Polícia

16/12/2009

Bando faz reféns em prédio da Mooca

Léo Arcoverde
do Agora

Pelo menos 30 moradores --incluindo cinco crianças e uma mulher grávida-- do condomínio Piazza San Luca, na Mooca (zona leste de SP), viveram três horas de terror ontem de manhã em poder de cerca de dez assaltantes armados de fuzis, metralhadoras, pistolas e até granadas.

Os ladrões, que tinham o controle do portão do edifício, entraram em quatro dos 56 apartamentos do prédio, que tem quatro unidades por andar, cada uma avaliada emR$ 180 mil. Depois de trancar as vítimas no salão de festas, os criminosos fugiram levando R$ 12.740 em dinheiro, cartões de crédito, talões de cheque, joias, notebooks, telefones celulares, entre outros objetos. Ninguém foi preso.

Segundo a polícia, o grupo abriu o primeiro portão com um controle e depois rendeu o porteiro que saiu da guarita para ver quem era o morador. De acordo com as vítimas, a quadrilha não usava capuz. O grupo, dizem os moradores, estava disposto a entrar no apartamento de três comerciantes que moram no condomínio --dois deles seriam proprietários de lojas da região da rua 25 de Março (região central de SP).

  • Leia essa matéria completa no Agora desta quarta-feira, 16 de dezembro, nas bancas

Índice

PUBLICIDADE

22/05/2010

PM troca comando da Corregedoria

16/05/2010

Grupo de extermínio é investigado na zona leste

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).