Nas ruas
13/08/2017

Uso incorreto de colírios pode provocar glaucoma e até cegar

Tatiana Cavalcanti
do Agora

O uso incorreto ou demasiado de colírios à base de corticoide pode causar o aumento da pressão dentro dos olhos e, com isso, desenvolver uma doença silenciosa, que pode demorar anos a mostrar os sintomas, e até levar à cegueira: o glaucoma.

Os maus hábitos ao cuidar dos olhos vão ter consequências no futuro, e o problema pode ser irreversível, já que o glaucoma não tem cura.

Por essa razão, destacam os especialistas, a importância de pingar os remédios nos olhos no horário indicado e quantas vezes forem solicitadas pelos médicos.

Nem mais, nem menos.

"Colírios à base de corticoide, quando usados cronicamente e sem acompanhamento médico, podem causar aumento da pressão intra-ocular que é um dos fatores que causam glaucoma", afirma Lísia Aoki, oftalmologista do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora, nas bancas neste domingo, 13 de agosto, nas bancas

Índice

PUBLICIDADE

17/10/2017

Quadrilha mata policial em mega-assalto

Tráfico tortura dupla após morte de meninas em favela

Comida para pobres proposta por Doria é alvo de polêmica

Subprefeitura não recolhe carros abandonados na rua

Fila de exames de 30 dias só em 2020, prevê prefeitura

16/10/2017

Síndicos precisam redobrar cuidados com documentação

Polícia mata 1 adolescente por semana na periferia

4 terreiros foram alvos de ataque no Estado desde maio

Abandonado, parque na zona leste tem lago de lama

Ônibus na periferia são sujos, quentes e não têm internet

15/10/2017

Jovem é preso por matar ex-namorada de 16 anos

Crianças devem evitar sucos industrializados e refrigerantes

Garotos pegam pistola de ex-PM e um morre baleado

Bairro da zona leste ganha aplicativo para reclamações

Novo homem-placa distribui folheto em rua movimentada

Inseminação dentro de casa é barata e cria polêmica

14/10/2017

Moradores querem expulsar novo albergue da Barra Funda

Meninas podem ter sido mortas por pessoa próxima

Relógio deve ser adiantado hoje para o horário de verão

Procon vê irregularidades em 10 parques de diversão

Ciclistas reclamam de falhas em serviço para alugar bikes

13/10/2017

Papa pede ânimo na luta contra egoísmo e corrupção

Milhares enfrentam calor de 36°C por amor a Aparecida

Sete bairros da zona leste lideram mortes em assalto

Doria levaria 10 anos para cumprir meta de fila na creche

12/10/2017

Devotas pintam unhas com homenagem para Aparecida

Nossa Senhora recebe coroa especial pelos seus 300 anos

Falso policial suspeito de estupros nos Jardins é preso

Jornalista morre baleado em assalto em ponto de ônibus

Aplicativo da prefeitura para táxi dará desconto de 40%

11/10/2017

50 mil vão a show com padres

Missa das crianças lembra vítimas de ataque a creche

Chimpanzés fogem e tentam invadir casa

Mais um homem é preso suspeito de abuso em ônibus

Delegado da Polícia Federal é preso acusado de extorsão

Prefeitura anuncia 2ª etapa de asfalto sem terminar a 1ª

Após nove meses no cargo, Doria desacelera nas redes sociais

10/10/2017

Blindados da Polícia Militar ficam encostados em oficina

Romeiros lotam a via Dutra a caminho de Aparecida

Homem mata ex-mulher dentro de carro da polícia

Queda de avião deixa 3 mortos em Rio Preto

Morre mais uma criança vítima de ataque em creche

Agendamento do cartão do idoso começa com falhas

09/10/2017

Dória culpa herança do PT por queda em aprovação

Jaçanã tem maior índice de mortes violentas na capital

De tropeiros ao santuário, Aparecida cresceu pela fé

Superlotação lidera multas a vans da Grande São Paulo

Cliente de sacolão deve ficar atento a produtos expostos

Equipe de tragédia da boate Kiss ajuda vítimas em Minas

08/10/2017

Morre mais uma vítima de ataque a creche em Minas

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).