Nas ruas
28/07/2012

PMs alteraram cena do crime, afirma família de empresário

Folha de S.Paulo

Os policiais militares acusados de matar o empresário Ricardo Prudente de Aquino, 39 anos, alteraram a cena do crime para dificultar a realização da perícia. É o que diz o advogado da família da vítima, Cid Vieira de Souza Filho, que será o assistente de acusação da Promotoria.

Segundo o advogado, a Promotoria recebeu da Polícia Civil imagens de circuitos de segurança que mostram os PMs Robson Tadeu do Nascimento Paulino, 30 anos, Luis Gustavo Teixeira Garcia, 28, e Adriano Costa da Silva, 26, retirando do chão cápsulas usadas para matar o empresário.

Os defensores dos PMs negaram que o trio alterou a cena do crime (leia abaixo). Eles estavam presos até ontem, quando uma decisão da Justiça Militar os libertou.

Aquino foi morto a tiros no último dia 18 após uma perseguição na Vila Madalena, bairro da zona oeste da capital paulista. Os três policiais dispararam ao menos sete vezes contra o veículo em que ele estava. Dois tiros acertaram a cabeça da vítima, que estava desarmada.

Essa ação causou uma crise entre o governo Geraldo Alckmin (PSDB), o Ministério Público Federal e entidades de direitos humanos.

Liberdade provisória

"Esperamos que com essas imagens o Tribunal de Justiça reveja a decisão de conceder a liberdade provisória para os três PMs", afirmou o advogado Souza Filho.

As imagens citadas pelo advogado não foram fornecidas à reportagem. A Polícia Civil informou apenas que as filmagens constam do processo, que já foi entregue ao Ministério Público.

A Promotoria disse que está analisando as imagens e só vai se manifestar quando apresentar denúncia à Justiça. Mesmo livres, os policiais militares acusados de matar o empresário não poderão voltar a atuar nas ruas.

Terão de desempenhar atividades administrativas enquanto respondem a um processo interno.

Resposta

O advogado Márcio Gomes Modesto, um dos defensores dos três policiais militares, negou que seus clientes tenham alterado a cena do crime.

Segundo ele, as imagens dos circuitos internos analisadas até anteontem "deixam claro" que não daria tempo para mexer no local antes de a vítima ser socorrida.

"Meus clientes não alteraram nada. Nem deu tempo de eles mexerem em nada.

O socorro para a vítima chegou em menos de dois minutos", afirmou o advogado.

O defensor disse ainda que desconhece a existência dessas filmagens.

"Até ontem essas imagens não existiam. Agora, se elas estão com a Promotoria, precisamos analisá-las com calma", disse Modesto.

Leia mais

Índice

PUBLICIDADE

24/07/2016

Inspeção de voo pega item estranho

Área das maiores mansões abrigaria 107 mil famílias

Secretaria afirma que acordo beneficia o Metrô

Alckmin perdoa dívida de R$ 116 milhões da Alstom

Casa onde morou médico nazista vira bufê de festas

Pescadores voltam a vila fantasma após represa subir

Tempo frio amplia riscos de contrair doenças respiratórias

23/07/2016

Presos estudaram construção de bombas, diz procurador

Comerciante do Brás é um dos presos por terrorismo

Motoristas reclamam que não recebem notificação de multa

Prefeitura espreme árvores em canaletas de avenida

PM da máscara de palhaço é identificado e afastado das ruas

Ex-marido mata enfermeira a tiros em posto de saúde

22/07/2016

Morador espalha alertas de roubos em pontos de Perus

2,6 km de fios são furtados todos os dias em São Paulo

Dono morre e cão fica em seu carro

Suspeitos discutiram como atacar no Rio e no exterior

PF prende dez suspeitos de ligação com Estado Islâmico

21/07/2016

Comida é servida em vaso sanitário

Ladrões atiram em PM aposentado

Parque do Povo fica sem armários

Repórter consegue embarcar com estilete em Congonhas

Atendimentos despencam na Santa Casa em dois anos

Prefeitura cancela 17 mil multas por falha em radar

20/07/2016

Pilotos de avião presos bêbados

PM mata assaltante para salvar o pai em São Miguel

Justiça bloqueia WhatsApp por 5 horas em todo o país

Posto da PM em Sapopemba é desativado

Alckmin entrega ambulatório com 1 especialidade médica

19/07/2016

Laudo aponta que fotógrafo agredido sofreu lesão grave

Aeroportos têm dia de filas e atrasos

Incêndio em favela deixa dois mortos na Vila Maria

Benfeitor doa grana em mercado

Poda de galhos em 'V' põe árvores na capital em risco

Médico e diretor do HC são investigados por fraude

18/07/2016

Atiradores matam 3 jovens em rolezinho na zona leste

Policial militar é baleado 7 vezes em roubo em Osasco

Cresce número de motoristas flagrados bêbados ao dirigir

Academias da 3ª idade ao ar livre estão malconservadas

Morador pode ser punido por trabalhar em apartamento

17/07/2016

Após 14 dias secos, volta a chover e ar melhora

Suspeitos de mega-assalto são presos em resort de Goiás

CPTM propõe acesso entre Luz e Sala São Paulo

Saídas das estações têm comida para todos os gostos

Peixinha Dory faz sucesso entre crianças em aquários

Relação sexual é uma das formas de pegar hepatite B

16/07/2016

Faculdade na China ensina sedução

Avenida na Vila Prudente só tem buracos

Dono de mercadinho é morto por assaltantes na zona leste

Protesto por morte de garoto acaba em confronto com PM

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).