Nas ruas
13/05/2017

Santa Casa de Santo Amaro vai fechar maternidade

Lucilene Oliveira
do Agora

A Santa Casa de Santo Amaro (zona sul de SP) vai fechar na próxima terça-feira os 27 leitos de sua maternidade e as dez vagas da UTI neonatal.

A decisão ocorre após o centro médico acumular R$ 21 milhões em dívida nos últimos sete anos.

A maternidade seria o departamento mais oneroso, com um déficit mensal de R$ 430,6 mil, segundo o superintendente do hospital filantrópico, Danilo Masiero.

Para equilibrar as contas, a diretoria planeja suspender partos, atendimentos obstétricos e internação de bebês prematuros, e ao mesmo tempo abrir leitos ginecológicos para intensificar o número de cirurgias.

Os novos leitos ocupariam o espaço onde hoje há a maternidade e a UTI neonatal.

Atualmente, há apenas quatro leitos de ginecologia. Apenas no ano passado, foram realizados 2.724 partos, uma média de 227 por mês.

"Isso (cirurgias ginecológicas) não me toma tanto dinheiro quanto a maternidade", diz Masiero.

O superintendente explica que não paga as despesas de cirurgias que não são feitas.

"Eu não vou receber pelo que não fiz, mas na maternidade, fazendo ou não, você tem que pagar. Na ginecologia, se não fiz, não gastei material e não paguei honorário médico."

Por ser hospital filantrópico, cabe aos gestores definir as especialidades ofertadas.

Resposta

A Secretaria Municipal da Saúde, sob a gestão João Doria (PSDB), disse que a Santa Casa de Santo Amaro anunciou a desativação de sua maternidade a partir de 15 de maio. Segundo a prefeitura, a pasta de Saúde está adotando os trâmites de encaminhamento das pacientes para outros serviços da região, como Amparo Maternal e as maternidades do Hospital Municipal de M'Boi Mirim e Campo Limpo.

Segundo a pasta, o hospital recebe cerca de R$ 4,4 milhões em repasses para atendimento via SUS, enviados pelo Ministério da Saúde, "repasses voluntários" do Governo do Estado e repasses do tesouro municipal.

Sobre o "Corujão da Cirurgia", a secretaria disse que o programa está em formatação, com previsão de início para o final de maio. A pasta deve realizar o programa em etapas e, na primeira delas, 26 mil pacientes devem ser atendidos.

O superintendente do hospital, Danilo Masiero, explica que as medidas são uma forma de evitar que a dívida aumente e de garantir pagamento dos médicos.

Ao todo, 150 médicos estão com pagamentos atrasados, o que corresponde a R$ 3,6 milhões.

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora, nas bancas neste sábado, 13 de maio, nas bancas

Índice

PUBLICIDADE

26/04/2018

Golpista que virou filme volta à prisão após fraude

Convento é pintado sem autorização

Xuxa e Caetano Veloso são os destaques da Virada 2018

Doria deixa cargo, mas segue com ajudante da prefeitura

Pacientes ficam internados para passar por hemodiálise

25/04/2018

Polícia investiga engenheiro por assassinato de irmão

Viciados depenam obras de prédios populares no centro

Pane fecha linha 1-azul no dia dos 50 anos do Metrô

190 linhas de ônibus vão ser cortadas pela prefeitura

24/04/2018

Concessão prevê shopping no Terminal Princesa Isabel

Túneis sem radares viram pistas de racha na capital

Casas de rua do Bexiga ganham pintura colorida

Superfaturamento em evento da prefeitura é investigado

Após inauguração, ritmo de obras do monotrilho diminui

23/04/2018

Homem embriagado atropela e mata idoso de 83 anos

Prefeito acusado de estuprar criança se passou por policial

Show gratuito lota espaço na zona leste

Estudo aponta chance de fraude em provas do Enem

Descarte irregular de entulho toma as calçadas da cidade

Conta de luz pode cair 20% com uso de lâmpadas LED

22/04/2018

Mulher e filha de 1 ano são mortas a facadas em Leme

Estudante vítima de tiros assiste a aulas em maca

Governo espera vacinar 12,6 mi contra a gripe em SP

Veganos sem grana trocam dicas baratas pela internet

1 a cada 4 pessoas com diabetes vai ter algum ferimento no pé

21/04/2018

Advogado é terceira vítima de arrastão e tiroteio em ônibus

Uso de celular e rede social ajudam cérebro de idosos

Há estrutura de corrupção na prefeitura, diz ex-controlador

Hospitais públicos infantis têm espera de até 5 horas

20/04/2018

Assalto a ônibus acaba com 3 mortos e outros 3 feridos

Motorista bêbado que matar ou ferir terá pena mais dura

Festa para santo Expedito reúne 50 mil no Jaçanã

Ex-assessor de Doria é sócio de beneficiado por gestão

Para abrir creches, prefeitura paga aluguel superfaturado

19/04/2018

Cristian Cravinhos é preso ao tentar subornar policiais

Teto de escola infantil desaba e deixa 19 feridos no interior

Ex-presidentes do Metrô viram réus em ação da linha 5

Mais casais fazem divórcios amigáveis em São Paulo

18/04/2018

Palmeirense é preso por atropelar e matar corintiano

Quatro são assassinados em chacina em São Bernardo

Explosão em posto fere sete e danifica 20 imóveis

Crescem casos de bullying em escolas da rede estadual

17/04/2018

Contador é achado morto em apartamento na zona oeste

Fachada do Pateo do Collegio é restaurada por voluntários

Motorista tomba ônibus na Radial Leste, fere cinco e foge

Cruzamentos mais perigosos da cidade estão na zona leste

16/04/2018

Fundo de reserva de condomínios deve ser usado em despesa imprevista

Adolescente é morta a tiro e PM se suicida em motel

Postos de saúde têm vacina, mas banheiros estão sujos

Asfalto Novo deixa vias sem sinalização

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).