Brasil
30/03/2012

Ministro do Supremo quebra sigilo bancário de senador

Folha de S.Paulo

Brasília - O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, determinou a quebra de sigilo bancário do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), por cerca dois anos, período em que ele foi flagrado em conversas telefônicas com o empresário ligado à exploração de jogos clandestinos, Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira --que foi preso pela Polícia Federal.

Lewandowski é o relator do inquérito sobre Demóstenes apresentado na terça-feira pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel.

Gravações reveladas anteontem pelo "Jornal Nacional", da TV Globo, mostravam o nome do senador do DEM mencionado em conversas em que o bicheiro e integrantes de seu grupo discutiam cifras milionárias.

O ministro pediu ainda ao Senado a lista das emendas ao Orçamento apresentadas por Demóstenes --isso pode indicar que uma de suas linhas de investigação será analisar se o senador utilizou prerrogativas de seu cargo para favorecer Cachoeira.

Ricardo Lewandowski negou, no entanto, pedido do procurador-geral para um depoimento de Demóstenes Torres por entender que ainda não é a hora.

Carlinhos Cachoeira está preso preventivamente desde 29 de fevereiro, após a Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, que desmontou uma quadrilha que explorava máquinas caça-níqueis.

O senador aparece em conversas telefônicas, interceptadas com autorização judicial, com Cachoeira.

Demóstenes admite que recebeu do empresário telefone especial para conversas entre os dois. A Polícia Federal gravou cerca de 300 diálogos entre o senador e o bicheiro.

Resposta

Brasília - Questionado sobre as gravações, o advogado do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), Antonio Castro, afirmou que elas não têm valor jurídico e são totalmente nulas. Isso porque o senador só poderia ser investigado com autorização do STF.

As defesas de Cachoeira e de outros presos pela PF não foram localizadas.

Índice

PUBLICIDADE

06/03/2015

CPI convoca ex-presidentes da Petrobras e delatores

05/03/2015

Supremo acaba com pena e Genoino ganha liberdade

Procurador quer investigar dois ex-ministros de Dilma

04/03/2015

Senado rejeita proposta e adia aumento de impostos

03/03/2015

Após críticas, presidente da Câmara retira bolsa-esposa

02/03/2015

Lista de procurador da Lava Jato deve ter 40 políticos

01/03/2015

Caminhoneiro morre após ser atropelado em protesto

28/02/2015

Caminhões fecham rodovias estaduais para evitar multa

Dois executivos da Camargo Corrêa aceitam fazer delação

27/02/2015

Greve de caminhoneiros continua e governo endurece

26/02/2015

Governo promete segurar preço do diesel por seis meses

Piano apreendido de Eike está na casa de vizinho do juiz

25/02/2015

Juiz é flagrado dirigindo carro de luxo de Eike Batista

Caminhoneiros interditam acesso ao porto de Santos

24/02/2015

Collor recebeu R$ 3 milhões da Petrobras, diz doleiro

23/02/2015

Bendine deu carona em jato para socialite, diz executivo

22/02/2015

Empreiteiras investigadas doaram a deputados de CPI

21/02/2015

Ministério Público cobra R$ 4,5 bilhões de empreiteiras

20/02/2015

Advogados pediram ajuda a ministro para atacar provas

19/02/2015

Ministro da Fazenda admite que economia não cresceu

18/02/2015

Eduardo Cunha oferece comissão aos tucanos

17/02/2015

CNJ apura se desembargador ajudou deputado tucano

16/02/2015

Maioria dos Estados está com as contas no vermelho

15/02/2015

Executivos de empreiteira negociam redução de pena

14/02/2015

Lula orienta Dilma a buscar trégua com Eduardo Cunha

PT recebia de três diretorias da Petrobras, afirma delator

13/02/2015

Dirceu sabia de propina paga ao PT, afirma delator

Sobe para cinco o número de mortos em plataforma

12/02/2015

Suspeito de repassar propina acerta acordo de delação

Explosão em plataforma da Petrobras deixa três mortos

11/02/2015

Supremo inocenta ex-secretários de cartel de trens

10/02/2015

Presidente da Câmara vai barrar legalização do aborto

08/02/2015

Delator detalha R$ 1,2 bilhões em propinas

07/02/2015

Polícia leva carros de Eike Batista

Presidente do Banco do Brasil assume a Petrobras

06/02/2015

Delator diz que tesoureiro do PT negociava propina

05/02/2015

Graça renuncia e Petrobras escolherá diretoria amanhã

04/02/2015

Dilma demite Graça Foster e toda diretoria da Petrobras

03/02/2015

Articulação política de Dilma é atrapalhada, afirma Cunha

02/02/2015

Renan é reeleito presidente do Senado

01/02/2015

Patrimônio de doleiro é bem maior, afirma ex-sócio

31/01/2015

Governo prepara medidas para economizar energia

30/01/2015

Governo tem 1º rombo nas contas desde o Plano Real

29/01/2015

Petrobras ignora prejuízo e valor da estatal despenca

28/01/2015

Dilma justifica cortes e diz que não mudou programa

27/01/2015

Avião de Campos não seguiu trajeto planejado, diz FAB

26/01/2015

Mudança nos benefícios foi planejada antes da eleição

25/01/2015

Sumida, presidente Dilma estima que dificuldades irão até 2016

24/01/2015

Chefe do cartel de empreiteiras negocia delação

23/01/2015

Dilma completa um mês sem dar entrevista

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).