Brasil
22/02/2012

Sigla de Kassab equivale a 5 milhões de votos, diz TSE

Folha de S.Paulo

Estudo do Tribunal Superior Eleitoral aponta que o PSD (Partido Social Democrático) reúne políticos que disputaram vagas de deputado federal em 2010 e receberam um total de 5,1 milhões de votos.

A legenda seria a sétima maior do país se existisse à época da última eleição.

Esse dado será considerado para que o TSE conceda ou não à agremiação acesso ao dinheiro do Fundo Partidário, uma das maiores fontes de receita das siglas.

Idealizado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, o PSD recebeu seu registro definitivo no ano passado. Como nunca disputou uma eleição, tem direito apenas a uma parcela mínima do fundo (R$ 18,5 mil por mês) e alguns segundos do horário eleitoral na TV e no rádio.

O partido tenta reverter a situação na Justiça Eleitoral. Se tiver sucesso, passará a receber cerca de R$ 1,6 milhão por mês do Fundo Partidário --calculado de acordo com o número de votos obtidos por candidatos a deputado federal (eleitos e não eleitos).

Em seguida, o PSD entrará com uma ação para também obter o tempo de TV, nesse caso com base no número de deputados eleitos.

A tese do partido de Kassab é simples. O TSE criou em 2007 a norma da fidelidade partidária: mandatos eletivos passaram a pertencer aos partidos. A partir daí, quem se desligou de uma legenda correu o risco de perder o cargo. Mas há exceções. Uma delas é que o político pode deixar uma sigla para fundar uma nova. "Se a própria Justiça diz que um político pode sair do partido pelo qual foi eleito e fundar um novo, parece natural que esse político leve consigo os votos que obteve", diz o secretário-geral do PSD, Saulo Queiroz.

Não há prazo para que o TSE tome a decisão final.

LEIA MAIS

sobre eleições na pág. A4

Índice

PUBLICIDADE

08/12/2016

Cabral comprou lancha por R$ 5,3 milhões, diz polícia

Por 6 a 3, Supremo mantém Renan à frente do Senado

07/12/2016

Mulher de Cabral é presa, e ex-governador se torna réu

Senado desafia Supremo e mantém Renan no comando

06/12/2016

Supremo afasta Renan e teto de gastos pode ficar parado

05/12/2016

Atos criticam Congresso e apoiam Moro

04/12/2016

Câmara pagou 1.283 viagens para o exterior em seis anos

03/12/2016

Propina do PT bancou aliado em El Salvador, diz delação

Polícia Federal indicia Sérgio Cabral e a ex-primeira-dama

02/12/2016

Supremo torna réu Renan Calheiros pela primeira vez

01/12/2016

Economia cai de novo e volta ao tamanho de 2010

Na calada da noite, Câmara retalha pacote anticorrupção

30/11/2016

Conversa confirma atuação de assessor em caso Geddel

29/11/2016

Moro barra perguntas de Cunha a Temer na Lava Jato

28/11/2016

Campanha de Dilma pagou funcionários do vice Temer

Temer nega ter feito lobby para Geddel

27/11/2016

Presidente faz acordo contra caixa dois

26/11/2016

Governo Temer é frágil, mas "é o que tem", afirma FHC

Após crise atingir Temer, Geddel pede demissão

25/11/2016

Câmara recua e adia votação de perdão ao caixa dois

Ex-ministro acusa pressão de Temer para ajudar Geddel

24/11/2016

Projeto de aliado quer reduzir papel do Iphan

Odebrecht finaliza delação, mas impasse atrasa desfecho

23/11/2016

Parentes de Geddel integram defesa de prédio barrado

22/11/2016

Comissão investigará Geddel, que será mantido por Temer

21/11/2016

Banco do Brasil vai fechar 781 agências

20/11/2016

Geddel brigou por prédio, mas nega ter feito pressão

Garotinho tentou subornar juiz, segundo Procuradoria

19/11/2016

Cabral está preso em cadeia que ele mesmo reformou

18/11/2016

PF prende Sérgio Cabral, acusado de receber propina

17/11/2016

Ex-governador do Rio, Garotinho é preso pela PF

16/11/2016

Por perda de foro, STF deixa de julgar 25% dos processos

15/11/2016

Reeleição de Rodrigo Maia é ilegal, diz parecer da Câmara

14/11/2016

Uma em cada três ações no Supremo é arquivada

13/11/2016

PF apura favor de empresa em obra para Lula

12/11/2016

STF confirma validade de prisão após 2ª instância

11/11/2016

Maia se movimenta para seguir à frente da Câmara

10/11/2016

Procuradores temem que a Lava Jato seja 'enterrada'

09/11/2016

Defesa de Dilma acusa PMDB de receber doação ilegal

08/11/2016

Ministério corta 1,1 milhão de benefícios do Bolsa Família

07/11/2016

Auditoria vê irregularidade em pagamentos para juízes

06/11/2016

Políticos têm ações paradas na Justiça

05/11/2016

Governadores são citados na farra das passagens

04/11/2016

Supremo veta réus na sucessão da Presidência

03/11/2016

Cunha pede Lula e Temer como testemunhas de defesa

02/11/2016

Marcelo Odebrecht fica mais um ano preso, prevê acordo

01/11/2016

Crivella diz que sua vitória não é ascensão conservadora

29/10/2016

Antonio Palocci é denunciado por corrupção na Lava Jato

28/10/2016

Odebrecht afirma ter pago caixa 2 para Serra na Suíça

27/10/2016

Supremo vai julgar ação que ameaça cargo de Renan

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).