Nas ruas
13/05/2017

Santa Casa de Santo Amaro vai fechar maternidade

Lucilene Oliveira
do Agora

A Santa Casa de Santo Amaro (zona sul de SP) vai fechar na próxima terça-feira os 27 leitos de sua maternidade e as dez vagas da UTI neonatal.

A decisão ocorre após o centro médico acumular R$ 21 milhões em dívida nos últimos sete anos.

A maternidade seria o departamento mais oneroso, com um déficit mensal de R$ 430,6 mil, segundo o superintendente do hospital filantrópico, Danilo Masiero.

Para equilibrar as contas, a diretoria planeja suspender partos, atendimentos obstétricos e internação de bebês prematuros, e ao mesmo tempo abrir leitos ginecológicos para intensificar o número de cirurgias.

Os novos leitos ocupariam o espaço onde hoje há a maternidade e a UTI neonatal.

Atualmente, há apenas quatro leitos de ginecologia. Apenas no ano passado, foram realizados 2.724 partos, uma média de 227 por mês.

"Isso (cirurgias ginecológicas) não me toma tanto dinheiro quanto a maternidade", diz Masiero.

O superintendente explica que não paga as despesas de cirurgias que não são feitas.

"Eu não vou receber pelo que não fiz, mas na maternidade, fazendo ou não, você tem que pagar. Na ginecologia, se não fiz, não gastei material e não paguei honorário médico."

Por ser hospital filantrópico, cabe aos gestores definir as especialidades ofertadas.

Resposta

A Secretaria Municipal da Saúde, sob a gestão João Doria (PSDB), disse que a Santa Casa de Santo Amaro anunciou a desativação de sua maternidade a partir de 15 de maio. Segundo a prefeitura, a pasta de Saúde está adotando os trâmites de encaminhamento das pacientes para outros serviços da região, como Amparo Maternal e as maternidades do Hospital Municipal de M'Boi Mirim e Campo Limpo.

Segundo a pasta, o hospital recebe cerca de R$ 4,4 milhões em repasses para atendimento via SUS, enviados pelo Ministério da Saúde, "repasses voluntários" do Governo do Estado e repasses do tesouro municipal.

Sobre o "Corujão da Cirurgia", a secretaria disse que o programa está em formatação, com previsão de início para o final de maio. A pasta deve realizar o programa em etapas e, na primeira delas, 26 mil pacientes devem ser atendidos.

O superintendente do hospital, Danilo Masiero, explica que as medidas são uma forma de evitar que a dívida aumente e de garantir pagamento dos médicos.

Ao todo, 150 médicos estão com pagamentos atrasados, o que corresponde a R$ 3,6 milhões.

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora, nas bancas neste sábado, 13 de maio, nas bancas

Índice

PUBLICIDADE

21/02/2018

Grávidas e mães de crianças vão para prisão domiciliar

Exército cerca favelas para sufocar traficantes no Rio

Polícia prende 48 suspeitos de pedofilia na Grande SP

Réu em 12 processos vai assumir o lugar de Maluf

Doria volta a atrasar entrega do Hospital de Parelheiros

20/02/2018

Motorista tem cabeça furada durante briga de trânsito

Temer quer mandado coletivo para entrar em casas no Rio

Estudantes são dispensados em greve da rede municipal

UBSs entregues por Haddad ainda estão sem funcionar

19/02/2018

Pátios de delegacias ainda têm carros abandonados

Número 1 do PCC fora dos presídios é morto no Ceará

Subsecretário é indiciado por atentado contra jornalista

Desafios da internet colocam crianças e jovens em risco

De olho na sucessão em SP, França intensifica agenda

Daniela Mercury fecha o Carnaval com samba e axé

Limpeza da caixa-d'água deve ser feita 2 vezes ao ano

18/02/2018

Investigadores acusam PMs de abuso em ação no tráfico

Polícia sucateada é desafio de fogo para intervenção

Saiba como se exercitar nos aparelhos de ginástica de praças

Mãe que ficou presa em cela com bebê diz ser inocente

Justiça condena secretário de Doria por fraude no Metrô

Anitta usa biquíni de fita no Rio de Janeiro

Claudia Leitte leva multidão à 23 de Maio em festa baiana

17/02/2018

Atrase o seu relógio em 1 hora à meia-noite de hoje

Jovem que ficou em cela com bebê deixa prisão

Rainhas do axé fecham a folia

Estado confirma 3 mortes por febre amarela na capital

Muita mídia, diz interventor sobre violência atual no Rio

Temer inicia intervenção federal na segurança do Rio

Intervenção no Rio complica reforma das aposentadorias

16/02/2018

PM aposentado é morto ao reagir a assalto no Jaguara

Chuva recorde mata 4 e deixa rastro de destruição no Rio

Menino foge do Peru para conhecer ídolos em Sorocaba

AACD fecha unidade na Mooca por falhas na energia elétrica

15/02/2018

Batida entre ônibus na marginal deixa 8 feridos

Gestão Doria prorroga obra de 4 UPAs mais uma vez

Motorista de funerária salva bebê declarada morta por 4 h

Youtuber de 14 anos leva tiro após briga de trânsito

Segredos de campeã

14/02/2018

Força negra no Salgueiro

Beija-flor choca

Quadra da Tatuapé explode em alegria na comemoração

Mancha Verde e Tom Maior alcançam melhor colocação

Tatuapé é bi!

98% das vagas criadas em creche são por convênios

Incêndio em favela mata duas crianças na zona sul

Gangue dos palhaços faz arrastão contra foliões no Rio

13/02/2018

Grande Rio irreverente

Vila Isabel futurista

Tuiuti grita pela liberdade

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).