Brasil
15/05/2017

Conta do PT na Odebrecht surgiu de negócio em Angola

Agências

Levantamento feito com base em relatos de delatores indica que empresas da Odebrecht abasteceram com R$ 325,5 milhões, entre 2009 e 2013, a espécie de conta-corrente entre o grupo e o PT.

O crédito veio após interesses da empresa, como aprovação de medidas provisórias e obtenção de financiamento, serem atendidos.

Os repasses foram registrados em uma planilha chamada "Posição Programa Especial Italiano", uma referência ao ex-ministro Antonio Palocci -segundo as investigações, o principal interlocutor de Marcelo Odebrecht junto aos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff até 2011, quando ele deixou a Casa Civil.

A planilha, que perdurou ao menos até 2014, teve início, segundo delatores, quando Palocci pediu dinheiro para a campanha municipal do PT em 2008.

O herdeiro da Odebrecht respondeu que descontaria esse valor do total acertado como contribuição para a eleição presidencial de 2010.

Resposta

Em depoimento à Justiça, em abril deste ano, o ex-ministro Antonio Palocci afirmou que o apelido 'Italiano' não se refere a ele. Palocci negou que tenha pedido caixa dois à Odebrecht ou que tenha favorecido a empresa em troca de propina.

O ex-ministro Guido Mantega também já negou que seja o 'Pós-Itália' e afirmou que as acusações de Marcelo Odebrecht são mentirosas.

O Instituto Lula disse que o ex-presidente nunca pediu valor indevido à Odebrecht.

"Lula não tem nenhuma relação".

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora, nas bancas nesta segunda, 15 de maio, nas bancas

Índice

PUBLICIDADE

25/11/2017

Juiz desconfia de agressão falsa e transfere Garotinho

24/11/2017

Maioria do STF quer limitar foro, mas decisão é adiada

23/11/2017

Temer recua após 'nomear' o deputado da dancinha

22/11/2017

Tribunal manda deputados do Rio de volta para cadeia

21/11/2017

'Uma mala' não prova nada, diz diretor da PF sobre Temer

20/11/2017

Cotado a ministério foi aliado de bicheiro, aponta relatório

19/11/2017

Após 6 meses, delação da JBS investiga poucos políticos

18/11/2017

Assembleia tira a cúpula do PMDB do Rio da cadeia

17/11/2017

Cacique do PMDB do Rio, Picciani se entrega à polícia

16/11/2017

Ministro Picciani direcionou licitação, diz marqueteiro

15/11/2017

Ação atinge deputados do Rio

Ministro do Supremo rejeita delação e questiona a PGR

14/11/2017

Tucano deixa Cidades e inicia saída do partido do governo

13/11/2017

Evento do PSDB paulista tem coro de 'fora, Aécio'

12/11/2017

Mercado vê Bolsonaro como opção contra Lula em 2018

11/11/2017

Parlamentares ganham a semana toda de feriadão

10/11/2017

Sob pressão, Aécio retira Tasso do comando tucano

09/11/2017

Após pressão, Temer decide trocar o diretor-geral da PF

08/11/2017

Ex-procurador orientou JBS em delação, indica e-mail

07/11/2017

Prova contra o presidente Temer foi forjada, diz Cunha

06/11/2017

Fiscalização vê caixa preta e manobra fiscal de Alckmin

05/11/2017

Bolsonaro e Marina podem ter menos TV que Enéas

04/11/2017

Dez prefeitos de capitais podem concorrer em 2018

03/11/2017

Fugas ao exterior criam obstáculo para ação de Moro

02/11/2017

Dodge vê repasse ilegal da Odebrecht para Aloysio

01/11/2017

Gilmar barra transferência de Cabral a presídio federal

31/10/2017

Pesquisa aponta que 22% dos brasileiros são pobres

30/10/2017

Nova lei deverá tornar mais difícil renovação da Câmara

28/10/2017

Aliados de Temer querem logo a reforma ministerial

27/10/2017

Governo não tem mais votos para projetos, afirma Maia

Temer libera 40% a mais a deputado que votou com ele

26/10/2017

Deputados barram segunda denúncia contra presidente

Temer é levado a hospital para desobstruir a bexiga

25/10/2017

Placar sobre denúncia dará dimensão da força de Temer

24/10/2017

Temer tenta frear debandada na Câmara antes de votação

22/10/2017

Lava Jato confirma ordens de pagamento ao PMDB

21/10/2017

Sócio de filho de Lula era fachada para repasses da Oi

20/10/2017

Presidente corre risco de ter menos votos na segunda denúncia

Por votos na Câmara, Temer não privatizará Congonhas

19/10/2017

Comissão da Câmara aprova relatório a favor de Temer

18/10/2017

Senado derruba decisão do STF e Aécio retoma mandato

17/10/2017

Em carta, Temer afirma que é vítima de 'conspiração'

16/10/2017

Dogde quer sigilo de delação até Justiça aceitar denúncia

15/10/2017

Recuo na reforma mantém vantagem a candidato rico

14/10/2017

Funaro contradiz ex-assessor e liga presidente a propina

12/10/2017

Decisão do STF favorece a volta de Aécio ao Senado

11/10/2017

Relator pede arquivamento da 2ª denúncia contra Temer

10/10/2017

Relator entrega parecer pró-Temer sobre denúncia

09/10/2017

Alvo de ação sobre Temer, empresa atua sem contrato

08/10/2017

Por apoio a Lula, PT pode se aliar a algozes de Dilma

Mais notícias: 1 2 3 4 5 Próximo

De que você precisa?

Copyright Agora. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).