Grana
01/03/2009

Confira como se aposenta quem não paga INSS

Juca Guimarães
do Agora

Os segurados que já pararam de pagar o INSS, mas completaram as condições mínimas para se aposentar por idade, segundo as regras em vigor no passado, podem conseguir o benefício nos postos da própria Previdência. Antes, a concessão nessas condições só era possível por meio de uma ação na Justiça.

Os postos do INSS foram orientados, por meio de uma circular distribuída pela Previdência em janeiro aos postos, a aceitar os pedidos de aposentadoria por idade a quem já completou a idade mínima (60 anos, para mulheres, e 65 anos, para homens) no passado, e, na época, tinha o mínimo de contribuições.

Em 1991 e 1992, por exemplo, o INSS só exigia cinco anos de contribuição para os segurados que tinham a idade mínima. Então, quem já havia completado 60 anos (mulheres) e 65 anos (homens) naquela época, só precisa ter esse tempo mínimo para pedir a aposentadoria por idade.

Os segurados do INSS antes de julho de 1991 devem seguir uma tabela que mostra o tempo de contribuição mínimo para cada ano em que os segurados completaram a idade mínima. Os segurados à Previdência após 1991 devem ter 15 anos de contribuição.

Valor
O INSS definiu também como os postos devem calcular a aposentadoria de quem deixou de contribuir, mas já tinha completado os requisitos para o benefício antes.

Se o trabalhador completou a idade mínima e o tempo mínimo de contribuição até o dia 29 de novembro de 1999, o valor da aposentadoria terá como base a média das últimas contribuições, limitado a 36 contribuições, em um período de quatro anos.

Já se o trabalhador completou a idade mínima e o tempo mínimo a partir de 29 de novembro de 1999, a base do valor do benefício será a média dos 80% maiores salários de contribuição feitos pelo segurado desde julho de 1994.

De qualquer forma, tanto para aqueles que completaram os requisitos antes de 1999 como os que completaram depois, a aposentadoria por idade será sempre limitada a 70% da média dos salários. O valor aumenta 1% a cada ano pago a mais de contribuição ao INSS. Por exemplo, se o trabalhador, quando completou a idade mínima, tinha quatro anos a mais de contribuição que o mínimo necessário pedido pela Previdência, sua aposentadoria será de 74% da média das contribuições.

Regra da época
De acordo com a nova orientação enviada pela Previdência aos postos do INSS, os servidores que analisam o pedido da aposentadoria por idade terão que considerar todas as regras que estavam em vigor no ano em que o segurado completou a idade mínima.

Índice

PUBLICIDADE

30/09/2014

Atrasados do INSS acima de R$ 37.320 saem em outubro

Consignado de até seis anos começa a valer

29/09/2014

Conheça três aplicações para investir até R$ 15 mil

Pesquise preço de produtos de beleza

Consignado do INSS de até seis anos sai nesta semana

28/09/2014

Guia tira 50 dúvidas dos segurados sobre a aposentadoria por idade

Bancários confirmam greve na terça

27/09/2014

Justiça dá mais atrasados na aposentadoria por invalidez

Consignado não pode ter desconto em dobro

26/09/2014

Confira taxas menores para a compra da casa própria

Aposentado terá seis anos para pagar consignado

25/09/2014

Confira quem deve pedir a revisão no ano que vem

Decisão da Justiça pode deixar luz mais cara

24/09/2014

Candidatos à Presidência não dão garantia do fim do fator

Bicicletas infantis são reprovadas em teste

23/09/2014

Tempo especial sairá mais rápido para eletricitários

Imóvel de até R$ 482 mil tem taxa de corretor

22/09/2014

Poupança programada é alternativa de investimento

Confira o que fazer se atrasar parcela da casa

Veja as doenças que mais dão afastamento no INSS

21/09/2014

Inflação em alta diminui ritmo de consumo da classe C

Troca de aposentadoria garante benefício maior

20/09/2014

Saiba fechar um acordo com o INSS e garantir os atrasados

Confira onde comprar genérico mais barato

19/09/2014

Comissária de bordo consegue tempo especial

Desconto errado no benefício garante grana em dobro

Saldo da Nota Paulista já pode ser consultado

18/09/2014

Aumento do desemprego é pontual, afirma Dilma

Evite os principais erros e garanta o benefício do INSS

Conta de energia elétrica ficará mais cara em 2015

Confira opções de carros de até R$ 30 mil

17/09/2014

Justiça amplia prazo para recuperar benefício cortado

Veja os convênios mais reclamados na capital

Empresa tem cinco dias para limpar nome de devedor

16/09/2014

Confira quem ainda pode pedir a revisão da poupança

Mensalidade escolar subirá acima da inflação

15/09/2014

Maioria não pensa em guardar grana

Confira como enviar a declaração do IR atrasada

Acerte as contas com o INSS e garanta a aposentadoria

14/09/2014

Confira quem deve pedir aposentadoria neste ano

Saiba como fazer um bom negócio na compra do carro

Cerveja fica mais cara em bares da capital

13/09/2014

Confira as melhores opções para o consignado do INSS

INSS não pode cortar auxílio-doença judicial

12/09/2014

Veja como renovar a senha para não perder o benefício

Capão Redondo é o bairro mais valorizado

11/09/2014

Saiba consultar o cadastro do INSS antes de se aposentar

Lavar o carro fica mais caro na capital neste ano

10/09/2014

Justiça confirma antecipação dos atrasados dos auxílios

Troca de aposentadoria avança no Supremo

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).