Domingo é Show!
10/11/2018

Consultório Médico

Tenho 87 anos e, quando passo o pente no meu cabelo pela manhã, caem muitos fios. O que pode ser? Há algum tratamento?
A.

Se você sente que o seu cabelo está caindo além do normal, o ideal é procurar ajuda de um médico dermatologista, que é especialista no assunto. Na consulta, primeiramente, será visto se essa queda capilar realmente está acontecendo. Isso porque, por mais estranho que pareça, existe uma quantidade considerada normal de queda de cabelo diária, que faz parte do chamado ciclo capilar. Se for confirmado que há uma perda de fato excessiva, o médico irá realizar uma tricoscopia capilar, que é um exame feito em consultório, de fácil execução, e que ajuda a padronizar e direcionar a busca do diagnóstico. Ou seja, por meio desse exame, é possível descobrir o motivo da queda. As causas são variadas. Pode ter origem genética, por deficiências de nutrientes, anemias, doenças autoimunes, uso de alguns medicamentos, doenças da raiz capilar ou pode até indicar alguma enfermidade ainda não diagnosticada. Pode também ser motivada por um fator emocional. Por tudo isso, é importante que não tentar se automedicar. O tratamento precoce e preciso é sempre a melhor opção.

Tenho 15 anos e meus pais me pressionam para fazer redução de mama, preocupados com a minha coluna. Tenho medo de ser cedo e os seios aumentarem depois. Uso tamanhos de sutiã acima de 48. Devo fazer?
H.

A decisão de fazer ou não uma cirurgia é muito delicada e deve ser motivada pelo seu real desejo. Fazer só por indicação ou pressão de outras pessoas, mesmo que sejam seus pais, pode te trazer insatisfações com o resultado estético final. De fato, mamas muito grandes podem trazer problemas futuros para sua coluna e postura, e a cirurgia é uma maneira de minimizar estes riscos. Você deve ser avaliada por um especialista, que saberá dizer se o desenvolvimento de suas mamas já está completo. Em caso positivo, as chances de as mamas crescerem após a cirurgia são menores. Mas se o desenvolvimento completo ainda não foi atingido, vale a pena esperar antes de se submeter a uma operação.

Toda vez em que passo o dedo próximo à gengiva, em um dos caninos superiores, sinto um choquinho. Eu fui ao dentista recentemente, mas ele não tinha apontado nada de errado. O que pode ser? Não há inchaço nem ferimentos.
R.

Provavelmente é dentina exposta. O dente tem várias camadas, sendo o esmalte uma proteção à dentina, onde estão as terminações nervosas sensitivas. Devido a força excessiva na escovação, uso incorreto do tipo da escova de dentes, desgaste dos dentes por idade, consumo excessivo de alimentos ácidos, bruxismo (ranger dos dentes) ou até uma mistura de tudo isso, observamos a perda do esmalte em algumas regiões, o que provoca a sensibilidade.

Quem responde:

Larissa Montanheiro, 32 anos, é dermatologista do Hospital Sírio Libanês

Wendell Uguetto, 39 anos, é cirurgião-plástico do Hospital Albert Einstein

Luciane Kraul, 43 anos, é dentista com especialização em ortodontia e doutoranda em laser na Universidade de São Paulo (USP)

Dúvida sobre saúde? Envie sua pergunta

Email: domingoeshow@grupofolha.com.br
WhatsApp: (11) 97549-7959
Endereçovirtual: agora.uol.com.br/falecomoagora
Endereço para cartas: al. Barão de Limeira, 425, Campos Elíseos, 4º andar, CEP 01202-900, São Paulo/SP.
Telefone para contato: (11) 3224-4243

Índice

PUBLICIDADE

09/12/2018

Tratamentos paliativos aliviam dor de doentes terminais

Pop orquestrado

Veja de que forma os signos influenciam como escolher suas roupas

(A)ventura na Cozinha: Tradição lusitana

Consultório Médico

Colo de mãe: Não basta ser mãe

08/12/2018

Bom de Garfo: Unidos pelo parmegiana

Era uma Vez uma Novela: Uma nova Perpétua

Biblioteca da Vivi: Universo do bem

02/12/2018

Consultório Médico

(A)ventura na Cozinha: Cheiro de Natal

Colo de mãe: Pequena formanda

Biblioteca da Vivi: Dose Barbara

Papo de Teatro: Parada de sucesso

25/11/2018

Banda Carisma faz baile em que toca sucessos

Anos 1990 são tema da próxima novela da Globo

Consultório Médico

(A)ventura na Cozinha: Pudim de mentirinha

Colo de mãe: Gerenciadora de crises

Era uma Vez uma Novela: Rei das novelas

Bom de Garfo: Bom demais da conta, sô!

Biblioteca da Vivi: Mil palavras

10/11/2018

Conheça os bastidores da mudança de visual de Deborah Secco

Palavra cruzada pode ajudar na manutenção da saúde mental

Conheça as apostas de moda da São Paulo Fashion Week

Consultório Médico

(A)ventura na Cozinha: Olha o peixe cru!

Biblioteca da Vivi: Conto de uma cachorra

Colo de mãe: Como escolher a melhor escola

Bom de Garfo: Clássico é clássico

04/11/2018

Veterinários não indicam água e sabão para felinos

Consumo exagerado de doces provoca cáries e diabetes

Pais e filhos frequentam a academia juntos

Consultório Médico

(A)ventura na Cozinha: Combinação vencedora

Papo de Teatro: O eterno Vagabundo

Colo de mãe: Acolha seu filho

Biblioteca da Vivi: O livro da posse

28/10/2018

Roupas delicadas e íntimas devem ser lavadas de maneira adequada

Releitura dos anos 1980, calças clochard estão em alta

É possível treinar atitudes positivas em cães

Consultório Médico

(A)ventura na Cozinha: Clássico dos clássicos

Colo de mãe: Um dia eles partem

Era uma Vez uma Novela: Histórias do lado de lá

Bom de Garfo: Caipirinha, ora pois!

Biblioteca da Vivi: Mistérios reais

21/10/2018

Banda de samba-rock Sandália de Prata faz show na zona leste

Xampu micelar promete limpar os cabelos sem danificar os fios

Papo de Teatro: Família no palco

Mais notícias: 1 2 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).