Brasil
30/03/2012

Ministro do Supremo quebra sigilo bancário de senador

Folha de S.Paulo

Brasília - O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, determinou a quebra de sigilo bancário do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), por cerca dois anos, período em que ele foi flagrado em conversas telefônicas com o empresário ligado à exploração de jogos clandestinos, Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira --que foi preso pela Polícia Federal.

Lewandowski é o relator do inquérito sobre Demóstenes apresentado na terça-feira pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel.

Gravações reveladas anteontem pelo "Jornal Nacional", da TV Globo, mostravam o nome do senador do DEM mencionado em conversas em que o bicheiro e integrantes de seu grupo discutiam cifras milionárias.

O ministro pediu ainda ao Senado a lista das emendas ao Orçamento apresentadas por Demóstenes --isso pode indicar que uma de suas linhas de investigação será analisar se o senador utilizou prerrogativas de seu cargo para favorecer Cachoeira.

Ricardo Lewandowski negou, no entanto, pedido do procurador-geral para um depoimento de Demóstenes Torres por entender que ainda não é a hora.

Carlinhos Cachoeira está preso preventivamente desde 29 de fevereiro, após a Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, que desmontou uma quadrilha que explorava máquinas caça-níqueis.

O senador aparece em conversas telefônicas, interceptadas com autorização judicial, com Cachoeira.

Demóstenes admite que recebeu do empresário telefone especial para conversas entre os dois. A Polícia Federal gravou cerca de 300 diálogos entre o senador e o bicheiro.

Resposta

Brasília - Questionado sobre as gravações, o advogado do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), Antonio Castro, afirmou que elas não têm valor jurídico e são totalmente nulas. Isso porque o senador só poderia ser investigado com autorização do STF.

As defesas de Cachoeira e de outros presos pela PF não foram localizadas.

Índice

PUBLICIDADE

28/08/2016

Tríplex de Lula era parte de propina, diz empresário

Renan janta com petistas após briga

27/08/2016

PF indicia Lula e Marisa no caso do tríplex do Guarujá

Renan briga com petistas e diz que Senado é hospício

26/08/2016

Mais três senadores declaram voto pelo impeachment

25/08/2016

Julgamento do impeachment começa hoje no Senado

24/08/2016

Temer encontra senadores para garantir impeachment

23/08/2016

Procuradoria cancela acordo de delação com empreiteiro

22/08/2016

Mulher de Cunha participava de esquema, diz procuradoria

21/08/2016

PMDB ajudou a aumentar renda de assessor de Temer

Ministros de Dilma apoiam impeachment

20/08/2016

Lava Jato desenvolve regras contra falhas em delações

Dilma diz que não teme clima hostil e ataques de senadores

19/08/2016

Temer promete mais espaço para tucanos em sua gestão

18/08/2016

PT lança cartilha para defender Lula no exterior

Dilma irá ao Senado para se defender do impeachment

17/08/2016

Delação da Odebrecht cita caixa 2 para Marta em 2010

Supremo autoriza investigar Lula e Dilma na Lava Jato

16/08/2016

Terceiro ex-tesoureiro do PT se torna réu na Lava Jato

15/08/2016

Ex-bispo acusa Igreja Universal de esquema ilegal

Reforma incluirá concessão e reajuste da aposentadoria

14/08/2016

Amigo de Lula diz que foi o trouxa perfeito do PT

13/08/2016

Data de votação da cassação de Cunha indica manobra

12/08/2016

Cassação de Cunha pode ser votada apenas em novembro

11/08/2016

Com impeachment no fim, aliados pressionam Temer

10/08/2016

Por 59 a 21, Senado aprova relatório pró-impeachment

09/08/2016

PT vai tentar adiar votação de parecer do impeachment

08/08/2016

Ao contrário do Brasil, EUA aceitam doações

07/08/2016

Ivo Pitanguy morre aos 93 anos no Rio

Serra recebeu R$ 23 mi em caixa 2, afirma empreiteira

06/08/2016

Condenado em SP, Temer pode ficar inelegível

Lula participou de corrupção na Petrobras, diz procurador

05/08/2016

Comissão aprova parecer a favor do impeachment

04/08/2016

Comissão vota relatório a favor do impeachment hoje

03/08/2016

Após pressão, Renan acelera julgamento do impeachment

Executivos da Queiroz Galvão são detidos

02/08/2016

Marqueteiro de Dilma e mulher são soltos por Moro

01/08/2016

Protestos a favor e contra o impeachment voltam às ruas

31/07/2016

Senado começará julgamento do impeachment no dia 29

30/07/2016

Lula vira réu sob acusação de atrapalhar investigação

29/07/2016

PF afirma que Lula orientou reforma do sítio de Atibaia

Presidente do Bradesco vira réu em processo

28/07/2016

Caixa dois em campanha é problema do PT, diz Dilma

27/07/2016

Ex-ministro Paulo Bernardo é indiciado pela Polícia Federal

26/07/2016

Sem ajuste, impostos terão que aumentar, diz Meirelles

25/07/2016

Assad diz não estar envolvido

Patrocínio da Stock Car lavou propina, dizem delatores

24/07/2016

Dilma espera julgamento com séries de TV e livros

23/07/2016

Dilma diz que não autorizou caixa 2; delação preocupa PT

22/07/2016

Santana admite caixa 2 na campanha de Dilma de 2010

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).