Nas ruas
28/07/2012

PMs alteraram cena do crime, afirma família de empresário

Folha de S.Paulo

Os policiais militares acusados de matar o empresário Ricardo Prudente de Aquino, 39 anos, alteraram a cena do crime para dificultar a realização da perícia. É o que diz o advogado da família da vítima, Cid Vieira de Souza Filho, que será o assistente de acusação da Promotoria.

Segundo o advogado, a Promotoria recebeu da Polícia Civil imagens de circuitos de segurança que mostram os PMs Robson Tadeu do Nascimento Paulino, 30 anos, Luis Gustavo Teixeira Garcia, 28, e Adriano Costa da Silva, 26, retirando do chão cápsulas usadas para matar o empresário.

Os defensores dos PMs negaram que o trio alterou a cena do crime (leia abaixo). Eles estavam presos até ontem, quando uma decisão da Justiça Militar os libertou.

Aquino foi morto a tiros no último dia 18 após uma perseguição na Vila Madalena, bairro da zona oeste da capital paulista. Os três policiais dispararam ao menos sete vezes contra o veículo em que ele estava. Dois tiros acertaram a cabeça da vítima, que estava desarmada.

Essa ação causou uma crise entre o governo Geraldo Alckmin (PSDB), o Ministério Público Federal e entidades de direitos humanos.

Liberdade provisória

"Esperamos que com essas imagens o Tribunal de Justiça reveja a decisão de conceder a liberdade provisória para os três PMs", afirmou o advogado Souza Filho.

As imagens citadas pelo advogado não foram fornecidas à reportagem. A Polícia Civil informou apenas que as filmagens constam do processo, que já foi entregue ao Ministério Público.

A Promotoria disse que está analisando as imagens e só vai se manifestar quando apresentar denúncia à Justiça. Mesmo livres, os policiais militares acusados de matar o empresário não poderão voltar a atuar nas ruas.

Terão de desempenhar atividades administrativas enquanto respondem a um processo interno.

Resposta

O advogado Márcio Gomes Modesto, um dos defensores dos três policiais militares, negou que seus clientes tenham alterado a cena do crime.

Segundo ele, as imagens dos circuitos internos analisadas até anteontem "deixam claro" que não daria tempo para mexer no local antes de a vítima ser socorrida.

"Meus clientes não alteraram nada. Nem deu tempo de eles mexerem em nada.

O socorro para a vítima chegou em menos de dois minutos", afirmou o advogado.

O defensor disse ainda que desconhece a existência dessas filmagens.

"Até ontem essas imagens não existiam. Agora, se elas estão com a Promotoria, precisamos analisá-las com calma", disse Modesto.

Leia mais

Índice

PUBLICIDADE

28/06/2017

Viciados em crack ocupam parque linear na zona leste

Aposentado morre ao reagir a assalto em São Mateus

Rota invade favela, mata jovem e para tráfego de trens

Tatuagem na testa de menor começa a ser removida

Gestão Doria vai acabar com pronto-atendimento em AMA

27/06/2017

Augusta estava sem bloqueio na hora do atropelamento

Fumaça obriga passageiros do metrô a descer de trem

Morador de rua ajudado por Doria volta ao Minhocão

Tratamento de câncer no SUS muda na mesma cidade

Postos de saúde entregues por Haddad estão fechados

26/06/2017

Porteiro é importante para segurança, dizem moradores

Enterro tem via-crúcis com assédio e falta de informação

Festa junina toma a avenida Paulista

Algemado se solta e acaba morto por PM em delegacia

Motorista avança contra skatistas, atropela 5 e foge

Pedestres correm riscos com semáforos quebrados

25/06/2017

Roncar à noite é apenas um dos transtornos da apneia do sono

Fábio Assunção é preso após tumulto em festa de São João

Maquiador de estrelas sai da periferia para a Oscar Freire

Funkeiros viram príncipes em bailes de debutantes

Bichos de estimação ajudam a evitar infecções em crianças

24/06/2017

Promotora livra tatuadores de acusação de tortura

Doria nada mudou e só faz sucesso no celular, diz FHC

Dono da carreta que causou acidente é preso por mortes

Maioria das escolas estaduais tem alunos em salas lotadas

23/06/2017

Laudo não é claro sobre o tratamento de Abdelmassih

Colisão entre ônibus, carreta e duas ambulâncias mata 21

Obra parada de escola vira ponto de viciados na zona sul

Viciados esperam até 10h e desistem de internação

22/06/2017

Técnico é preso acusado de estuprar garota em exame

Roger Abdelmassih cumprirá pena em prisão domiciliar

Doria estuda parque com praia e piscina no Minhocão

PM usa spray de pimenta em protesto de estudantes

21/06/2017

Motorista do Uber é morto com tiro na nuca em roubo

Procuradora é presa sob suspeita de dirigir bêbada

França mantém condenação de Maluf a 3 anos de prisão

320 motoristas são multados por dia mexendo no celular

Gestão Doria estuda mudar atendimento em 86 AMAs

20/06/2017

PM da Força Tática morre em assalto na Nove de Julho

PM tem 6 mil metralhadoras quebradas dentro da caixa

Ônibus clandestino tomba e deixa 11 mortos

Mortes em acidentes de trânsito aumentam em maio

Dispara o número de vagas em creche obtidas na Justiça

19/06/2017

Reserva de grana ajuda a fazer festa junina em edifício

Grupo rouba 393 armas de dentro do Fórum de Diadema

Parada Gay une animação a protestos contra políticos

Quadras de parques sofrem com falta de manutenção

18/06/2017

Daniela Mercury e Anitta são atrações da Parada Gay

Idosos viram motoristas do Uber por grana e vida ativa

Ladrões em fuga batem em carro e matam motorista

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).