Nas ruas
13/05/2017

Santa Casa de Santo Amaro vai fechar maternidade

Lucilene Oliveira
do Agora

A Santa Casa de Santo Amaro (zona sul de SP) vai fechar na próxima terça-feira os 27 leitos de sua maternidade e as dez vagas da UTI neonatal.

A decisão ocorre após o centro médico acumular R$ 21 milhões em dívida nos últimos sete anos.

A maternidade seria o departamento mais oneroso, com um déficit mensal de R$ 430,6 mil, segundo o superintendente do hospital filantrópico, Danilo Masiero.

Para equilibrar as contas, a diretoria planeja suspender partos, atendimentos obstétricos e internação de bebês prematuros, e ao mesmo tempo abrir leitos ginecológicos para intensificar o número de cirurgias.

Os novos leitos ocupariam o espaço onde hoje há a maternidade e a UTI neonatal.

Atualmente, há apenas quatro leitos de ginecologia. Apenas no ano passado, foram realizados 2.724 partos, uma média de 227 por mês.

"Isso (cirurgias ginecológicas) não me toma tanto dinheiro quanto a maternidade", diz Masiero.

O superintendente explica que não paga as despesas de cirurgias que não são feitas.

"Eu não vou receber pelo que não fiz, mas na maternidade, fazendo ou não, você tem que pagar. Na ginecologia, se não fiz, não gastei material e não paguei honorário médico."

Por ser hospital filantrópico, cabe aos gestores definir as especialidades ofertadas.

Resposta

A Secretaria Municipal da Saúde, sob a gestão João Doria (PSDB), disse que a Santa Casa de Santo Amaro anunciou a desativação de sua maternidade a partir de 15 de maio. Segundo a prefeitura, a pasta de Saúde está adotando os trâmites de encaminhamento das pacientes para outros serviços da região, como Amparo Maternal e as maternidades do Hospital Municipal de M'Boi Mirim e Campo Limpo.

Segundo a pasta, o hospital recebe cerca de R$ 4,4 milhões em repasses para atendimento via SUS, enviados pelo Ministério da Saúde, "repasses voluntários" do Governo do Estado e repasses do tesouro municipal.

Sobre o "Corujão da Cirurgia", a secretaria disse que o programa está em formatação, com previsão de início para o final de maio. A pasta deve realizar o programa em etapas e, na primeira delas, 26 mil pacientes devem ser atendidos.

O superintendente do hospital, Danilo Masiero, explica que as medidas são uma forma de evitar que a dívida aumente e de garantir pagamento dos médicos.

Ao todo, 150 médicos estão com pagamentos atrasados, o que corresponde a R$ 3,6 milhões.

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora, nas bancas neste sábado, 13 de maio, nas bancas

Índice

PUBLICIDADE

24/11/2017

Mulher morre ao salvar cães em incêndio na zona leste

Justiça autoriza vereadores a aumentar salário em 26%

Cai pedaço da marquise do Ibirapuera

Quase metade das vítimas de gripe no Estado é idosa

Doria admite que pode ser candidato a governador

23/11/2017

Posto de saúde na República fecha de vez

Homem morre em assalto a carro-forte

Livros infantis acusados de impróprios são vetados

Terminal troca segurança por porteiro e facilita tráfico

Guarulhos entra em alerta por infestação de mosquito

Dupla invade shopping, rouba celulares e é presa

2.912 vagas em pontos de táxi serão sorteadas em SP

22/11/2017

Taxista é achado morto após aceitar corrida por aplicativo

Jovem morta em carona foi estuprada, diz Promotoria

Doria recua e já pensa em disputar o governo estadual

Crianças vão ganhar CPF na certidão de nascimento

Hospital Universitário fecha pronto-atendimento infantil

21/11/2017

Polícia ainda tenta identificar agressores de ator negro

Polícia investiga agressões a travestis na região do Jockey

Ladrões fazem arrastão e levam ambulância do Samu

Juíza morre ao ser atingida por concreto de viaduto

20/11/2017

Prédios devem começar a discutir orçamento de 2018

Assessor de Coronel Telhada é assassinado com seis tiros

Muro do Cemitério do Araçá desaba

Homem morre após salvar casal ilhado em enchente

Embarque preferencial não funciona na linha 1 do metrô

19/11/2017

Vídeos mostram ação de ladrões de moto e bicicleta

Morte de mulheres por derrame cerebral se iguala à de homens

Polícia prende 7 em fábrica de moedas falsas no Brás

Padre de Osasco escreve frases polêmicas na internet

Bateria de Carnaval de idosos dá show no viaduto do Chá

Escola na periferia incentiva crianças a escrever cartas

18/11/2017

Laudo vê superfaturamento em obras na Federal do ABC

Vídeo mostra estudante sofrendo bullying em colégio

Ator negro acusa seguranças de agressão em terminal

Feriadão prolongado será de chuva e frio na capital

Posto de saúde fica sem ambulatório para os olhos

17/11/2017

Tucano diz que subprefeito tem que trabalhar e não reclamar

Tio é suspeito de participar de assassinato de meninas

Calendário de 2018 prevê mais feriados prolongados

Prefeitura amplia alimento orgânico na merenda escolar

Doria descumpre meta de zerar reclamações de buraco

16/11/2017

Preso por 10 anos é inocentado na Justiça

Garoto morre atropelado por ônibus ao cair de bicicleta

Dente segura bala e salva aposentado durante assalto

Professora é acusada de pôr crianças em sacos de lixo

Doria demite subprefeito que reclamou de falta de grana

Reclamações sobre árvores lideram ranking de queixas da prefeitura

15/11/2017

Crise e zika reduzem total de nascimentos no Brasil

Alckmin adia mais uma vez novas estações da linha 5

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).