais militares

Carnaval evangélico tem abadás vendidos a R$ 30

Subprefeito do Butantã é acusado de fraude e calote

Novo ensino médio livra rede de ampliar opções a alunos

Horário de verão termina à meia-noite de amanhã

Governo federal fecha sete Farmácias Populares em SP

16/02/2017

PMs são investigados após vídeo indicar execução

Motorista é roubado e carro é queimado em frente à Uber

Alunos da Grande SP iniciam ano letivo sem passe-livre

Adriana Chaves, repórter do Agora, morre aos 40 anos

Mães reclamam de corte no leite e no transporte escolar

15/02/2017

PM que matou publicitária é solto após pagar R$ 4.685

Falta remédio de alto custo em ambulatório do Estado

Aprovadas multa a pichador e restrição a venda de spray

Marginais registram 1ª morte após aumento da velocidade

Doria vai cortar beneficiados e quantidade do Leve Leite

Viagem exige vacina da febre amarela

14/02/2017

Caixa eletrônico é atacado no HC

Pai se entrega e afirma que matou a filha por acidente

Exército vai às ruas do Rio com perigo de motim da PM

Doria promete terminais de ônibus com ar-condicionado

Tribunal aponta nove falhas em contratação do Corujão

Sem luz em sala, escola do Estado faz rodízio de alunos

13/02/2017

Soldado da PM mata publicitária com um tiro na cabeça na zona leste

Bairro planejado vai levar 25 mil novos moradores ao distrito de Pirituba

Pedestre enfrenta problemas como desnível e lixo em pistas de caminhada

Médicos reprovados

Acordo com morador músico evita conflitos por som alto

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).