Nas ruas
28/07/2012

PMs alteraram cena do crime, afirma família de empresário

Folha de S.Paulo

Os policiais militares acusados de matar o empresário Ricardo Prudente de Aquino, 39 anos, alteraram a cena do crime para dificultar a realização da perícia. É o que diz o advogado da família da vítima, Cid Vieira de Souza Filho, que será o assistente de acusação da Promotoria.

Segundo o advogado, a Promotoria recebeu da Polícia Civil imagens de circuitos de segurança que mostram os PMs Robson Tadeu do Nascimento Paulino, 30 anos, Luis Gustavo Teixeira Garcia, 28, e Adriano Costa da Silva, 26, retirando do chão cápsulas usadas para matar o empresário.

Os defensores dos PMs negaram que o trio alterou a cena do crime (leia abaixo). Eles estavam presos até ontem, quando uma decisão da Justiça Militar os libertou.

Aquino foi morto a tiros no último dia 18 após uma perseguição na Vila Madalena, bairro da zona oeste da capital paulista. Os três policiais dispararam ao menos sete vezes contra o veículo em que ele estava. Dois tiros acertaram a cabeça da vítima, que estava desarmada.

Essa ação causou uma crise entre o governo Geraldo Alckmin (PSDB), o Ministério Público Federal e entidades de direitos humanos.

Liberdade provisória

"Esperamos que com essas imagens o Tribunal de Justiça reveja a decisão de conceder a liberdade provisória para os três PMs", afirmou o advogado Souza Filho.

As imagens citadas pelo advogado não foram fornecidas à reportagem. A Polícia Civil informou apenas que as filmagens constam do processo, que já foi entregue ao Ministério Público.

A Promotoria disse que está analisando as imagens e só vai se manifestar quando apresentar denúncia à Justiça. Mesmo livres, os policiais militares acusados de matar o empresário não poderão voltar a atuar nas ruas.

Terão de desempenhar atividades administrativas enquanto respondem a um processo interno.

Resposta

O advogado Márcio Gomes Modesto, um dos defensores dos três policiais militares, negou que seus clientes tenham alterado a cena do crime.

Segundo ele, as imagens dos circuitos internos analisadas até anteontem "deixam claro" que não daria tempo para mexer no local antes de a vítima ser socorrida.

"Meus clientes não alteraram nada. Nem deu tempo de eles mexerem em nada.

O socorro para a vítima chegou em menos de dois minutos", afirmou o advogado.

O defensor disse ainda que desconhece a existência dessas filmagens.

"Até ontem essas imagens não existiam. Agora, se elas estão com a Promotoria, precisamos analisá-las com calma", disse Modesto.

Leia mais

Índice

PUBLICIDADE

28/07/2014

Mochila pesada causa danos à coluna e aos joelhos de crianças

Entorno de estações têm calçadas quebradas e camelôs

Partido de Maluf cobra dízimo de funcionários da Cohab

Temperaturas voltam a subir amanhã na capital

Novo túnel entre as linhas 2 e 4 do Metrô atrasa

Simulado ajuda a passar no Enem, dizem feras na prova

Jovem diz ter sido agredido por PMs antes da chacina

27/07/2014

Aposentado cobra R$ 16 mil do INSS

Musculatura contraída por causa do frio provoca mais câimbras

Templo gigante transforma a vida e o comércio no Brás

Plano particular adota equipes de saúde da família

"Bananal" do Ibirapuera é palco de rolezinho do beijo

Funcionários da prefeitura dão expediente na sede do PP

Oito são assassinados em chacina em Carapicuíba

26/07/2014

Roubo espanta professores de escola, afirmam alunos

Trem sai dos trilhos e trava linha da CPTM por duas horas

Governo não consegue conter alta de roubos em São Paulo

Moradores criticam ciclovia em calçada na zona leste

Polícia não encontra corpo de Eliza e encerra buscas

Em bandejão, Papa come macarrão

25/07/2014

Agência investiga se Sabesp faz racionamento de noite

Semáforo de pedestres não dá tempo para travessia

Anvisa quer mudar maço de cigarro

Sisutec encerra inscrições hoje

Cruz Vermelha desviou grana de doações, diz auditoria

Primo de Bruno indica onde está corpo de Eliza Samudio

24/07/2014

Pronto-socorro reabre e Santa Casa prevê demissões

Promotoria investiga contas e fechamento da Santa Casa

Pedestres criticam buracos e falhas em calçada de viaduto

Maternidade do Santa Catarina fecha em outubro

Cobradora animada tem até mestrado

Cobrador é baleado em troca de tiros na marginal Pinheiros

23/07/2014

Médico e enfermeiro dizem que vigia já estava morto

Pronto-socorro da Santa Casa fecha por falta de dinheiro

Folha de Zona Azul de R$ 3 vai valer até dezembro

1 de cada 3 litros da reserva do Cantareira já foi usado

Pessoas preferem choque a ficar só

Obra em escola faz aluno estudar no meio da poeira

22/07/2014

Ciclovia do centro ganha elogios, mas fica às moscas

Moradores derrubam concreto e reabrem ponte interditada

Dois funcionários de hospital omitiram socorro, diz polícia

Grupo faz barricadas e fecha avenida após morte de jovem

Washington cria calçada de celular

21/07/2014

Um ano depois, faixas de ônibus ainda são invadidas

Para parente de vigia morto, "nem animal é tratado assim"

Família sobrevive, mas bebê morre após desabamento

Garoto atropela e mata idoso

Mesmo quem come muito pode sofrer de desnutrição

20/07/2014

Seca faz cidade cancelar atrações em rios

Pais e filhos elogiam fim da aprovação automática

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).