Grana
03/03/2009

Desempregado tem direito a benefício por 3 anos

Juca Guimarães
do Agora

A Justiça ampliou para até três anos o prazo para os trabalhadores que deixaram de pagar o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) pedirem benefícios sem que estejam inscritos no Sine (Sistema Nacional de Emprego), do Ministério do Trabalho.

Para pedir um benefício, o trabalhador deve ter qualidade de segurado. A qualidade dura enquanto ele estiver contribuindo e por mais um ano após a demissão. Quem contribuiu por até dez anos seguidos tem direito a até dois anos de carência para pedir o benefício --um ano pelas contribuições feitas e mais um ano se estiver desempregado (mas, pelas regras do INSS, esse desemprego deve ter sido cadastrado em um órgão do governo federal).

Ou seja, para o INSS, quem não estiver cadastrado como desempregado e só tiver contribuído por seis anos, por exemplo, mantém a qualidade de segurado por apenas um ano. Quem contribuiu por mais de dez anos fica segurado por dois anos após parar de contribuir. Esse prazo chega a três se o desemprego estiver cadastrado no Sine.

Mas uma decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça), publicada em fevereiro, garantiu o período de um extra --ou seja, a carência mínima de dois ou três anos-- mesmo para quem não está inscrito em um programa do governo federal. O STJ entendeu que o trabalhador não precisa ter feito o cadastro para comprovar o desemprego.

"A Justiça entende que o trabalhador pode comprovar o desemprego por outros meios", afirma a advogada previdenciária Marta Gueller.

Desse modo, quem teve o pedido de benefício negado pelo INSS porque não tinha o cadastro no Sine e estava fora da carência poderá pedir a concessão do benefício na Justiça Federal.

Para conseguir o benefício negado pelo INSS por conta da qualidade de segurado, o desempregado deve entrar com uma ação na Justiça.

No processo, ele poderá incluir uma cópia autenticada da página da carteira de trabalho onde foi registrada a rescisão do contrato, além de outra cópia, também autenticada, da página seguinte, em branco --dessa forma, ele poderá provar que não foi trabalhar em outro lugar.

"As cópias serão a prova de que ele tem direito ao benefício, porque fez o pedido dentro do prazo de carência da qualidade de segurado", diz a advogada.

Benefícios
O segurado que perde a qualidade de segurado não consegue a maioria dos benefícios previdenciários, como o auxílio-doença. Para a concessão da pensão, por exemplo, o INSS exige que, na data da morte, o segurado esteja com as contribuições em dia ou dentro da carência.

O INSS não comenta decisões judiciais.

Índice

PUBLICIDADE

25/04/2017

Chip pré-pago perde espaço no celular

Confira o IR de quem tem mais de 65 anos

Trabalhador que teria 85/95 receberá 22,5% a menos

24/04/2017

Veja como fica o benefício por idade com a reforma

Acerte na hora de declarar os dependentes

Saiba quanto sua dívida cresce em até cinco anos

Leitor pergunta sobre venda de casa

23/04/2017

Mesmo sem emprego com registro, brasileiro paga INSS

Veja como a reforma muda a sua idade de aposentadoria

Saiba tirar as finanças do vermelho e conseguir poupar

Leitor pergunta sobre plano de saúde da filha

22/04/2017

Conheça os direitos de quem mora de aluguel

Leitores perguntam sobre valorização de imóveis e empregada doméstica

Reforma reduz valor da aposentadoria especial

21/04/2017

Leitor pergunta sobre investimentos

Petrobras anuncia alta no preço da gasolina

Decisão do Supremo eleva valor de atrasados do INSS

20/04/2017

Idade mínima para as mulheres valerá antes

Novo cálculo da reforma pode reduzir aposentadoria

81.640 segurados receberão revisão dos auxílios em maio

Saiba como declarar empréstimo

19/04/2017

Aposentado com pensão receberá até R$ 1.874

Mulher terá idade mínima de 62 anos e homem, de 65

Leitor tem dúvida se precisa declarar grana da conta

18/04/2017

Leitor quer saber sobre IR irregular

Veja se vale declarar o IR sem ser obrigado

Confira sua aposentadoria com as mudanças na reforma

17/04/2017

Confira como aumentar seu tempo total de contribuição

Governo libera grana da Nota Fiscal Paulista

Terceirização deve gerar mais processos na Justiça

Como declarar financiamento de casa

16/04/2017

Governo quer lei trabalhista como vitrine

Veja tudo o que a reforma vai mudar na aposentadoria

Trabalhadores recorrem à Uber para aumentar renda

Leitor pergunta sobre parcelas de acordo feito com faculdade

15/04/2017

Mais de 3.000 receberão atrasados por acidente

Veja quem garante a revisão que dá a aposentadoria integral

14/04/2017

Redes parcelam ovo de Páscoa em até 10 vezes

Auxílio-doença negado no INSS só sai na Justiça

13/04/2017

Bacalhau perde espaço para peixe mais barato

Idade mínima progressiva começará em 50 e 55 anos

Saiba como declarar a compra de carro

12/04/2017

Dúvida é sobre colocar a mulher como dependente

Caixa abre mais cedo hoje para saque do FGTS

Mudança na reforma deve dar benefício integral antes

11/04/2017

Leitor quer saber se pode pôr o filho como dependente

Ações para internação em casa disparam em São Paulo

Idade mínima progressiva vale para todos na reforma

10/04/2017

INSS libera resultado de perícia no dia do exame

Governo usa pior cálculo para justificar reforma

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).