Nas ruas
03/01/2018

Doria cumpre parte de metas, mas falha em zeladoria

William Cardoso
do Agora

O prefeito João Doria (PSDB) cumpriu no primeiro ano de mandato as promessas de aumentar a velocidade máxima das marginais, manter a tarifa de ônibus emR$ 3,80 e iniciar o processo de venda do Anhembi e do Pacaembu. Mas falhou nos serviços de zeladoria da capital, que continua suja, com asfalto cheio de buracos, apagão nos semáforos e parques públicos abandonados.

Logo no segundo dia de mandato, vestido de gari, Doria deu início ao programa Cidade Linda, um indício de que a limpeza seria uma obsessão. Meses depois, lugares onde o prefeito viveu algumas horas como trabalhador braçal já estavam abandonados, sem continuidade.

Professora na área de administração pública e gestão social da PUC (Pontifícia Universidade Católica), Maria Amelia Cora critica a forma como a prefeitura foi conduzida. "Não há uma agenda de investimento. A primeira grande campanha é a do recapeamento", diz. "Também não há uma ferramenta de gestão da prefeitura. Lança [algum projeto], pega mal e volta atrás", afirma.

Resposta

Sobre os serviços de zeladoria e urbanismo, a prefeitura afirma que é uma ação contínua e diária, que há campanha de conscientização contra descarte irregular de lixo e que aumentará o número de equipes de limpeza. A administração municipal afirma também que atendeu pedidos de tapa-buracos represados desde a gestão anterior e deu início ao programa Asfalto Novo, com investimento de R$ 350 milhões. A atual gestão também diz que recebeu parques e semáforos sem contratos de manutenção. Nos primeiros, fez mutirões. Sobre semáforos, diz que o serviço está normalizado. Na educação, a gestão Doria diz que 258 estudantes que não atendiam a critérios do TEG (Transporte Escolar Gratuito) e que só cinco salas de leitura e três brinquedotecas entre as 560 escolas foram usadas para atender crianças na fila por vaga. Sobre a transparência em parcerias, diz que as doações são publicadas em diário oficial e portal. Na saúde, diz que, em outubro, começou a segunda fase do Corujão, com o objetivo de zerar a espera de 83.322 usuários.

A prefeitura diz que Doria nunca se lançou candidato à Presidência e não há impedimento legal para que realize viagens. Afirma também que a mesma pesquisa Datafolha citada pela reportagem mostra que 60% dos paulistanos apontam a gestão como boa ou regular e que vê os dados como oportunidade para melhorar.(WC)

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora, nas bancas nesta quarta, 3 de janeiro, nas bancas

Índice

PUBLICIDADE

20/10/2018

Crânio de Luzia é achado em escombros do Museu Nacional

Aspirina pode elevar risco de morte por câncer em idosos

PM aposentado e filho são assassinados durante assalto

Famílias continuam em favela onde enxurrada matou garota

19/10/2018

Ladrão faz arrastão e leva R$ 30 mil de três igrejas

Feira da madrugada na Lusa deve começar em novembro

Temporal inunda novas estações

Obras de CEUs recomeçam em ritmo lento na zona leste

18/10/2018

Covas prevê menor valor para corredores em 5 anos

Prefeitura corta 367 árvores para fazer piscinão na Saúde

17/10/2018

Novas estações do metrô tiram passageiro de corredor

Menina é estuprada por preso em cadeia de Fortaleza

16/10/2018

Acidente com carro roubado deixa três mortos na marginal

Jovem é morto por ladrões ao reagir a assalto em Osasco

São Paulo atinge meta de ter 50% das crianças em creche

Confusão marca primeiro dia útil da linha 5 do metrô

15/10/2018

Descarte irregular de lixo poderá render punições

Criança de 2 anos morre em incêndio na casa onde vivia

Morte violenta tem maioria sob efeito de álcool ou droga

Guararema não registra homicídios há quase 3 anos

Piscinões têm mato e sujeira perto da temporada de chuva

14/10/2018

Idoso que toma remédio por conta própria fica vulnerável

PM é baleado com a própria arma após briga de trânsito

Violência em casa gera fuga de estudos em Guarulhos

Linha 5 passa a funcionar em horário normal no metrô

Brasileiro gosta de manter a geladeira sempre cheia

13/10/2018

Doente mental está em presídio comum há 2 meses

Após 10 anos, vizinhos ainda lembram da morte de Eloá

Professora vítima de racismo revive agressões de infância

Festa de Nossa Senhora Aparecida pede paz a brasileiros nas eleições

Eleito deputado, Alexandre Frota pode ter prisão decretada por dívida

Na TV, Bolsonaro chora e Haddad defende democracia

Ações contra não reeleitos devem perder foro especial

12/10/2018

Hospital do Mandaqui deixa prontuários amontoados

Professora é alvo de ataque racista em escola da capital

Pais conquistam os filhos com brinquedos antigos

5.000 romeiros passaram pela Dutra rumo a Aparecida

11/10/2018

Trio é acusado de golpes de R$ 400 milhões pela internet

PMs demoraram duas horas e meia para registrar mortes

Festa de Nossa Senhora vai ter Daniel e jovens estrelas

Três ônibus são atacados por dia na Cidade Tiradentes

10/10/2018

Ouvidor suspeita que jovens mortos por PMs não reagiram

Sabesp constrói túnel sob a marginal Tietê

Casos de dengue neste ano no estado já superam 2017

Estação São Paulo da linha 4-amarela atrasa de novo

Passageiros com crianças se queixam de transporte cheio

09/10/2018

Idoso ensina criança a viver sem os braços

Polícia é acusada de matar quatro jovens após rendição

Apoio para sem-teto trava

08/10/2018

Morte por infecção no país é o dobro em hospital público

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).