Grana
09/08/2009

Aposentados de 2000 a 2004 podem ter revisão

Carolina Rangel
do Agora

Quem já possuía o tempo mínimo de contribuição para se aposentar (35 anos, homem, e 30 anos, mulher) entre novembro de 1999 e janeiro de 2000 pode ter revisão no valor do benefício desde que tenham se aposentado entre fevereiro de 2000 e novembro de 2004. A decisão é do TRF 4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), que engloba os Estados do Sul.

  • Veja como fugir do fator previdenciário na edição impressa do Agora deste sábado, 8 de agosto, nas bancas

A revisão pode chegar a 14,4%, segundo o consultor previdenciário Marco Anflor (do site www.assessorprevidenciario.com.br). No entanto, há casos em que o aposentado não tem direito à correção.

Os cálculos consideram homens que tinham 53 anos de idade e 35 de contribuição e mulheres com 48 anos de idade e 30 de contribuição em 28 de novembro de 1999, logo após o fator previdenciário (que reduz o benefício de quem se aposenta mais cedo) ser implantado.

Segundo a decisão do tribunal, o segurado tem direito a receber o melhor benefício, se ele já tiver cumprido as exigências. No período de 2000 a 2004, o fator previdenciário, criado em novembro de 1999, passou a ser mais prejudicial a cada mês. Isso porque, após a implantação do fator, em novembro de 1999, foi criada uma regra de transição. Dessa forma, até 2004, o fator era aplicado progressivamente.

Por isso, quem tinha direito a se aposentar logo no início da criação do fator, teve menos desconto no benefício.

A correção é maior para as aposentadorias pedidas após 2003. Naquele ano, o fator previdenciário teve uma mudança que aumentou os descontos nos benefícios.

O motivo é que houve um aumento na expectativa de vida, de acordo com a pesquisa atualizada do Censo de 2000, feito pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Como o fator leva em conta a expectativa de vida, e o brasileiro estava vivendo mais, as aposentadorias do INSS ficaram menores.

Como pedir
Antes de pedir a correção, a recomendação é que o aposentado consulte um advogado para pedir os cálculos. Pode ser que ele não tenha ganho no valor do benefício.

O pedido de revisão deverá ser feito, primeiramente, na agência do INSS. Se for negado, o aposentado poderá entrar com uma ação na Justiça. Embora a ação seja do Sul, é possível entrar com um processo no Juizado Especial Federal de SP (veja os endereços ao lado). O Ministério da Previdência não comenta ações judiciais.

100 Serviços

Índice

PUBLICIDADE

21/10/2014

Correção maior valerá para nova troca de aposentadoria

Vivo mudará cobrança de internet no celular

20/10/2014

Aproveite a grana do 13º salário e pague as dívidas

Confira 6.950 vagas temporárias de Natal

Veja quando a aposentadoria por idade compensa mais

19/10/2014

Confira as profissões com mais vagas para aposentados

Nova troca de aposentadoria exige mais contribuições

Saiba como economizar com a ração para cães e gatos

18/10/2014

Veja quanto será a segunda parcela do 13º do INSS

Cem milhões podem ficar sem serviço de celular no país

Corrija a pendência do IR e garanta restituição neste ano

17/10/2014

Troca de aposentadoria volta a ser julgada neste mês

Abastecer com álcool compensa na capital

16/10/2014

Juizado garante correção maior para o saldo do FGTS

Ministro volta a dizer que gasolina deve subir

15/10/2014

Saiba se terá os atrasados de até R$ 43.440 neste ano

Poupadores do Banco do Brasil devem correr

14/10/2014

Quem adiou a aposentadoria não tem prazo para revisão

Metade dos idosos ajuda a família, diz pesquisa

13/10/2014

Aprenda a fazer compras com as crianças sem sufoco

Saiba se está preparado para se aposentar já

Receita paga na quarta 5º lote de restituição do IR

12/10/2014

Confira quanto ganhar com a nova troca de aposentadoria

Matrícula antecipada dá desconto de até 50%

11/10/2014

Supremo adia julgamento da troca de aposentadoria

Clientes lotam lojas para o Dia da Criança

10/10/2014

Relator adota nova fórmula para troca de aposentadoria

Veja como ficará o novo benefício com a troca

Frango inteiro é opção contra alta no preço da carne

09/10/2014

Ministro do STF é a favor da troca de aposentadoria

Com inflação, governo sugere não comer carne

08/10/2014

85 mil segurados receberão revisão dos auxílios em 2015

Troca de aposentadoria começará a ser julgada

07/10/2014

Confira onde encontrar os brinquedos mais baratos

Benefício por tempo de contribuição demora

Troca de aposentadoria precisa de regras do STF

Comunista desbanca 50 anos de era Sarney no Maranhão

06/10/2014

Veja como conseguir antes sua aposentadoria do INSS

Confira o que fazer para negociar o aluguel

05/10/2014

Veja dez dicas para acertar ao planejar a aposentadoria

Veja opções de pacotes para viajar em janeiro

04/10/2014

Supremo deve julgar troca de aposentadoria na quarta

Reajuste da gasolina poderá ser de 10%

03/10/2014

123 mil têm ação de troca de aposentadoria na Justiça

Crédito da Nota Paulista sairá nesta segunda

Ministro diz que gasolina vai subir

02/10/2014

Sai lista de atrasados maiores pagos em 2015

54.905 receberão bolada de até R$ 43.440 do INSS

Bancos se adaptam a novo empréstimo

01/10/2014

Atrasados de até R$ 43.440 serão liberados até sexta

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).