Brasil
30/03/2012

Ministro do Supremo quebra sigilo bancário de senador

Folha de S.Paulo

Brasília - O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, determinou a quebra de sigilo bancário do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), por cerca dois anos, período em que ele foi flagrado em conversas telefônicas com o empresário ligado à exploração de jogos clandestinos, Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira --que foi preso pela Polícia Federal.

Lewandowski é o relator do inquérito sobre Demóstenes apresentado na terça-feira pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel.

Gravações reveladas anteontem pelo "Jornal Nacional", da TV Globo, mostravam o nome do senador do DEM mencionado em conversas em que o bicheiro e integrantes de seu grupo discutiam cifras milionárias.

O ministro pediu ainda ao Senado a lista das emendas ao Orçamento apresentadas por Demóstenes --isso pode indicar que uma de suas linhas de investigação será analisar se o senador utilizou prerrogativas de seu cargo para favorecer Cachoeira.

Ricardo Lewandowski negou, no entanto, pedido do procurador-geral para um depoimento de Demóstenes Torres por entender que ainda não é a hora.

Carlinhos Cachoeira está preso preventivamente desde 29 de fevereiro, após a Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, que desmontou uma quadrilha que explorava máquinas caça-níqueis.

O senador aparece em conversas telefônicas, interceptadas com autorização judicial, com Cachoeira.

Demóstenes admite que recebeu do empresário telefone especial para conversas entre os dois. A Polícia Federal gravou cerca de 300 diálogos entre o senador e o bicheiro.

Resposta

Brasília - Questionado sobre as gravações, o advogado do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), Antonio Castro, afirmou que elas não têm valor jurídico e são totalmente nulas. Isso porque o senador só poderia ser investigado com autorização do STF.

As defesas de Cachoeira e de outros presos pela PF não foram localizadas.

Índice

PUBLICIDADE

25/02/2018

Verba eleitoral é usada para tentar comprar deputados

24/02/2018

Repasses a advogado de Lula estão na mira da Lava Jato

23/02/2018

Por auxílio-moradia, juízes federais ameaçam parar

22/02/2018

Temer já trabalha com plano para tentar a sua reeleição

21/02/2018

PTB desiste de Cristiane e discute um novo indicado

20/02/2018

França fala em disputa com PSDB e convida Russomanno

19/02/2018

Jucá é investigado mais uma vez sobre concessão de TV

18/02/2018

Salário de diretor no BNDES supera R$ 100 mil ao mês

17/02/2018

Para Marina, não é o tempo que define o que é novo

16/02/2018

Huck reafirma que não vai se candidatar a presidente

15/02/2018

Tríplex atribuído a Lula vale R$ 2,2 mi, segundo laudo

14/02/2018

Restrição ao foro tramita com lentidão na Câmara

13/02/2018

Grupos planejam lançar 500 novos candidatos

12/02/2018

STF quer restringir uso de auxílio-moradia por juízes

11/02/2018

STF intima diretor-geral da Polícia Federal a se explicar

10/02/2018

Fachin manda decisão sobre prisão de Lula para plenário

FHC aponta barreiras, mas encoraja Huck

09/02/2018

Fux diz que TSE pode rever brecha na Lei da Ficha Limpa

Deputado tenta entrar no Paraguai e é preso

08/02/2018

Entidade de juízes pede para o STF tirar auxílio da pauta

07/02/2018

Moraes vota a favor de início de pena após 2ª instância

Gilmar tem imóveis no DF e usa casa da União

06/02/2018

Valor de auxílio-moradia 'é pouco', diz presidente do TJ

PT insistiu em caixa 2 após mensalão, afirma delatora

05/02/2018

Histórico do STJ diminui chances de recurso de Lula

03/02/2018

Juiz acata recurso e manda devolver passaporte de Lula

Milionários, ministros de Temer têm auxílio-moradia

02/02/2018

Outdoors de Bolsonaro são pagos por clubes e vaquinhas

Com imóvel em Curitiba, Moro recebe auxílio-moradia

01/02/2018

Ministros têm auxílio mesmo com moradia

31/01/2018

Ministro nega habeas corpus pedido por advogados de Lula

30/01/2018

Unanimidade como a do caso de Lula é incomum no TRF-4

Alckmin sai em defesa de candidatura única

29/01/2018

Delação da Odebrecht gera pouco resultado em um ano

28/01/2018

Após condenação de Lula, esquerda encerra trégua

27/01/2018

Prisão após condenação pelo STJ ganha força no Supremo

26/01/2018

Lula admite dificuldade e risco de ficar fora da eleição

Determinação de juiz federal proíbe Lula de deixar o país

25/01/2018

Julgamento vira o assunto mais falado nas redes sociais

Manifestantes fazem atos contra e a favor da decisão

'Se me condenaram, me deem o meu apartamento'

Candidatura de líder das pesquisas fica mais difícil

Tribunal amplia pena de Lula para 12 anos de prisão

24/01/2018

Julgamento vai tranquilizar investidores, afirma Temer

Petista ataca mercado, elite e a mídia na capital gaúcha

Julgamento decide futuro de Lula e do ano eleitoral

23/01/2018

Lula promove ato no Sul na véspera de ser julgado

Julgamento de Lula retoma debate sobre a Ficha Limpa

22/01/2018

Nova vara em Brasília vai agilizar ações contra Lula

21/01/2018

Governo consegue no STJ garantir posse de ministra

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).