Defesa do Cidadão
29/04/2012

Metalúrgico quer provar contribuição

Tatiana Cavalcanti e Paula Cabrera
do Agora

O ajustador mecânico José Castilho Carvalho, 50 anos, diz que o CNIS (cadastro de informações do INSS) não registra três anos de contribuições feitas entre 1976 e 1979. O segurado perdeu uma das carteiras de trabalho da época e a outra não foi reconhecida pelo INSS.

Carvalho reclama que o INSS também não considerou como especiais 14 anos de trabalho exercidos entre 1981 e 1995 e que, por isso, não conseguiu a aposentadoria por tempo de contribuição, que exige 35 anos de pagamentos ao INSS (homem) ou 30 anos (mulher).

Para comprovar o tempo de serviço sem a carteira, o advogado Guilherme Portanova diz que Carvalho pode juntar documentos que tiver da época em que trabalhava na empresa, como declaração do ex-empregador ou do síndico da massa falida (caso a empresa tenha fechado), fotos, recibos e bilhetes.

A lista de atividades com direito à contagem especial até 1995 não tem "ajustador mecânico", mas tem metalúrgico. Com a conversão desse tempo especial, Carvalho ganharia 5,5 anos a mais de contribuição.

Caso o segurado não consiga o benefício apresentando recurso no posto, ele poderá procurar a Justiça.

Índice

PUBLICIDADE

07/02/2016

INSS não encontrou o pedido

Aposentada espera revisão desde 2014

06/02/2016

Eletropaulo emite nova fatura

Conta de luz chega a R$ 500

Operadora altera o plano

TIM cobra valor maior que o combinado

05/02/2016

Banco promete novo cartão

Cartão de crédito é extraviado

Vivo devolve valor cobrado

Leitor diz que créditos de celular somem

04/02/2016

Prefeitura conserta iluminação

Rua fica com postes apagados

Net corrige a mensalidade

Pacote com internet e TV chega mais caro

03/02/2016

Operadora faz o serviço

Cliente espera instalação de TV

Concessionária é notificada

Praça e canteiro central têm mato alto

02/02/2016

Operadora cancela serviço

Oi muda plano de cliente

Concessionária dá explicação

SPTrans não libera Bilhete Único Especial

01/02/2016

Vigilante tenta contar seu tempo especial

31/01/2016

Órgão concede o benefício

INSS atrasa liberação de aposentadoria

30/01/2016

Eletropaulo promete solução

Rua fica sem luz por horas

Serviço volta a funcionar

Net corta canais de TV indevidamente

29/01/2016

Aposentada recebe a mesa

Empresa entrega móvel errado

Não há condições técnicas

Vivo vende internet em local sem acesso

28/01/2016

Operadora entra em contato

Net envia cobrança indevida

Caixa gera uma nova senha

27/01/2016

Carrefour regulariza cliente

Pagamento não é confirmado

Operadora reembolsa cliente

Claro cobra multa por plano cancelado

26/01/2016

Loja retira nome de cadastro

Renner faz cobrança indevida

Empresa dá baixa em cadastro

Net cobrava por aparelhos recolhidos

25/01/2016

Servidora espera certidão desde abril

24/01/2016

INSS diz que falta um documento

Segurada aguarda benefício há 4 meses

23/01/2016

Prefeitura define nova data

Exame médico é adiado

Empresa restabelece sinal

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).