Nas ruas
17/07/2017

Cemitérios têm lixo, túmulos quebrados e até cracolândias

Fabio Pagotto
do Agora

Muito lixo, túmulos quebrados, furto de portas e peças de bronze, banheiros sujos, salas de velório em mau estado e até presença de prostitutas e viciados em crack.

É o que o Vigilante Agora encontrou, na semana passada em sete cemitérios municipais.

Em junho, a gestão João Doria (PSDB) anunciou que quer cobrar taxa anual de manutenção de quem possui jazigos familiares nos 22 cemitérios públicos da capital. O valor ainda não está definido, mas deve ficar em torno deR$ 200. A taxa servirá para remunerar as empresas que, pelo projeto de Doria, passarão a administrar os locais, em regime de concessão.

Resposta
Gestão Doria culpa administração anterior e não propõe soluções A Superintendência do Serviço Funerário da gestão João Doria (PSDB) disse, em nota, que "investiu R$ 529.779,65, no primeiro semestre, para reverter minimamente a situação de abandono em que a gestão anterior deixou os 22 cemitérios da cidade. Foram encontrados mato alto, lixo acumulado e falta de iluminação nos velórios". A gestão não afirmou o que fará para resolver problemas apontados pela reportagem.

A gestão Fernando Haddad (PT) afirmou que "a gestão caótica do cemitérios de São Paulo não foi um privilégio da gestão Haddad".

A superintendência afirmou que fez parceria com a GCM (Guarda Civil Metropolitana) a fim de aumentar o número de rondas periódicas nos cemitérios, agências, crematório e velórios. A PM diz que "sempre comparece aos locais quando solicitada e faz o patrulhamento do entorno".

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora, nas bancas nesta segunda, 17 de julho, nas bancas

Índice

PUBLICIDADE

19/01/2018

Guarda-civil é assassinado durante assalto em Diadema

Motorista de Cristiano Araújo é condenado por homicídio

Greve para linhas do metrô em dia de briga na Justiça

Vacinação da febre amarela é antecipada pela segunda vez

18/01/2018

CET reduz tinta vermelha em nova ciclovia

Polícia investiga carcereiro por atropelamento de idoso

Greve de 24 horas deve parar quatro linhas do Metrô hoje

Morto com suspeita de febre fez peregrinação em hospitais

Pacientes madrugam na fila por vacina da febre amarela

17/01/2018

Empresário é sequestrado e morto por causa de dívida

Regional pede demissão após uso de carro fora da função

Moradores reclamam de lixão na zona norte

Posto de saúde na zona oeste não faz raio-X há dois meses

Governo antecipa vacinação fracionada da febre amarela

16/01/2018

Idoso morre atropelado em racha na Vila Madalena

Funcionário fica com bomba em assalto a banco

Haddad é indiciado por suspeita de uso de caixa 2

Morador de Taboão morre de febre amarela na Bahia

Motorista tem até 14 de abril para parcelar multa da capital

15/01/2018

Prédio pode cobrar e limitar uso de quadras esportivas

Ônibus invade acostamento de rodovia e mata ciclista

Pré-Carnaval com 15 blocos de rua arrasta multidão no fim de semana

PM dispersa foliões com balas de borracha e bombas

Tire 50 dúvidas sobre a febre amarela

Sete em cada dez bueiros causam riscos a pedestres

14/01/2018

Vacinação tem espera de 2 h e desrespeito a fila de idoso

Vai-Vai colocará em alegoria atleta com pernas biônicas

Grupo faz bordado e crochê para enfeitar muros e postes

Atividades que fazem sorrir ajudam pacientes com câncer

Vertigem pode ser o sintoma de alguma doença mais grave

13/01/2018

Suzanne pode cumprir pena em liberdade, aponta laudo

Homem passa dois dias com dentadura presa na garganta

Doria cobra até R$ 22 mil de IPTU atrasado em Cohab

Estado já tem 21 mortes por febre amarela desde 2017

Idoso precisa de avaliação médica para tomar vacina

12/01/2018

15 artistas brasileiros são mais ouvidos no exterior

Policial diz que dirigia Camaro e nega racha na Imigrantes

Moradores vão a parque mesmo sem tomar vacina

Vacinação em farmácias pode até parar na Justiça

Passageiros evitam beirada de plataformas no metrô

Ônibus intermunicipais vão subir até 4,95% na 3ª feira

11/01/2018

Regras para aplicativos não saem do papel

Mulher empurrada no metrô diz ter escapado de 4 vagões

Homem quebra ambulâncias com taco em base do Samu

Racha na Imigrantes deixa duas passageiras mortas

Postos vivem nova corrida por vacina da febre amarela

10/01/2018

Regras do Uber começam hoje com liminar na Justiça

Mais 4 pessoas morrem por febre amarela no Estado

Vacina da febre amarela será oferecida em mais 52 cidades

Passageira se salva após ser empurrada no metrô

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).