Grana
09/08/2009

Aposentados de 2000 a 2004 podem ter revisão

Carolina Rangel
do Agora

Quem já possuía o tempo mínimo de contribuição para se aposentar (35 anos, homem, e 30 anos, mulher) entre novembro de 1999 e janeiro de 2000 pode ter revisão no valor do benefício desde que tenham se aposentado entre fevereiro de 2000 e novembro de 2004. A decisão é do TRF 4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), que engloba os Estados do Sul.

  • Veja como fugir do fator previdenciário na edição impressa do Agora deste sábado, 8 de agosto, nas bancas

A revisão pode chegar a 14,4%, segundo o consultor previdenciário Marco Anflor (do site www.assessorprevidenciario.com.br). No entanto, há casos em que o aposentado não tem direito à correção.

Os cálculos consideram homens que tinham 53 anos de idade e 35 de contribuição e mulheres com 48 anos de idade e 30 de contribuição em 28 de novembro de 1999, logo após o fator previdenciário (que reduz o benefício de quem se aposenta mais cedo) ser implantado.

Segundo a decisão do tribunal, o segurado tem direito a receber o melhor benefício, se ele já tiver cumprido as exigências. No período de 2000 a 2004, o fator previdenciário, criado em novembro de 1999, passou a ser mais prejudicial a cada mês. Isso porque, após a implantação do fator, em novembro de 1999, foi criada uma regra de transição. Dessa forma, até 2004, o fator era aplicado progressivamente.

Por isso, quem tinha direito a se aposentar logo no início da criação do fator, teve menos desconto no benefício.

A correção é maior para as aposentadorias pedidas após 2003. Naquele ano, o fator previdenciário teve uma mudança que aumentou os descontos nos benefícios.

O motivo é que houve um aumento na expectativa de vida, de acordo com a pesquisa atualizada do Censo de 2000, feito pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Como o fator leva em conta a expectativa de vida, e o brasileiro estava vivendo mais, as aposentadorias do INSS ficaram menores.

Como pedir
Antes de pedir a correção, a recomendação é que o aposentado consulte um advogado para pedir os cálculos. Pode ser que ele não tenha ganho no valor do benefício.

O pedido de revisão deverá ser feito, primeiramente, na agência do INSS. Se for negado, o aposentado poderá entrar com uma ação na Justiça. Embora a ação seja do Sul, é possível entrar com um processo no Juizado Especial Federal de SP (veja os endereços ao lado). O Ministério da Previdência não comenta ações judiciais.

100 Serviços

Índice

PUBLICIDADE

25/04/2015

Casal quer saber sobre doação recebida

INSS pagará lote anual de atrasados em novembro

Confira imóveis que têm desconto no feirão

24/04/2015

Leitor pergunta se precisa enviar a declaração

Garanta o auxílio das doenças mais comuns

Remédios estão mais caros nas farmácias da capital

23/04/2015

INSS quer barrar correção maior de atrasados na Justiça

Shoppings sorteiam prêmios no Dia das Mães

Leitor quer saber como declarar precatório

22/04/2015

Veja como o autônomo consegue a nova revisão

Saiba como declarar compra de casa

Saiba como investir no Tesouro Direto

21/04/2015

Saiba declarar venda de imóvel

Veja dez erros que podem levar à malha fina do IR

Abono do PIS vai demorar mais para ser liberado

20/04/2015

Aposentados sofrem assédio para contratar consignado

Saiba declarar o consórcio à Receita Federal

Leitor quer saber como declarar imóvel já quitado no IR

Veja quem consegue ganhar atrasados maiores na Justiça

19/04/2015

Veja convênios para quem tem a partir de 59 anos

Confira como conseguir antes o benefício do INSS

Organize a documentação antes de pedir aposentadoria

Comprar imóvel à vista dá chance de pechinchar

18/04/2015

Auxílio-doença do INSS será renovado sem perícia

502 pessoas declaram mesma doméstica no IR

Leitor quer saber sobre pensão alimentícia

17/04/2015

Leitora quer saber se deve declarar carro doado

Correção maior do FGTS pode ser julgada até junho

Feirão da Caixa começa dia 24 em SP

Caixa sobe pela segunda vez os juros da casa

16/04/2015

Aposentado em São Paulo tem nova chance de trocar benefício

Aprenda a declarar a venda de imóvel

Preço do almoço por quilo aumenta em São Paulo

15/04/2015

Saiba declarar veículo financiado

Preço do gás de botijão deve aumentar R$ 5

Governo reduz cortes em seguro-desemprego e PIS

14/04/2015

INSS inclui auxílio-doença na aposentadoria por idade

Convênios devem subir mais de 9,65% em 2015

Leitor quer saber sobre dívida ativa do pai

13/04/2015

Veja os direitos dos clientes de TV, internet e celular

Escolha a melhor opção de imóvel

Leitor quer saber se declarar mãe pensionista

Saiba para quanto pode ir sua aposentadoria em 2016

12/04/2015

Universidades ajudam a declarar o Imposto de Renda

Leitor quer saber se declara precatório

Veja tudo que aumenta o valor de sua aposentadoria

Compare o custo e o gasto de cada lâmpada

11/04/2015

Ação de tempo especial tem mais prazo na Justiça

Poupança tem o menor rendimento desde 2003

Leitor quer saber como declarar doação

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).