Nas ruas
06/08/2017

1 em cada 10 médicos deixa rede municipal em um ano

William Cardoso
do Agora

A rede municipal de saúde da capital perdeu 1 em cada 10 médicos (9,6%) no período de um ano. Entre os meses de junho de 2016 e 2017, deixaram o serviço público, sob responsabilidade da Prefeitura de São Paulo, 511 médicos (de 5.299 para 4.788).

Os números foram obtidos pelo Agora via Lei de Acesso à Informação.

Embora a capital tenha perdido médicos, cada vez mais paulistanos dependem do SUS (Sistema Único de Saúde). Segundo a Abramge (Associação Brasileira de Planos de Saúde), 514.953 moradores da cidade abandonaram os planos de saúde de janeiro de 2015 até março deste ano.

Entre as 65 especialidades médicas sob a responsabilidade da gestão municipal, 39 perderam médicos. Serviços bastante requisitados, como pediatria e clínica médica, tiveram uma redução no quadro profissional ainda maior do que aquela registrada na média na capital. No período de um ano, foram embora da rede pública municipal 135 pediatras, uma redução de 14,6% (de 922 para 787).

Resposta
O secretário municipal da Saúde, Wilson Pollara, da gestão João Doria (PSDB), afirma que a prefeitura pretende contratar 647 médicos até novembro. "Tínhamos um concurso já feito, com 771 candidatos. Aprovados são 647, que estão sendo contratados agora, a partir do mês que vem", diz. Segundo o secretário, a pediatria deverá receber 108 médicos e o setor de urgência e emergência, 120. Ele diz que o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) será o primeiro a receber novos profissionais.

Além das contratações até novembro, o secretário diz que já tem autorização para a buscar mais 1.090 médicos por meio de concurso. "Deve demorar uns 60 a 90 dias. Meu objetivo é que cada cidadão tenha um médico que possa chamar de seu", afirma.

A gestão Fernando Haddad (PT) diz que, logo após ter assumido a prefeitura, fez um levantamento e constatou que, de fato, não havia os 6.353 médicos estimados na rede. "Ainda no primeiro ano de gestão foi elaborado um concurso e foi reestudada a carreira médica municipal, com aumento de salários, etc. Nem assim, a gestão conseguiu preencher os cargos vagos", diz, em nota.

A prefeitura diz que Marileide Cavalcante da Silva já está sendo acompanhada por ortopedista na Rede Hora Certa Freguesia do Ó, tendo passado por consultas em 5 de julho e 1º de dezembro de 2016 e realizado ressonância magnética de coluna lombar em 3 de março. "Em 28 de março de 2017, faltou em consulta na UBS, tendo sido reagendada para 20 de abril, quando passou por nova avaliação –e agora com retorno para o dia 14", diz. Sobre Adriana Gomes da Silva, a UBS Vila Natal agendou consulta de reavaliação esta segunda-feira.

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora neste domingo, 6 de agosto, nas bancas

Índice

PUBLICIDADE

19/08/2017

Mortes em assalto crescem no Estado em sete meses

Doria demite o secretário do Verde e Meio Ambiente

Site para transferir pontos de multas não funciona

Escola municipal marca aluno para não repetir merenda

18/08/2017

Empresário morre atropelado em assalto na Fernão Dias

Câmara reserva R$ 769 mil para lanche dos vereadores

Doria demite controladora e escolhe nome ligado à gestão

Santo André perde servidores da saúde após fechar postos

Blitz acha merenda vencida e pombo em refeitório escolar

17/08/2017

Estado quer dar estradas do litoral à iniciativa privada

Falso técnico de futebol é preso acusado de pedofilia

Moradores cobram Doria por viagens para fora da capital

Prefeitura não dá prazo para Vigilância Sanitária ter carro

Ambulatório muda serviços para unidade distante 32 km

16/08/2017

Ladrões queimam veículos após atacar carros-fortes

Gestão Doria desrespeita lei Cidade Limpa em propaganda

Botões sem fio de ônibus falham e irritam passageiros

Agentes da Vigilância nas subprefeituras estão a pé

15/08/2017

Agente penitenciário mata a família no Dia dos Pais

Cães e gatos resgatados na cracolândia vão para adoção

Em clima de campanha, Doria viaja mais a outros Estados

Creche e serviço social dizem que prefeitura atrasa grana

14/08/2017

Prédio pode mudar fachada, mas todos precisam aprovar

Número de moradores de rua tem aumento no Rio

Cabeleireira é morta a tiros na frente das filhas pelo ex

Ruas próximas a escolas têm problemas de sinalização

Intervalo entre os ônibus é a maior queixa de passageiros

13/08/2017

Preso suspeito de matar dona de pet shop no Jabaquara

Uso incorreto de colírios pode provocar glaucoma e até cegar

Desenho de bebê na barriga vira moda entre grávidas

São Paulo registra um roubo a cada 30 segundos

Pai andarilho revê família após 30 anos

Perigosa, passarela da Copa tem lixo e está abandonada

Sete anos após sonho da Copa, Itaquera aguarda melhorias

12/08/2017

Três são mortos em assaltos em intervalo de 3 h e meia

45 contêineres caem no mar após acidente em Santos

Contratação de conserto de semáforos pode atrasar

Doria tem mais reclamações que Haddad no 1º semestre

11/08/2017

Dona de pet shop é morta ao implorar por vida do filho

Prefeitura fecha 15 casas de prostituição na zona norte

Proteção a pedestres fica pela metade na M'Boi Mirim

Secretário infla dados sobre resgate de moradores de rua

10/08/2017

Garota de 13 anos é morta em casa por amigo da família

Cratera em cruzamento do Morumbi complica trânsito

Justiça mantém aumento das velocidades nas marginais

Exame de HIV está suspenso nos postos da prefeitura

Doria quer fim de sopão ao ar livre para morador de rua

09/08/2017

Falta de funcionários atrasa correspondência nos Correios

Dois policiais são presos após pedirem propina a motorista

Terreno de futuro parque tem lixo e usuários de droga

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).