Defesa do Cidadão
18/12/2017

INSS corta auxílio de vigilante sem aviso

Larissa Quintino
do Agora

O vigilante Antônio Arnaldo Nogueira, 53 anos, passou pela perícia do pente-fino dos benefícios por invalidez em junho deste ano. E, para sua surpresa, seu auxílio-doença foi cortado quatro meses depois, em outubro.

O segurado, que recebia o benefício desde 2013 por causa de uma cirurgia que fez na coluna, afirma que passou por perícia na APS (Agência da Previdência Social) Ataliba Leonel, na região central da capital. Segundo ele, a perita não lhe falou o resultado do procedimento e ele também não recebeu nenhuma carta do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) dizendo que o benefício seria cessado. "Só descobri na hora em que fui ao banco e não tinha dinheiro para sacar.

Inconformado com o corte do benefício, o segurado voltou ao posto do INSS e foi orientado a passar por uma nova perícia. "No dia 7, fui de novo e aconteceu a mesma coisa. Ninguém me falou nada. Mas meu benefício continua cessado, eu vi no site. Eles cortam assim e não falam nada", desabafa.

Em nota, a assessoria do INSS em São Paulo disse que, como o segurado informa que não recebeu a carta de indeferimento, poderá fazer recurso contestando a decisão do órgão "no prazo de 30 dias, contados a partir da data de ciência do indeferimento." Segundo o instituto, na nova perícia pela qual o segurado passou o benefício também foi indeferido "por não ter sido constatada incapacidade para o trabalho.

O agendamento do recurso deverá ser feito pelo site www.inss.gov.br ou pelo telefone 135.

Índice

PUBLICIDADE

14/12/2018

Vivo faz cobrança indevida

Rua na zona leste é invadida por ratos

13/12/2018

Cliente quer cancelar compra

Internet apresenta falha desde setembro

11/12/2018

Cliente quer carro reserva

Vivo altera plano de TV indevidamente

08/12/2018

Banco não permite saques

Aposentado cobra lombada na zona sul

07/12/2018

Cliente quer o reembolso

Seguradora não libera conserto de carro

05/12/2018

Leitor reclama de calçadas

Cliente quer grana que pagou no celular

04/12/2018

Cliente pede revisão de fatura

Veículos estão em praça há dois meses

01/12/2018

Leitor pede bilhete especial

Idosa tem alta, mas filha não é avisada

30/11/2018

Idoso tenta quitar débitos

Árvore está rachando o muro, afirma leitor

29/11/2018

Geladeira nova está vazando

Vivo liga todo dia para cliente errada

28/11/2018

Colchão afunda de um lado

TIM faz cobrança indevida, diz cliente

27/11/2018

Conta tem débito indevido

Leitor reclama de desativação de linha

23/11/2018

Micro-ondas não esquenta

Claro não instala serviços, diz cliente

22/11/2018

Leitor é furtado em parque

Cliente quer conserto de celular novo

21/11/2018

Internet falha com frequência

Aposentada solicita poda desde 2016

20/11/2018

Mato toma conta de calçada

Cliente aguarda o reparo de carro zero

15/11/2018

Leitor questiona cobrança

Cliente quer troca de controle de TV

14/11/2018

Leitora não recebe freezer

Sky faz cobrança indevida, diz cliente

10/11/2018

Leitor quer dinheiro de volta

Sinal de internet da TIM tem falha

09/11/2018

Internet está sem funcionar

Leitora não recebe as contas da Vivo

07/11/2018

Empresa deixa buraco aberto

Postes de iluminação estão tortos, diz leitor

06/11/2018

Operadora não transfere linha

Leitor solicita novo asfalto em avenida

03/11/2018

Cliente fica 1 mês sem internet

Farmácia Popular bloqueia cadastro

02/11/2018

Valor para limpar fossa é alto

Telefone fixo da Vivo não funciona

01/11/2018

Diabético fica sem remédios

Oi cobra cliente que trocou de operadora

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).