Brasil
25/04/2012

Jornalista é assassinado com seis tiros no Maranhão

Folha de S.Paulo

O jornalista e blogueiro Décio Sá, 42 anos, do jornal "O Estado do Maranhão", foi morto com seis tiros na noite de anteontem, em um restaurante da orla de São Luís.

A Secretaria de Segurança do Maranhão suspeita que a morte tenha sido "encomendada" e executada por profissionais. A pistola usada no crime foi apontada como sendo uma .40, de uso exclusivo da Polícia Militar. Até ontem, nenhum suspeito havia sido identificado.

Sá era cliente regular do restaurante onde morreu. Segundo a polícia, isso sugere que o atirador conhecia a rotina da vítima. Várias pessoas viram quando o atirador saiu do banheiro e disparou contra Sá, que estava sozinho e falava ao celular.

O assassino havia chegado pouco antes, de carona numa moto. Após atirar, ele voltou para o veículo, onde um cúmplice o esperava, e fugiu. A polícia suspeita que o atirador não é natural do Maranhão porque não se preocupou em cobrir o rosto.

Repórter de política de "O Estado do Maranhão", que pertence à família do presidente do Senado, José Sarney (PMDB), Sá mantinha havia cinco anos um dos blogs mais acessados do Estado. O domínio veiculava textos sobre crimes e cotidiano.

A polícia diz que vai checar o blog para apurar se algum texto pode ter motivado o crime. Em algumas postagens, Sá falou da atuação de pistoleiros no Maranhão. O Disque-Denúncia está oferecendo R$ 100 mil por informações sobre o crime.

José Sarney classificou o crime como "atentado à democracia". Décio Sá foi enterrado ontem em São José de Ribamar.

Índice

PUBLICIDADE

19/01/2017

Disputa na Câmara não é transparente

18/01/2017

Lava Jato não é contra o mercado, diz procurador

17/01/2017

Temer diz que manterá Moraes

16/01/2017

Senadores dobram gastos com viagens e combustível

15/01/2017

Para se reerguer, Odebrecht estuda até mudar de nome

14/01/2017

Geddel recebia propina em esquema da Caixa, diz PF

13/01/2017

Pressionado, Aécio Neves voltará a morar em Minas

12/01/2017

Suporte a governistas no Congresso abre guerra no PT

11/01/2017

Gilmar Mendes pega carona com Temer em avião oficial

10/01/2017

Em cerimônia no Sul, Temer confunde real com cruzeiro

09/01/2017

Passagem ao exterior custa até R$ 55 mil a tribunais

08/01/2017

Acerto da Odebrecht e de seus executivos deve ter delações estaduais

07/01/2017

Operador de Serra admite repasse no exterior em 2010

06/01/2017

Ataque de hacker prejudica acesso ao site do Agora

No governo, Cabral passou quase um ano fora do país

05/01/2017

Planalto estimula Maia a adiar sua candidatura

04/01/2017

Propina da Odebrecht virou doação oficial, diz delação

03/01/2017

Prefeito de Curitiba é internado no 1º dia de trabalho

02/01/2017

Polícia Federal desenvolve tecnologia para a Lava Jato

01/01/2017

Agência de publicidade recebeu R$ 1,9 milhão da CNI, do Sesi e do Senai

31/12/2016

Propaganda de Temer diz que PT não teve coragem

30/12/2016

Em balanço do ano, Temer ignora saídas de ministros

29/12/2016

Temer pede um novo plano para ajudar Estados falidos

28/12/2016

Após críticas, governo cancela regalias para avião de Temer

27/12/2016

PT trocou apoio a PMDB no Senado por alívio a Dilma

26/12/2016

Decisões individuais crescem no Supremo Tribunal Federal

24/12/2016

Suíça sequestra R$ 327 mi das contas da Odebrecht

23/12/2016

Odebrecht delata conta para manter influência de Lula

22/12/2016

Odebrecht pagou R$ 3,3 bilhões em propina em 12 países

21/12/2016

Odebrecht pagou terreno para Lula, dizem delatores

20/12/2016

Odebrecht ganhou R$ 8,4 bilhões com compra de legislação

19/12/2016

Principais candidatos em 2018 são citados na Lava Jato

18/12/2016

Governo quer criar jornada de trabalho flexível

Delação tem nomes não identificados

17/12/2016

Pastor Silas Malafaia é alvo de ação da PF contra fraude

Cabral vira réu pela segunda vez e será julgado por Moro

16/12/2016

Temer negociou doação para ajudar Odebrecht, diz delator

15/12/2016

Ministro anula votação que alterou pacote anticorrupção

Delatado, assessor e amigo de Temer pede demissão

14/12/2016

Prédio da Fiesp é depredado

Senado aprova PEC do Teto, que limita gastos do governo

Marcelo Odebrecht confirma a denúncia contra Temer

13/12/2016

Pela 1ª vez, Janot denuncia Renan em ação da Lava Jato

Citado em delação, Temer diz que vazamento é 'ilegítimo'

12/12/2016

Para conter crise, Michel Temer quer acerto com PSDB

11/12/2016

Temer é citado 43 vezes em delação da Odebrecht

10/12/2016

Delator da Odebrecht cita Temer e mais 23

Procuradoria denuncia Lula e filho por esquema criminoso

09/12/2016

Odebrecht delata caixa 2 em dinheiro vivo para Alckmin

Renan desiste de votar lei de abuso de autoridade

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).