Nas ruas
28/07/2012

PMs alteraram cena do crime, afirma família de empresário

Folha de S.Paulo

Os policiais militares acusados de matar o empresário Ricardo Prudente de Aquino, 39 anos, alteraram a cena do crime para dificultar a realização da perícia. É o que diz o advogado da família da vítima, Cid Vieira de Souza Filho, que será o assistente de acusação da Promotoria.

Segundo o advogado, a Promotoria recebeu da Polícia Civil imagens de circuitos de segurança que mostram os PMs Robson Tadeu do Nascimento Paulino, 30 anos, Luis Gustavo Teixeira Garcia, 28, e Adriano Costa da Silva, 26, retirando do chão cápsulas usadas para matar o empresário.

Os defensores dos PMs negaram que o trio alterou a cena do crime (leia abaixo). Eles estavam presos até ontem, quando uma decisão da Justiça Militar os libertou.

Aquino foi morto a tiros no último dia 18 após uma perseguição na Vila Madalena, bairro da zona oeste da capital paulista. Os três policiais dispararam ao menos sete vezes contra o veículo em que ele estava. Dois tiros acertaram a cabeça da vítima, que estava desarmada.

Essa ação causou uma crise entre o governo Geraldo Alckmin (PSDB), o Ministério Público Federal e entidades de direitos humanos.

Liberdade provisória

"Esperamos que com essas imagens o Tribunal de Justiça reveja a decisão de conceder a liberdade provisória para os três PMs", afirmou o advogado Souza Filho.

As imagens citadas pelo advogado não foram fornecidas à reportagem. A Polícia Civil informou apenas que as filmagens constam do processo, que já foi entregue ao Ministério Público.

A Promotoria disse que está analisando as imagens e só vai se manifestar quando apresentar denúncia à Justiça. Mesmo livres, os policiais militares acusados de matar o empresário não poderão voltar a atuar nas ruas.

Terão de desempenhar atividades administrativas enquanto respondem a um processo interno.

Resposta

O advogado Márcio Gomes Modesto, um dos defensores dos três policiais militares, negou que seus clientes tenham alterado a cena do crime.

Segundo ele, as imagens dos circuitos internos analisadas até anteontem "deixam claro" que não daria tempo para mexer no local antes de a vítima ser socorrida.

"Meus clientes não alteraram nada. Nem deu tempo de eles mexerem em nada.

O socorro para a vítima chegou em menos de dois minutos", afirmou o advogado.

O defensor disse ainda que desconhece a existência dessas filmagens.

"Até ontem essas imagens não existiam. Agora, se elas estão com a Promotoria, precisamos analisá-las com calma", disse Modesto.

Leia mais

Índice

PUBLICIDADE

05/03/2015

Doleiro diz que pagou dívida de campanha de Haddad

Cidades do interior lutam contra explosão de dengue

Terminais mandam usuários para posto lotado da SPTrans

Câmara aprova multa mais branda para gastões de água

PM tira ativistas de área verde

Vereador dá tapa na cara de eleitor

04/03/2015

Terreno da prefeitura volta a ser invadido na Bela Vista

Haddad dá R$ 50 milhões a entidades ligadas a aliados

Paciente espera até 7 meses por consulta na Hora Certa

Cafezinho ajuda a limpar artérias

Taxista de ponto já pode trabalhar em rádio-táxi

03/03/2015

Cresce espera por cirurgias para mulheres na prefeitura

Sabesp distribui caixa-d'água para casas sem estrutura

Minicracolândias em bairros têm cada vez mais viciados

Faltam médicos no Saúde da Família, dizem pacientes

Paraquedista tem ataque em salto

02/03/2015

Sabesp usou mais água do Cantareira antes das eleições

Lixeiras da capital estão destruídas ou sem tampa

Motorista alcoolizado invade calçada e mata catadora

Sintoma do infarto pode ser diferente em homem e mulher

Brasileira é finalista para viagem sem volta a Marte

Nova regra faz vítima desistir de registrar roubo de celular

2 são presos por morte de estudante em festa

01/03/2015

Alimentação errada e falta de exercício prejudicam intestinos

Moradores reclamam por comprar caixa-d'água à toa

Desinformação marca 1º dia de linhas noturnas

Faria Lima vira ciclovia do trabalho dos paulistanos

Roda se solta de ônibus e mata dois homens na Dutra

Morto em tiroteio era dono de restaurantes famosos

Homem passa a doar comida após sobreviver a acidente

Após drogas, Asa Branca volta a narrar rodeios

28/02/2015

Rede noturna de ônibus tem início

Empresário morre baleado após perseguição e tiroteio

Cor de vestido vira assunto no mundo

Água tem pouca pressão em condomínios da zona leste

Brasileiro executado era traficante internacional

Haddad fecha escolas para abrir 491 vagas de creche

27/02/2015

Para Alckmin, imóvel precisa ter caixa-d'água

Pinheiros mantém fio exposto após obra de enterramento

Passageiros andam em trilhos após trem parar na zona leste

Bairros ficam mais de 20 horas sem luz

Suzane diz que não foi fácil assumir amor por mulher

Seis da mesma família são mortos

Rua na Brasilândia tem explosão de casos de dengue

26/02/2015

Queda de árvore em temporal mata homem eletrocutado

Sabesp admite que pressão não enche caixas-d'água

Trens param e Barra Funda tem depredação

Grafite mostra Estado Islâmico

Comerciante é baleado por dois adolescentes em roubo

Passageiros embarcam em meio a ônibus em Barueri

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).