Brasil
30/03/2012

Ministro do Supremo quebra sigilo bancário de senador

Folha de S.Paulo

Brasília - O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, determinou a quebra de sigilo bancário do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), por cerca dois anos, período em que ele foi flagrado em conversas telefônicas com o empresário ligado à exploração de jogos clandestinos, Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira --que foi preso pela Polícia Federal.

Lewandowski é o relator do inquérito sobre Demóstenes apresentado na terça-feira pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel.

Gravações reveladas anteontem pelo "Jornal Nacional", da TV Globo, mostravam o nome do senador do DEM mencionado em conversas em que o bicheiro e integrantes de seu grupo discutiam cifras milionárias.

O ministro pediu ainda ao Senado a lista das emendas ao Orçamento apresentadas por Demóstenes --isso pode indicar que uma de suas linhas de investigação será analisar se o senador utilizou prerrogativas de seu cargo para favorecer Cachoeira.

Ricardo Lewandowski negou, no entanto, pedido do procurador-geral para um depoimento de Demóstenes Torres por entender que ainda não é a hora.

Carlinhos Cachoeira está preso preventivamente desde 29 de fevereiro, após a Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, que desmontou uma quadrilha que explorava máquinas caça-níqueis.

O senador aparece em conversas telefônicas, interceptadas com autorização judicial, com Cachoeira.

Demóstenes admite que recebeu do empresário telefone especial para conversas entre os dois. A Polícia Federal gravou cerca de 300 diálogos entre o senador e o bicheiro.

Resposta

Brasília - Questionado sobre as gravações, o advogado do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), Antonio Castro, afirmou que elas não têm valor jurídico e são totalmente nulas. Isso porque o senador só poderia ser investigado com autorização do STF.

As defesas de Cachoeira e de outros presos pela PF não foram localizadas.

Índice

PUBLICIDADE

18/04/2014

Firmas de doleiro receberam R$ 31 milhões de empresas

17/04/2014

Deputado não vai mais renunciar, afirmam petistas

Ex-diretor da Petrobras defende compra de refinaria

16/04/2014

Aliado de Campos pediu grana a doleiro, diz polícia

Refinaria foi mau negócio, diz presidente da Petrobras

15/04/2014

Deputado petista amigo de doleiro diz que vai renunciar

Para procurador, Dirceu pode sair para trabalhar

14/04/2014

Base aliada concentra doações de firmas em lista apreendida

13/04/2014

Petrobras gasta R$ 30 bilhões no exterior sem licitação

12/04/2014

Documento de executivo indica pagamentos a políticos

11/04/2014

Deputado petista admite equívoco, mas nega ato ilícito

10/04/2014

Comissão aprova CPI para Petrobras, Metrô e porto

Conselho abre processo contra deputado petista

09/04/2014

Deputado estuda renúncia, diz líder do PT na Câmara

Lula diz que a economia do país poderia estar melhor

08/04/2014

Ligação com doleiro faz petista se afastar da Câmara

07/04/2014

Petrobras assina R$ 90 bilhões em contratos sem licitação

06/04/2014

Lula cobra de Dilma mais atenção aos pagamentos do Minha Casa, Minha Vida

Deputado do PT disse que iria ajudar doleiro

05/04/2014

Fornecedores da Petrobras pagaram R$ 35 mi a doleiro

Quem quebrou o Brasil foi Geisel, afirma Delfim

04/04/2014

Responsável por fiscalizar mensaleiros é demitido

03/04/2014

Dilma recebeu contrato de refinaria, afirma advogado

02/04/2014

Vice da Câmara agora diz que doleiro pagou viagem

Forças Armadas vão investigar mortes na ditadura

01/04/2014

Dilma defende acordos que garantiram fim da ditadura

Mensaleiros violam regras do regime semiaberto

31/03/2014

Maior parte da população quer anular Lei da Anistia

30/03/2014

Convicção na democracia é recorde, mostra pesquisa

29/03/2014

Ex-diretor escolheu maior preço por oferta de refinaria

28/03/2014

Oposição formaliza pedido para criar CPI da Petrobras

27/03/2014

Oposição diz ter votos para abrir a CPI da Petrobras

26/03/2014

Petrobras elogiou ex-diretor que fez relatório de refinaria

Coronel admite mortes e torturas na ditadura militar

25/03/2014

Oposição negocia depoimento de ex-diretor da Petrobras

24/03/2014

Planalto suspeita que acordo de refinaria favoreceu sócia

23/03/2014

Petrobras propôs comprar refinaria antes de disputa

22/03/2014

Executivo ligado à compra de refinaria é afastado do cargo

21/03/2014

Ex-diretor da Petrobras é preso pela Polícia Federal

20/03/2014

Dilma tinha informação sobre refinaria, dizem executivos

19/03/2014

Alstom pagou R$ 32 milhões em propina, diz ex-executivo

18/03/2014

Mensaleiro é preso em ação contra lavagem de dinheiro

17/03/2014

Maluf admitiu ter grana no exterior, diz decisão judicial

16/03/2014

Dilma cogitou rever aliança antes de negociar com PMDB

15/03/2014

General soube de bomba no Riocentro antes de explosão

14/03/2014

STF absolve João Paulo do crime de lavagem de dinheiro

13/03/2014

Aliados se rebelam e chamam dez ministros para depor

12/03/2014

Partidos aliados se rebelam e derrotam Dilma na Câmara

11/03/2014

Executivo diz que conselheiro de tribunal recebeu propina

10/03/2014

Emprego é mais importante que baixar inflação, diz Lula

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Agora.