Brasil
30/03/2012

Ministro do Supremo quebra sigilo bancário de senador

Folha de S.Paulo

Brasília - O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, determinou a quebra de sigilo bancário do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), por cerca dois anos, período em que ele foi flagrado em conversas telefônicas com o empresário ligado à exploração de jogos clandestinos, Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira --que foi preso pela Polícia Federal.

Lewandowski é o relator do inquérito sobre Demóstenes apresentado na terça-feira pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel.

Gravações reveladas anteontem pelo "Jornal Nacional", da TV Globo, mostravam o nome do senador do DEM mencionado em conversas em que o bicheiro e integrantes de seu grupo discutiam cifras milionárias.

O ministro pediu ainda ao Senado a lista das emendas ao Orçamento apresentadas por Demóstenes --isso pode indicar que uma de suas linhas de investigação será analisar se o senador utilizou prerrogativas de seu cargo para favorecer Cachoeira.

Ricardo Lewandowski negou, no entanto, pedido do procurador-geral para um depoimento de Demóstenes Torres por entender que ainda não é a hora.

Carlinhos Cachoeira está preso preventivamente desde 29 de fevereiro, após a Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, que desmontou uma quadrilha que explorava máquinas caça-níqueis.

O senador aparece em conversas telefônicas, interceptadas com autorização judicial, com Cachoeira.

Demóstenes admite que recebeu do empresário telefone especial para conversas entre os dois. A Polícia Federal gravou cerca de 300 diálogos entre o senador e o bicheiro.

Resposta

Brasília - Questionado sobre as gravações, o advogado do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), Antonio Castro, afirmou que elas não têm valor jurídico e são totalmente nulas. Isso porque o senador só poderia ser investigado com autorização do STF.

As defesas de Cachoeira e de outros presos pela PF não foram localizadas.

Índice

PUBLICIDADE

24/04/2018

No Brasil, ao menos 58 mil possuem foro privilegiado

23/04/2018

Burocracia dificulta ações da Lava Jato em São Paulo

22/04/2018

Presidenciáveis são alvo de mais de 160 casos na Justiça

21/04/2018

MP abre inquérito sobre Alckmin em caso de caixa 2

Celebridades entram na disputa da corrida eleitoral

20/04/2018

Joesley afirma que pagava mesada de R$ 50 mil a Aécio

19/04/2018

Alckmin diz que Aécio não deveria disputar a eleição

18/04/2018

Aécio vira réu acusado de corrupção e obstruir Justiça

Marina defende a Lava Jato e diz governar com PT e PSDB

17/04/2018

MTST invade tríplex e diz ser 'apartamento de pobre'

16/04/2018

Após pesquisa, PT reafirma que Lula será candidato

14/04/2018

Dodge denuncia Bolsonaro por racismo ao Supremo

13/04/2018

Temer busca reagir a cerco e diz que crítica não incomoda

Em sigilo, Alckmin deu depoimento à Justiça

12/04/2018

Filha de Temer teve obra paga com dinheiro vivo

11/04/2018

Relator suspende por 5 dias ação sobre prisão em 2º grau

Lava Jato em São Paulo quer apurar acusação a Alckmin

10/04/2018

PT promete registrar Lula e diz temer por sua segurança

Denúncia contra amigos de Temer é aceita pela Justiça

09/04/2018

PT reafirmará candidatura de Lula, mas já vive divisão

Em vídeo, ex-presidente diz que Moro tem mente doentia

08/04/2018

Lula se entrega e começa a cumprir pena no Paraná

Petista diz que se entrega para enfrentar a Lava Jato

Método de greves é usado para decidir sobre rendição

Marina se lança, de novo, pré-candidata ao Planalto

07/04/2018

Ex-presidente busca abrigo em berço sindical e político

Cela destinada a Lula não tem frigobar, TV e grades

Lula ignora Moro e não se apresenta à Polícia Federal

Meirelles decide deixar a Fazenda e tentar a Presidência

06/04/2018

Plano petista inclui pressão sobre ministra Cármen Lúcia

Defesa entra com um novo pedido de habeas corpus

Juiz Moro ordena que Lula se entregue à PF até hoje

05/04/2018

Gilmar Mendes cita 'mídia opressiva' e critica imprensa

STF rejeita o habeas corpus de Lula, que deve ser preso

04/04/2018

Na mira de advogados, STF decide hoje prisão de Lula

Meirelles se filia ao MDB

03/04/2018

Pressões sobre STF crescem antes de julgamento de Lula

02/04/2018

Rosa Weber costuma ir contra os condenados em 2º grau

01/04/2018

Ministro do Supremo manda soltar os amigos de Temer

31/03/2018

Para Temer, prisões tentam destruir a sua reputação

30/03/2018

PF prende amigos de Temer e assusta aliados do Planalto

29/03/2018

Lula nega ser agressivo no fim de caravana turbulenta

28/03/2018

Tiros atingem dois ônibus da caravana de Lula

'Museu do Lula' no ABC vai ser vitrine cultural tucana

27/03/2018

Tribunal rejeita embargo e mantém condenação de Lula

Sergio Moro elogia ministra que vai decidir o caso Lula

26/03/2018

Tribunal julga embargos de Lula hoje, mas sem prisão

25/03/2018

Temer prepara agenda de inaugurações para eleição

24/03/2018

Lula quer Haddad pronto para assumir candidatura

23/03/2018

Supremo garante Lula fora da cadeia até dia 4 de abril

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).