Nas ruas
17/08/2009

Hospital público faz reversão de vasectomia

Daniela Ortega
do Agora

Com preços que podem chegar a dez salários mínimos (R$ 4.650) em clínicas particulares, a cirurgia de reversão de vasectomia também pode ser realizada em alguns hospitais públicos do Estado.

Na capital, por exemplo, o Hospital Brigadeiro (veja outros locais no quadro ao lado) faz a operação em homens que querem voltar a ter filhos. "Nos países mais desenvolvidos, esse procedimento é rotineiro. No Brasil, ainda não. Mas só não tem mais procura porque as pessoas não sabem que o método pode ser feito gratuitamente em hospitais públicos", afirma o médico Joaquim Francisco de Almeida Claro, urologista do Hospital Brigadeiro.

Segundo o especialista, porém, a cirurgia é mais complexa do que a de esterilização. Por isso, torna-se ainda mais importante que a decisão de fazer uma vasectomia seja bastante pensada. "Quando falamos na reversão usada atualmente, com maiores chances de sucessos, trata-se de uma microcirurgia, feita com microscópio cirúrgico e cuidado comparado ao de operações neurológicas. É um procedimento bastante delicado", afirma.

Por isso mesmo, ela não é feita em todos os hospitais --nem todos possuem os equipamentos necessários. "E é necessário ter uma equipe bem treinada".

Segundo Claro, o profissional precisa fazer um curso específico para estar apto realizar a cirurgia de reversão. E agora mais médicos deverão se preparar para isso, pois, no mês passado, o Conselho Federal de Medicina publicou, no "Diário Oficial da União", normas éticas para a esterilização masculina, determinando que todo médico que realizar a cirurgia deverá estar habilitado para reverter o processo.

Segundo dados do SUS (Sistema Único de Saúde), o número de vasectomias realizadas vem crescendo: foram 1.700 registradas pelo sistema em 2000 e 26 mil no ano passado. E especialistas dizem que o número de homens arrependidos têm elevado. Estimativas apontam que o aumento do número de segundos casamentos é um dos principais fatores que levam ao arrependimento.

Sucesso
A cirurgia pode levar até quatro horas, e as possibilidades de sucesso chegam a quase 100%. "Uma das coisas que interferem é há quanto tempo a vasectomia foi feita. Quanto menos tempo tiver passado, maiores as chances de o homem engravidar a parceira", diz. Após a cirurgia, segundo Claro, leva cerca de seis meses para que o homem produza espermatozoides de qualidade novamente.

100 Serviços

Índice

PUBLICIDADE

27/05/2015

Canteiro vira armadilha para motoristas no Bom Retiro

Funcionários do Metrô e da CPTM decidem adiar greve

Polícia prende mafioso que vivia no Brasil havia 30 anos

Cidade quer castrar coelhos de lagoa

Ex-capelão da Polícia Militar é preso por desvio de grana

MEC prorroga prazo para renovar contratos do Fies

26/05/2015

Piloto conta como pousou avião com Angélica e Huck

Atrasou voo para amada embarcar

Justiça propõe reajuste de 8,82% para metroviários

Metrô cresce tão devagar quanto antes de tucanos

Universitária de 21 anos morre atropelada por ladrão

Homicídios, roubos e mortes em assalto caem na capital

25/05/2015

Governo Dilma corta pela metade vagas do Pronatec

Elevadores de locais públicos estão quebrados ou sem uso

Avião com Angélica, Huck e família faz pouso forçado

Mulher de preso cria grife e vira moda nas cadeias do país

Idosa morre atingida por poste derrubado em batida

Uso frequente de creme com clareador pode danificar dente

24/05/2015

Linha com mais passageiros é o metrô do Jardim Ângela

Aparência é principal motivo de humilhação entre jovens

Padre que cuida de haitianos afirma que é meio maluco

Policial militar na contramão mata dois na Anhanguera

Roteiro turístico promete desvendar a zona leste

Casos de conjuntivite crescem com poluição e tempo seco

23/05/2015

Sem médicos, hospitais da zona sul dispensam crianças

Pedestres se queixam de camelôs perto de metrô

Tradutor é encontrado morto em apartamento na Paulista

Haddad vai fazer ciclovia nos dois sentidos da Consolação

Estado dá R$ 20 milhões para a prefeitura fazer creches

22/05/2015

Falta de água faz colégio da Mooca dispensar estudantes

Avenida fica sem semáforo após obra, reclama pedestre

Diminui o número de novos casos de dengue na capital

Estudante estuprada não consegue dormir, diz mãe

Polícia do Rio detém menor suspeito de matar médico

21/05/2015

12 shoppings funcionam sem autorização na capital

Haitianos dizem que seria melhor voltar ao próprio país

Funcionários do Metrô e CPTM dizem que vão parar na quarta

Jovem confessa estupro de aluna em escola

Idosos são presos por megarroubo

20/05/2015

Moradores correm risco em prédio cheio de rachaduras

Área de escola está tomada por mato, afirmam vizinhos

Motoristas de ônibus aceitam reajuste e desistem de greve

Haddad não vai cumprir meta de vagas em creches

Salão desmonta clientes sem grana

Haitiano dorme no chão e toma banho em mictório

19/05/2015

Moradores da Liberdade reclamam de rua estreita

Atrasa entrega de inseticida contra mosquito da dengue

Menina é estuprada por colegas em escola estadual

Invadi computador de avião, diz hacker

Explosão fere 4 e destrói nove apartamentos no Rio

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).