Nas ruas
29/04/2012

Tenente da PM que matou três em hospital se entrega

Folha.com

O tenente da Polícia Militar de Sergipe, Genilson Alves de Souza, suspeito de matar três pessoas no maior hospital do Estado, em Aracaju, na noite de anteontem, apresentou-se à Polícia Civil no início da tarde de ontem.

Os assassinatos teriam sido motivados por vingança pela morte de Jailson Alves de Souza, irmão de Genilson e que havia recebido atendimento na unidade.

Além do tenente, também se entregou um irmão dele, Jean Alves de Souza, que é soldado da PM. O governo investiga o envolvimento de Jean no episódio. Outras duas pessoas suspeitas de participar do crime já estavam presas: Ralf Souza Monteiro e Ginaldo Alves de Souza. Eles são, respectivamente, sobrinho e irmão do tenente.

Segundo a Polícia Civil, um dos três assassinados no hospital, Adalberto Santos Silva, roubou a moto de Ginaldo na semana passada.

Na noite de anteontem, Jailson e Ralf encontraram Adalberto no bairro de Santa Gleide, na periferia de Aracaju, e os três trocaram tiros. Feridos, todos acabaram encaminhados ao hospital.

Porém, ao saber que o irmão morreu na unidade, Genilson entrou à paisana no local e atirou contra Adalberto e outros dois homens.

A polícia suspeita que as outras duas vítimas não tenham envolvimento com o caso. Segundo a polícia, Márcio Silva Santos passava pelo local do tiroteio e foi atingido de raspão. Cledson dos Santos havia sido atropelado e recebia atendimento.

  • 'Dedicado'*

Segundo a PM, o suspeito já foi condenado pela Justiça, mas a corporação não soube dizer sob qual acusação. Segundo a PM no Estado, Genilson tem 27 anos na corporação e era considerado um militar "dedicado".

A PM abriu processo administrativo para apurar se a entrada do policial à paisana foi facilitada pela segurança.

Até a conclusão desta edição os advogados de Genilson e Jean não haviam sido localizados.

Índice

PUBLICIDADE

25/04/2017

Mais uma agência fechada do Banco do Brasil é saqueada

Modelos acusam donos da "Playboy" no Brasil de assédio

Bombeiro civil é morto em arrastão em Carapicuíba

Usuários do cartão BOM terão desconto em farmácias

Facção de SP é suspeita de mega-assalto no Paraguai

24/04/2017

Caixa de correio ajuda na organização e diminui o custo

Pilar do Sul vive madrugada de pânico com tiros e explosões

Universitário de 18 anos cria cursinho gratuito em CEU

Doria conquista evangélicos e é visto como presidenciável

Faixas de ônibus sofrem com buracos e sinalização falha

23/04/2017

Vida útil dos alimentos é maior com a geladeira organizada

Incor faz 40 anos e abre pronto-socorro de ponta

Nova geração de coreanos dá ar moderno ao Bom Retiro

Acelerado, Doria provoca queixas e olheiras na equipe

Prisão por terrorismo tem de assassinato a greve de fome

22/04/2017

SPTrans muda regra do Bilhete do Estudante

PM afasta 4 suspeitos de espancar e matar adolescente

Crise, Uber e novos hábitos esvaziam estacionamentos

Sem-teto faz casa mobiliada no centro

Fim das ciclovias em frente a lojas divide comerciantes

Em seis anos, capital perde 1 de cada 4 leitos pediátricos

21/04/2017

Homem é morto ao reagir a roubo

Aluno de creche fica sem aula por atraso em repasse

Grafites cobertos por tinta ressurgem na 23 de Maio

Biblioteca Mário de Andrade deixa de funcionar 24 horas

Remoção de ciclovias será maior na periferia, diz Doria

20/04/2017

Em carta, jovem afirma que ideia de se matar foi dele

Polícia apreende 3 t de comida vencida no Walmart

Em crise, Hospital São Paulo ameaça fechar mais alas

Doria vai mudar ciclovias e adotar rota sem separação

Cresce número de mortes em acidentes no trânsito

19/04/2017

Jovem encontrada morta assistiu a série sobre suicídio

9 em cada 10 donos de Táxi Preto devem à prefeitura

Enfermeiro é acusado de espancar idosa em hospital

Novo secretário da capital tem estilo acelerado de Doria

Aumentam os pedidos de reparo em estações do metrô

18/04/2017

Caçambeiros fazem protesto na prefeitura

Polícia suspeita que casal fez pacto de morte em hotel

Crescem multas por invasão a faixa de ônibus em janeiro

Soninha Francine deixa a pasta de Assistência Social

Doria divulga lista incompleta de doações no Facebook

Fila da creche ganha quase 23 mil nomes na gestão Doria

17/04/2017

Síndico é peça-chave para resolver briga entre prédios

Mulher é esquartejada após encontro com ambulante

Crise faz imigrante trocar Brasil por outros países

Calçadas de Doria não são reformadas por completo

Hospital do Corujão tem doente internado em cadeira

16/04/2017

Chegada do frio faz aumentar a preocupação com a pele

Mulher é presa sob suspeita de ser mandante de chacina

Morador de Cidade Tiradentes vive 25 anos a menos em SP

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).