Nas ruas
03/01/2018

Doria cumpre parte de metas, mas falha em zeladoria

William Cardoso
do Agora

O prefeito João Doria (PSDB) cumpriu no primeiro ano de mandato as promessas de aumentar a velocidade máxima das marginais, manter a tarifa de ônibus emR$ 3,80 e iniciar o processo de venda do Anhembi e do Pacaembu. Mas falhou nos serviços de zeladoria da capital, que continua suja, com asfalto cheio de buracos, apagão nos semáforos e parques públicos abandonados.

Logo no segundo dia de mandato, vestido de gari, Doria deu início ao programa Cidade Linda, um indício de que a limpeza seria uma obsessão. Meses depois, lugares onde o prefeito viveu algumas horas como trabalhador braçal já estavam abandonados, sem continuidade.

Professora na área de administração pública e gestão social da PUC (Pontifícia Universidade Católica), Maria Amelia Cora critica a forma como a prefeitura foi conduzida. "Não há uma agenda de investimento. A primeira grande campanha é a do recapeamento", diz. "Também não há uma ferramenta de gestão da prefeitura. Lança [algum projeto], pega mal e volta atrás", afirma.

Resposta

Sobre os serviços de zeladoria e urbanismo, a prefeitura afirma que é uma ação contínua e diária, que há campanha de conscientização contra descarte irregular de lixo e que aumentará o número de equipes de limpeza. A administração municipal afirma também que atendeu pedidos de tapa-buracos represados desde a gestão anterior e deu início ao programa Asfalto Novo, com investimento de R$ 350 milhões. A atual gestão também diz que recebeu parques e semáforos sem contratos de manutenção. Nos primeiros, fez mutirões. Sobre semáforos, diz que o serviço está normalizado. Na educação, a gestão Doria diz que 258 estudantes que não atendiam a critérios do TEG (Transporte Escolar Gratuito) e que só cinco salas de leitura e três brinquedotecas entre as 560 escolas foram usadas para atender crianças na fila por vaga. Sobre a transparência em parcerias, diz que as doações são publicadas em diário oficial e portal. Na saúde, diz que, em outubro, começou a segunda fase do Corujão, com o objetivo de zerar a espera de 83.322 usuários.

A prefeitura diz que Doria nunca se lançou candidato à Presidência e não há impedimento legal para que realize viagens. Afirma também que a mesma pesquisa Datafolha citada pela reportagem mostra que 60% dos paulistanos apontam a gestão como boa ou regular e que vê os dados como oportunidade para melhorar.(WC)

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora, nas bancas nesta quarta, 3 de janeiro, nas bancas

Índice

PUBLICIDADE

21/04/2018

Advogado é terceira vítima de arrastão e tiroteio em ônibus

Uso de celular e rede social ajudam cérebro de idosos

Há estrutura de corrupção na prefeitura, diz ex-controlador

Hospitais públicos infantis têm espera de até 5 horas

20/04/2018

Assalto a ônibus acaba com 3 mortos e outros 3 feridos

Motorista bêbado que matar ou ferir terá pena mais dura

Festa para santo Expedito reúne 50 mil no Jaçanã

Ex-assessor de Doria é sócio de beneficiado por gestão

Para abrir creches, prefeitura paga aluguel superfaturado

19/04/2018

Cristian Cravinhos é preso ao tentar subornar policiais

Teto de escola infantil desaba e deixa 19 feridos no interior

Ex-presidentes do Metrô viram réus em ação da linha 5

Mais casais fazem divórcios amigáveis em São Paulo

18/04/2018

Palmeirense é preso por atropelar e matar corintiano

Quatro são assassinados em chacina em São Bernardo

Explosão em posto fere sete e danifica 20 imóveis

Crescem casos de bullying em escolas da rede estadual

17/04/2018

Contador é achado morto em apartamento na zona oeste

Fachada do Pateo do Collegio é restaurada por voluntários

Motorista tomba ônibus na Radial Leste, fere cinco e foge

Cruzamentos mais perigosos da cidade estão na zona leste

16/04/2018

Fundo de reserva de condomínios deve ser usado em despesa imprevista

Adolescente é morta a tiro e PM se suicida em motel

Postos de saúde têm vacina, mas banheiros estão sujos

Asfalto Novo deixa vias sem sinalização

Pacientes ficam sem pediatra em hospitais na zona leste

15/04/2018

Falta de sol pode fazer mal para os ossos e para o coração

Metrô tem vacinação contra febre amarela

Carreata marca despedida a garoto morto em acidente

Mulheres negras avançam, mas ainda há desigualdade

Bruno Covas ouve mais e desacelera na prefeitura de SP

Grana e idade influenciam escolha de comida saudável

14/04/2018

Assassinato de Marielle faz 1 mês e segue sem solução

Novo Sesc terá mirante com vista da avenida Paulista

Morte no trânsito cresce em 8 das 10 vias mais perigosas

Caminhão atinge van escolar, mata estudante e fere 16

13/04/2018

Prefeito de Embu tem mandato cassado

Mulher de 64 anos dá à luz a primeira filha em Minas

Polícia desmonta fábrica de embalar cocaína na zona leste

Justiça suspende contrato bilionário da iluminação

Mulher e criança caem de micro-ônibus em movimento

Site para transferir multas da prefeitura não funciona

12/04/2018

Sair do Facebook dá menos bem-estar, mas reduz estresse

Onda de roubos e agressões leva medo à rua Frei Caneca

Médico é preso por bater o ponto em posto e ir embora

Cratera interdita prédios da CDHU pela terceira vez

Queixas contra a prefeitura triplicam no 1º trimestre

11/04/2018

Corintiano morre atropelado na festa do título em Osasco

Tentativa de fuga em prisão deixa 21 mortos em Belém

Vândalos picham Pateo do Collegio com letras gigantes

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).