Grana
30/05/2009

Precatório alimentar deve ser pago antes, diz Justiça

Paulo Muzzolon e Anay Cury
do Agora

A Justiça decidiu que os precatórios alimentares podem furar a fila e serem pagos antes dos não alimentares. A decisão, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), pode acelerar a liberação da grana para os credores do Estado que estão esperando o pagamento desde 1998. Uma lei determina que o pagamento dos não alimentares, frutos de desapropriação, por exemplo, sejam divididos em dez vezes.

Como não há regulamentação sobre os alimentares, há um entendimento de que eles devem ser pagos por último. Logo, o Estado paga primeiro os não alimentares; a grana que sobrar vai para os outros. Mas o STJ decidiu que os créditos alimentares têm preferência absoluta e devem ser retirados do regime de pagamento parcelado dos demais com a intenção de dar a eles essa prioridade.

A decisão beneficia um escritório de advocacia que tem R$ 11 milhões para receber do Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da USP de honorários (precatórios alimentares), mas pode ser estendida para servidores. Para o Madeca (Movimento dos Advogados em Defesa dos Credores Alimentares), "a decisão abre precedente para ações de outras pessoas", disse o presidente, Ricardo Ferreira Marçal.

A PGE (Procuradoria Geral do Estado de São Paulo) afirmou que não conhece o teor da decisão e que ainda não foi citada formalmente. Por isso, o órgão não quis se pronunciar.

Índice

PUBLICIDADE

29/03/2017

INSS nega mais da metade das aposentadorias em SP

Conta de luz ficará 12,44% mais barata

Saiba como declarar o consórcio

28/03/2017

Aposentado tem dúvida sobre declaração dos rendimentos

Só 10% usarão grana do FGTS para comprar

Estados e municípios terão 6 meses para fazer reforma

27/03/2017

Leitor quer saber como declarar gasto com planos de saúde dele e dos filhos

Espera por julgamento no INSS é de quase 5 meses

Entenda o que diz sua conta e proteja o bolso

Declare os gastos médicos no IR e aumente a restituição

26/03/2017

Contribuinte pergunta sobre dependentes

Terceirizado deve ter férias, FGTS e INSS

Veja tudo o que muda com a aprovação da terceirização

Trabalho temporário vira alternativa durante a crise

25/03/2017

Dúvida é sobre precatório recebido

Consumidor pode renegociar as dívidas

Sai em agosto consulta ao tempo total de contribuições

24/03/2017

Só policial e professor devem sair da reforma

Pedidos de aposentadoria sobem 36,5% em São Paulo

Leitor questiona sobre plano de saúde

23/03/2017

Saiba como informar venda de terreno

1 milhão de servidores vão escapar da reforma

Reajustes salariais ficam acima da inflação

22/03/2017

Governo exclui servidor estadual de mudança no INSS

Leitor pergunta sobre seus rendimentos

Gás ainda é vendido com preço menor em SP

21/03/2017

Saiba como declarar grana de atrasados

Confira dicas para fazer a primeira declaração

Justiça libera atrasados do INSS para 55.352 segurados

20/03/2017

1 em 10 emendas é contra idade mínima de 65 anos

FGTS inativo rende menos até o saque

Prepare-se para receber o sinal digital na televisão

19/03/2017

Declare o IR sem erros e aumente a restituição

Comerciante espera resposta há um ano

Veja os alimentos que mais subiram neste ano

Agora publica hoje guia do IR

18/03/2017

Dúvida é sobre filho dependente

Gás de cozinha vai subir na terça-feira

Corrija erros no INSS para conseguir a aposentadoria

17/03/2017

Saiba como informar doação

Veja as empresas com mais queixas em 2016

Confira quem consegue aposentadoria de R$ 5.121

16/03/2017

Leite sobe mais do que a inflação no país

Leitor pergunta sobre a pensão dos filhos

15/03/2017

Saiba onde informar precatório

Saiba o que fazer se o FGTS não foi transferido

Veja onde a aposentadoria do INSS sai mais rápido

14/03/2017

Leitor quer saber se tem que declarar

Acaba hoje horário especial para sacar FGTS

Emendas mudam reforma para facilitar aposentadoria

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).